República Socialista Soviética Autônoma de Basquir

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Башкирская Автономная Советская Социалистическая Республика
Башҡорт Автономиялы Совет Социалистик Республикаhы
República Socialista Soviética Autônoma de Basquir
Tipo de subdivisão do (a)
1919-1992
Flag of the Bashkir ASSR.svg Coat of arms of Bashkir ASSR.svg
Bandeira Brasão
Capital Sterlitamak-Ufa
Atualmente parte de República do Bascortostão

Governo República Socialista Soviética Autônoma

Área

143600 km²

População

1939 3144700 hab.
21.9 hab./km²

A República Socialista Soviética Autônoma de Basquir ( em bashkir: Башҡорт Автономиялы Совет Социалистик Республикаhы  ; em russo: Башкирская Автономная Советская Социалистическая Республика , Bashkirskaya Avtonomnaya Sovetskaya Sotsialisticheskaya Respublika ); também historicamente conhecida como Basquir Soviética ou simplesmente Basquir[1] [2] era uma República Socialista Soviética Autônoma dentro da RSFS Russa . Atualmente é conhecido como República do Bascortostão . [3]

R.S.S.A. de Basquir (em amarelo), R.S.F.S. da Rússia (em vermalho) e outras R.S.S. da União Soviética (em rosa).

A RSSA de Basquir foi a primeira República Socialista Soviética Autônoma na RSFS da Rússia.[4][5][6]

Membros do governo de Basquir, 20 de junho de 1920

A república ocupava uma área de 143,600 quilômetro quadrados (55,444 sq mi) no extremo sudeste da Rússia europeia, limitado a leste pelos Montes Urais e a setenta quilômetros da fronteira com o Cazaquistão em seu ponto mais meridional. A região foi colonizada por nômades da estepe, os turcos basquirs, durante a dominação do século 13 pela Horda de Ouro . Os russos chegaram em meados do século 16, fundando a cidade de Ufa, hoje capital da república. Numerosos levantes locais eclodiram em oposição ao assentamento de maiores populações russas nos séculos que se seguiram. Os basquirs finalmente desistiram da vida nômade no século 19, adotando o estilo de vida agrícola que continua sendo seu principal meio de sustento. A estrutura social tradicional baseada no clã praticamente desapareceu. As religiões predominantes da população basquir são o islamismo, que é observado pela maioria, e a ortodoxia russa . Por ter sido um importante campo de batalha da Guerra Civil Russa, a República de Basquir foi a primeira região étnica a ser designada uma república autônoma da Rússia sob o novo governo comunista em 1919. A república declarou sua soberania dentro da União Soviética em 11 de outubro de 1990 como República Socialista Soviética de Basquir e em 1992 declarou independência total. Dois anos depois, o Bascortostão concordou em permanecer dentro do quadro legislativo da Federação Russa, desde que fossem acordadas áreas de competência mútua.

A república possui ricos recursos minerais, especialmente petróleo, gás natural, minério de ferro, manganês, cobre, sal e pedra para construção. O governo soviético construiu uma variedade de indústrias pesadas nessa base de recursos. As ocupações tradicionais de Basquir na pecuária e apicultura continuam sendo atividades econômicas importantes.

Referências

  1. «Башкортостан или Башкирия?/Юлдаш Юсупов - Проект ЗАМАН - первая некоммерческая информационная площадка в Башкортостане, которая объединяет людей науки и культуры». YouTube.com 
  2. «Можно ли говорить «Башкирия», и оправдан ли гнев части жителей республики по этому поводу? / Аделина Минибаева». UfaTime.ru 
  3. «Башкирская Автономная Советская Социалистическая Республика». bse.sci-lib.com. Consultado em 16 de dezembro de 2019 
  4. The Encyclopedia Americana. Danbury, Conn. : Grolier. 30. [S.l.: s.n.] 1984. 310 páginas. ISBN 0717201155 
  5. Большой Советской Энциклопедии. 4. [S.l.: s.n.] 1950. 347 páginas 
  6. Jonathan D. Smele (November 19, 2015). Historical Dictionary of the Russian Civil Wars,1916-1926. Rowman & Littlefield Publishers. 2. [S.l.: s.n.] 179 páginas. ISBN 1442252804  Verifique data em: |ano= (ajuda)

links externos[editar | editar código-fonte]