Renault Talisman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Renault Talisman
Visão Geral
Produção 2015-presente
Fabricante Renault
Modelo
Carroceria Sedan - Carrinha
Modelos relacionados Peugeot 508

Volkswagen Passat

Opel Insignia

Citroën C5

Skoda Superb

Toyota Avensis

Dimensões
Comprimento 4,85 metros
Entre-eixos 2,81 metros
Largura 1,87 metros
Altura 1,46 metros
Cronologia
Último
Renault Laguna III
Próximo

O Renault Talisman é um modelo da marca Renault, sucessor do Renault Laguna.

Foi apresentado oficialmente a 6 de Julho de 2015, através de uma Livestream realizada na Internet.[1]

O Talisman é uma viatura de segmento D, que se posiciona acima do Megane na gama. No mesmo segmento existe também o monovolume Renault Espace e o SUV Renault Koleos.

Está disponível nas variantes de carroçaria Sedan (4 portas) e carrinha.

A origem do nome[editar | editar código-fonte]

O nome Talisman já era usado pela Renault desde o ano de 2001, quando foi apresentado um protótipo com esse nome, que, para além de vir dar informações estéticas acerca do futuro da identidade visual da marca, trazia informações acerca do futuro Mégane II.

Traseira do Talisman Estate

Antes de 2015, o nome já era usado no topo de gama da Renault do mercado Chinês. No entanto, não se esperava que fosse este o nome escolhido para o sucessor do Laguna, apesar de que se esperava que o mesmo trouxesse um novo nome.

O Renault Laguna já estava na sua 3ª geração. No entanto, o nome perdia cada vez mais valor de mercado, e as vendas do modelo desciam. O nome Laguna tinha já uma fraca popularidade, e era regularmente associado a problemas de eletrónica. Como a Renault estava determinada a criar um sucesso de vendas capaz de competir com o mercado premium, e marcas como a Audi e BMW, decidiram dar-lhe um novo nome, e foi escolhida a nomeclatura "Talisman".

Mercados em que é vendido[editar | editar código-fonte]

Renault Talisman vendido em mercados como a China, já antes do lançamento do Talisman Europeu. O Talisman Chinês tem maiores dimensões do que o novo Europeu.

O presidente da Renault, Carlos Ghosn, disse que, tal como no Espace V, o novo Talisman não será fabricado para mercados com volante à direita, pelo que o modelo não será vendido no Reino Unido, Irlanda, Malta, Chipre, Japão, Singapura, Hong Kong, Malásia, Austrália e Nova Zelândia. De acordo com o presidente da marca, esta decisão é tomada devido à fraca aceitação deste tipo de modelos nestes países.

Referências

  1. «Diário Automóvel - Novo Renault Talisman apresentado». 6 de Julho de 2015. Consultado em 23 de Julho de 2016. 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Renault Talisman