Renault Kwid

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Renault Kwid
Renault Kwid indiano.
Visão Geral
Produção 2015 (Índia) - Presente
2017 (Brasil) - Presente
Fabricante Renault
Modelo
Classe Subcompacto
Carroceria Hatchback
Ficha técnica
Motor Motor 0.8 3 cilindros (Índia)
Motor 1.0 3 cilindros 70cv (Brasil)
Torque 9,8 kgfm @ 4.250 rpm
Plataforma CMF-A
Transmissão Manual de 5 marchas
Layout Motor dianteiro transversal, tração dianteira
Modelos relacionados Fiat Mobi
Volkswagen Up
Chery QQ
JAC J2
Kia Picanto
Dimensões
Comprimento 3,680 m
Entre-eixos 2,423 m
Largura 1,586 m
Altura 1,474 m
Altura livre do solo 18 cm 146 mm (5,7 in)
Peso 798 Kg (ordem de marcha)
Tanque 38 Litros
Cronologia
Renault Clio[1]

O Kwid é um automóvel hatch subcompacto da Renault, lançado inicialmente na Índia, em 2015. No Brasil, seu lançamento ocorreu em agosto de 2017 e será fabricado em São José dos Pinhais (PR). O veículo terá como principais concorrentes o Volkswagen Up e o Fiat Mobi, dos quais se diferencia pelo design, semelhante a um SUV [2].

No Brasil, o Kwid terá três versões de acabamento, com os seguintes conteúdos:

  • Life: Bolsas infláveis frontais e laterais, fixação Isofix para cadeira infantil, indicador de troca de marcha e de condução.
  • Zen: Como o Life, mais direção assistida elétrica, ar-condicionado, travas e vidros dianteiros elétricos. Opcional: rádio com Bluetooth e entradas USB e auxiliar (R$ 35.390).
  • Intense + Pack Connect: Como o Zen, mais retrovisores elétricos, faróis de neblina, tela de 7 polegadas para áudio, navegador e câmera de manobras, abertura elétrica do porta-malas, rodas diferenciadas e chave dobrável.

Segurança[editar | editar código-fonte]

Após o fiasco no Crash Test do GlobalNCAP onde o Kwid produzido na Índia foi reprovado nos três testes realizados, a Renault promoveu uma série de melhorias estruturais no modelo para a América do Sul, o que resultou em um aumento de 140kg. Além disso, o modelo será equipado com airbags frontais e laterais (que contemplam cabeça e tórax em uma única bolsa) em todas as versões, algo inédito no segmento no Brasil. Outras melhorias foram aplicadas, como apoio de cabeça para todos os ocupantes e sistema Isofix para crianças. Após o teste do LatinNCAP, o modelo obteve 3 estrelas, o máximo para modelos sem controle de tração e estabilidade.[3]

Referências

  1. Carplace. «Renault apresenta sucessor do Clio». Consultado em 15 de maio de 2016. 
  2. «Renault Kwid aparece sem disfarce ao lado de up! e Uno». UOL. Consultado em 15 de maio de 2016. 
  3. «Resultados oficiais da avaliação de segurança doRenault Kwid + 4 Airbags 2017». LATIN NCAP - PARA AUTOS MAS SEGUROS (em po). Consultado em 22 de agosto de 2018. 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Renault Kwid
Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.