Ren & Stimpy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
The Ren & Stimpy Show
Ren & Stimpy (BR)
250px
Informação geral
Formato
Duração Aprox. 22 minutos
Criador(es) John Kricfalusi
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Elenco Billy West
John Kricfalusi
Exibição
Emissora de
televisão original
Estados Unidos Nickelodeon
Transmissão original 11 de Agosto de 199114 de Novembro de 1995
N.º de temporadas 5
N.º de episódios 53

Ren & Stimpy são dois personagens que estrelaram duas séries animadas norte-americanas, criados pelo cartunista canadense John Kricfalusi. Ren Höek, um chihuahua neurótico, e Stimpson J. Cat (Stimpy), um gato vermelho simplório (mas ocasionalmente inteligente), estrelam aventuras nonsense, remanescentes à era de ouro da animação. Kricfalusi criou os personagens na década de 1980, enquanto trabalhava em pequenos estúdios de animação nos Estados Unidos. No Brasil, a série e foi exibida pelo canal Locomotion e pelo extinto bloco Nick Hits do canal Nickelodeon nas madrugadas de fim de semana.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Renwick "Ren" Hoek: O Protagonista da série. É um chihuahua neurótico e nervoso. É o "amigo" de Stimpy, apesar de descontar sua fúria nele.
  • Stimpson "Stimpy" J. Gato: É o melhor amigo de Ren, e desajeitado. Possui um grande nariz azul e um cérebro do tamanho de uma noz.

Dubladores[editar | editar código-fonte]

Dubladores Americanos[editar | editar código-fonte]

Dublagem Brasileira[editar | editar código-fonte]

Estúdio: Audio News

Dublagem Portuguesa[editar | editar código-fonte]

História[editar | editar código-fonte]

Popularidade[editar | editar código-fonte]

Apesar de ser um produto do canal pago infantil Nickelodeon, The Ren & Stimpy Show (série que no Brasil ficou conhecida simplesmente como Ren & Stimpy) teve uma reputação de mensagens e insinuações subversivas (como o relativamente recente e já cancelado Invasor Zim). De fato, o programa rompeu os limites do bom gosto mais do que qualquer outro desenho havia feito antes: seu nível de humor escatológico, particulamente fixado em flatulências e ranho, só foi ultrapassado talvez por Beavis and Butt-Head ou The Brothers Grunt. Apesar de algumas vezes parecer apenas uma série escatológica (e visualmente repulsiva), a série satirizava vários aspectos da cultura norte-americana da maneira mais ofensiva possível e causou desconforto em muitos telespectadores e executivos do estúdo.

Quadrinhos[editar | editar código-fonte]

Foi lançada uma série de histórias em quadrinhos de Ren & Stimpy, produzida pela Marvel Comics e pela Marvel Absurd, responsávei pelos quadrinhos de Beavis and Butt-Head.

Edição[editar | editar código-fonte]

Depois que John Kricfalusi foi demitido, a Nickelodeon contratou uma nova equipe de animação para dirigir a continuação dos episódios de um modo mais educativo.

Músicas[editar | editar código-fonte]

A Ren e Stimpy Show e Ren e Stimpy Adult Party Cartoon apresentou uma grande variedade de músicas, que vão desde a folk pop ao jazz. A abertura e fecho temas foram realizados por um grupo de empregados Spümcø sob o nome de Die gritar Lederhosen, como uma banda desenhada de reconstrução, a banda alemã Die Toten Hosen. Ren e Stimpy, também lançaram três álbuns: Crock O 'Natal, Você Eediot!, Rádio e Daze.

O personagem do inflamador ficar feliz hino intitulado Feliz, feliz, alegria, foi escrito por Charlie Brissette, John Kricfalusi, e Christopher Reccardi. A capa desta canção, realizado por cera, é incluída no álbum tributo 1995 sábado Manhã: Cartoons' Greatest Hits, produzida por Ralph Sall para a MCA Records. Também são usadas músicas produzidas pela APM Music.

DVD[editar | editar código-fonte]

Vários episódios de The Ren e Stimpy Show foram libertados pela Time-Life como o "Melhor de" definir, em setembro de 2003. Este conjunto está agora fora de impressão.

Em 12 de outubro de 2004, Paramount Home Entertainment lançou a primeira completa duas temporadas em uma caixa de três discos set. Embora a imprensa cobrir arte e materiais alegaram os episódios foram "uncut", um punhado de episódios eram, na realidade, editado devido ao uso de Spike TV mestres. Um dos episódios da segunda temporada, "Sven Hoek", não têm reinseridas filmagens de um trabalho em progresso fita VHS, mas com uma edição máquina tempo código visível no ecrã. A cena foi mais tarde restaurado por fãs.

Um conjunto de Três Estações e um Half-ish, contendo toda a temporada três e na primeira metade da temporada quatro (até "It's A Dog's Life / Egg Yolkeo"), seguido em 28 de junho de 2005, com Cinco época e alguns mais de quatro, completando a Nickelodeon série, em 20 de Julho.

Em 17 de julho de 2006, um dois-disco conjunto dubbed The Lost Episódios foi liberada. The Lost Episódios conjunto caracterizado tanto o ar e unaired episódios de Ren e Stimpy Adult Party Cartoon, bem como clipes de inacabada caricaturas.

Ren & Stimpy também foi exibida no bloco Nick @t Nite da Nickelodeon às 00:00 aos sábados e domingos.

Contróversias Cancelamento e o Retorno[editar | editar código-fonte]

Polêmicas na TV[editar | editar código-fonte]

Muitos pais de crianças criticavam o fato do idiota mas bem educado e gentil Stimpy ser alvo de violência e ameaça constante por parte do seu suposto "amigo" Ren, geralmente na forma de um potente tapa na cara ou um chute. Há ainda vários momentos em que Ren (ou algum coadjuvante) irrompe em uma fúria psicótica e tenta assassinar Stimpy, ou outro personagem submisso (no episódio Man's Best Friend, Ren espanca violentamente George Liquor com um remo). Enquanto a consciência geralmente impede Ren, essas cenas perturbadoras ajudaram a elevar o número de críticas de pais, educadores e pedagógicos. Cenas desse tipo indicam uma possível tendência de Ren em ser paranóico e esquizofrênico.

Polêmica em VHS[editar | editar código-fonte]

A Nickelodeon censurou um episódio em particular, apenas disponível em VHS criado pela tutela de Kricfalusi, em que sugeria que Ren e Stimpy eram, na verdade, namorados secretos o que revelava que eles eram amantes gays, fazendo com que a reputação da Nickelodeon caísse muito. Nickelodeon ocasionalmente veio a demitir Kricfalusi da sua própria criação e sistematicamente censurou a animação para se adequar mais aos padrões dos Nicktoons. Eventualmente, vários episódios eram impossíveis de serem exibidos sem cortes e nunca mais voltaram a ser exibidos. Durante o meio da década de 1990, a MTV americana começou a reprisar a série, assim como a VH1 durante uma longa maratona em Dezembro de 2001.

Crítica ao Asco do show[editar | editar código-fonte]

A Nickelodeon recebeu diversas críticas ao contéudo do show entre elas uma censura sobre o show ser muito asco, o fato de que o contéudo asco do show seria não adequado para crianças como em vários episódios. A polêmica sobre o show ser muito asco é uma das 4 Polêmicas que o show recebeu excluindo a polêmica do episódio em VHS que foi uma crítica feita pela próprio Nickelodeon.

Cancelamento[editar | editar código-fonte]

A série não foi cancelada, e sim banida da Nickelodeon Studios em 1996 os executivos da Nickelodeon resolveram cancelar o programa em todas as redes de trasmissão aleatória, porque não era adequado para ao público da Nickelodeon e aos padrões dos Nicktoons.

The Ren and Stimpy Adult Party Cartoon[editar | editar código-fonte]

Foi lançada uma versão mais direcionada ao público adulto, chamada The Ren and Stimpy Adult Party Cartoon, apresentando episódios feitos sob a tutela de Kricfalusi, exibidos no canal Spike TV. Em 2004, Ren & Stimpy recebeu a posição número 18 da lista da emissora Channel 4 de 100 Melhores Desenhos. Atualmente, o desenho é transmitido pelo canal pago VH1.

Canais e anos em que Ren & Stimpy foi exibido no Brasil[editar | editar código-fonte]

  • 1994-1997 Multishow legendado 1ª,2ª e 3ª temporada;
  • 1998-2000 Nickelodeon dublado todas as temporadas;
  • 2002-2004 Locomotion dublado todas as temporadas (incluindo episódios banidos);
  • 2009-2010 Nick Hits dublado 3ª,4ª,5ª temporada;
  • 2010-2011 Nick at Nite dublado 3ª e 5ª temporada.

Canais e anos em que Ren and Stimpy Adult Party Cartoon foi exibido no Brasil[editar | editar código-fonte]

Canais e anos em que Ren & Stimpy foi exibido nos EUA[editar | editar código-fonte]

Canais e anos em que Ren & Stimpy Adult Party Cartoon foi exibido nos EUA[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre animação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.