Renata Vasconcellos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Renata Vasconcellos
Nome completo Renata Fernandes Vasconcellos
Nascimento 10 de junho de 1972 (50 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileira
Estatura 1,72m
Cônjuge Haroldo Mac Dowell (c. 1997–2010)
Miguel Athayde (c. 2014)
Filho(a)(s) 2
Ocupação
Principais trabalhos Jornal Nacional
Prêmios Lista

Renata Fernandes Vasconcellos (Rio de Janeiro, 10 de junho de 1972) é uma jornalista e ex-modelo brasileira. Trabalha no Grupo Globo desde 1996 e apresentou alguns dos principais jornalísticos da TV Globo, como Jornal Hoje, Bom Dia Brasil e Fantástico desde então. Foi uma das pioneiras que colocou no ar a GloboNews, o primeiro canal de notícias do Brasil. Atualmente é apresentadora do Jornal Nacional.[1]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Filha de Renato Vasconcellos e Fernanda Fernandes, Renata estudou no Colégio Santo Agostinho e formou-se em Comunicação Social pela PUC-RJ. Renata foi casada durante 13 anos com o empresário do mercado financeiro Haroldo Mac Dowell, filho da estilista Mara Mac. Eles tiveram dois filhos, Antônio e Miguel.[2]

Atualmente é casada com Miguel Athayde, atual diretor de jornalismo da GloboNews.[3]

Tem uma irmã gêmea, a estilista Lanza Mazza e um irmão, o empresário Rodrigo Vasconcellos.[4]

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira na televisão em 1996, na GloboNews, como apresentadora do turno vespertino do telejornal Em Cima da Hora, junto com Eduardo Grillo. Antes de ser aprovada no concurso que selecionou a equipe pioneira que fundou o canal de notícias, fez estágio em uma agência de publicidade e trabalhos como modelo, como figuração nas novelas A Próxima Vítima e História de Amor e campanhas da Coca-Cola e da Chanel.[5]

Ainda na GloboNews, Renata apresentou grandes coberturas, como a vinda do Papa João Paulo II ao Brasil, a morte da princesa Diana e a libertação da residência do embaixador japonês no Peru. Nesses casos, que ocorreram em 1997, ficou horas seguidas no ar narrando os acontecimentos. A primeira reportagem de sua carreira, e que também marcou a sua primeira aparição na Rede Globo, foi sobre uma exposição do estilista Yves Saint Laurent. Antes de se dedicar ao jornalismo, Renata também estudou moda e usou alguns dos seus conhecimentos sobre o assunto nesta matéria. Posteriormente, foi convidada para apresentar eventualmente o Jornal Hoje aos sábados, em 1997. Durante um período de "troca de cadeiras" entre o Jornal Hoje, Jornal Nacional e o Jornal da Globo, assumiu, entre a saída de Mônica Waldvogel e a entrada de Sandra Annenberg, a ancoragem e chefia do JH por um breve período. Três anos depois, apresentou no Fantástico um quadro sobre serviços ao consumidor.[6]

Em dezembro de 2002, sucedendo Leilane Neubarth, assumiu o Bom Dia Brasil,[7] primeiro ao lado de Renato Machado (por oito anos) e, a partir de setembro de 2011, ao lado de Chico Pinheiro.[8] Renata comandou por seis anos o quadro Coisas do Gênero, sobre comportamento feminino. Em 2011, junto com Renato Machado e com ajuda de comentaristas convidados, apresentou uma edição especial do Bom Dia mostrando todos os detalhes da cerimônia do casamento do príncipe William com Kate Middleton.

Em 2005, entrou para o rodizio de apresentadores eventuais do Jornal Nacional, na vaga deixada por Ana Paula Padrão. Em janeiro de 2011, cobria as férias de Fátima Bernardes quando ocorreu a maior tragédia de causa climática da história do Brasil, na região serrana do Rio de Janeiro. Renata ancorou o JN por dois dias direto de Teresópolis, cenário da destruição.[9] Em janeiro de 2013, Renata substituíra Patricia Poeta quando se deu a segunda maior tragédia por incêndio do país, o incêndio na boate Kiss, que matou 242 pessoas. No dia seguinte, Renata apresentou o telejornal do estúdio e William Bonner, direto de Santa Maria.[10]

Em julho de 2013, durante a visita do Papa Francisco ao Brasil, para a Jornada Mundial da Juventude, Renata participou das transmissões ancorando flashes durante a programação da Rede Globo.[11] Em 6 de outubro de 2013, assumiu a apresentação do Fantástico, fazendo dupla com Tadeu Schmidt, substituindo Renata Ceribelli e Zeca Camargo.[12] Sete meses depois, o programa sofreu uma grande reforma de formato, apostando mais no dinamismo e na interação com o público em um cenário high-tech que passou a ser integrado a redação.[13]

Em 3 de novembro de 2014, estreou no Jornal Nacional como editora-executiva e apresentadora titular ao lado de William Bonner e sucedendo Patricia Poeta.[14][15] No telejornal noturno, Renata voltou a fazer a descontraída e dinâmica dupla com Chico Pinheiro, durante ausências de William Bonner.[16]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Resultado Ref.
2009 Prêmio Comunique-se Âncora de TV Venceu
[17]
2011 Prêmio Comunique-se Venceu
[17]
2013 Prêmio Comunique-se Venceu
[17]
Prêmio Comunique-se Mestre do Jornalismo Venceu
[18]
2014 Prêmio F5 Apresentadora do Ano (jornalismo/esporte) Indicado
[19]
Melhores do Ano Melhor do Jornalismo Indicado
[20]
2015 Melhores do Ano Melhor Jornalista Venceu [21]
2017 Melhores do Ano Indicado [22]
2018 Melhores do Ano Indicado [23]
2019 Melhores do Ano Indicado [24]
2021 Melhores do Ano Venceu [25]

Referências

  1. «Patrícia Poeta deixa o JN e Renata Vasconcellos assume bancada». G1. 31 de outubro de 2014. Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 3 de novembro de 2014 
  2. «A vida é um grande espetáculo». Consultado em 8 de abril de 2013. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2013 
  3. «Renata Vasconcellos sai do 'Bom dia Brasil' para o 'Fantástico' ao lado de Tadeu Schmidt, a partir desta noite». Consultado em 11 de outubro de 2013. Cópia arquivada em 8 de outubro de 2013 
  4. Renato Lemos (13 de maio de 2011). «Renata Vasconcellos - Perfil TPM». UOL. Revista TPM. Consultado em 3 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 3 de novembro de 2014 
  5. Paulo Pacheco (30 de outubro de 2014). «Nova apresentadora do Jornal Nacional foi modelo e já fez novela». UOL. Notícias da TV. Consultado em 3 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 16 de fevereiro de 2015 
  6. «Perfil Renata Vasconcellos - Memória Globo». Consultado em 30 de setembro de 2013. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2013 
  7. «Renata Vasconcellos substitui com excelência Leilane Neubarth no Bom Dia Brasil». Consultado em 30 de setembro de 2013. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2013 
  8. «Confira novidades nos telejornais da Rede Globo a partir de setembro». Consultado em 30 de setembro de 2013. Cópia arquivada em 29 de agosto de 2018 
  9. «Veja a trajetória da apresentadora Renata Vasconcellos». Consultado em 30 de setembro de 2013. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2013 
  10. «Renata Vasconcellos fala da expectativa de substituir Patrícia Poeta no 'Jornal Nacional'». Consultado em 3 de novembro de 2014. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2014 
  11. «Globo terá mil profissionais na cobertura de visita do Papa ao Brasil». Consultado em 30 de setembro de 2013. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2013 
  12. «Zeca e Renata deixam Fantástico e Renata Vasconcellos assume programa com Tadeu Schmidt». Consultado em 30 de setembro de 2013. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2013 
  13. «'Fantástico' estreia novo formato apostando em tecnologia e interatividade». Folha de S. Paulo. Ilustrada. 27 de abril de 2014. Consultado em 3 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 3 de novembro de 2014 
  14. Daniel Castro (15 de setembro de 2014). «Promoção de Renata Vasconcelos ao Jornal Nacional corrige 'injustiça'». UOL. Notícias da TV. Consultado em 15 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 30 de agosto de 2018 
  15. G1 SP (15 de setembro de 2014). «Patricia Poeta vai deixar o JN; Renata Vasconcellos assume a bancada». G1 - Mídia e Marketing. Consultado em 15 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 29 de agosto de 2018 
  16. «Cópia arquivada». Consultado em 8 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2017 
  17. a b c «Trajetória: "Mestre do Jornalismo", Renata Vasconcellos vai para o 'JN'» [ligação inativa]
  18. «Trajetória: "Mestre do Jornalismo", Renata Vasconcellos vai para o 'JN'» [ligação inativa]
  19. «Prêmio F5 - Apresentador do Ano (jornalismo/esporte)». Cópia arquivada em 17 de dezembro de 2014 
  20. «Melhor jornalista: Patrícia Poeta, Renata Vasconcellos ou William Bonner? Vote!». Cópia arquivada em 6 de março de 2014 
  21. Pasqualotto, Thiago (14 de dezembro de 2015). «Melhores do Ano 2015 - o que teve?». Morri de sunga branca. Consultado em 12 de julho de 2020. Cópia arquivada em 12 de julho de 2020 
  22. «Troféu Domingão – Melhores do ano 2017: veja os vencedores». Capricho. 10 de dezembro de 2017. Consultado em 12 de julho de 2020. Cópia arquivada em 28 de novembro de 2019 
  23. «'Troféu Domingão - Melhores do Ano 2018': confira a lista oficial dos indicados ao prêmio». Gshow. 1 de novembro de 2018. Consultado em 12 de julho de 2020. Cópia arquivada em 9 de agosto de 2020 
  24. «'Troféu Domingão – Melhores do Ano 2019': veja a lista oficial dos indicados ao prêmio». Gshow. Consultado em 12 de julho de 2020. Cópia arquivada em 24 de setembro de 2020 
  25. «Melhores do Ano: veja a lista oficial dos indicados ao prêmio em 2021». Gshow. 28 de novembro de 2021. Consultado em 29 de novembro de 2021. Cópia arquivada em 20 de dezembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikinotícias Notícias no Wikinotícias

Precedido por
Mônica Waldvogel
Apresentação do Jornal Hoje
1998
Sucedido por
Sandra Annenberg
Precedido por
-
Apresentação do Pelo Mundo
1998 - 2002
Sucedido por
Christiane Pelajo
Precedido por
Leilane Neubarth
Apresentação do Bom Dia Brasil
2003 - 2013
Sucedido por
Ana Paula Araújo
Precedido por
Renata Ceribelli e Zeca Camargo
Apresentação do Fantástico
2013 - 2014
Sucedido por
Poliana Abritta
Precedido por
Patrícia Poeta
Apresentação do Jornal Nacional
2014 - atualmente
Sucedido por