República Socialista Soviética Bielorrussa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
RSSB, com capital em Minsk, no contexto da Guerra polaco–Soviética

A República Socialista Soviética Bielorrussa (RSSB; em bielorrusso: Савецкая Сацыялістычная Рэспубліка Беларусь, Savieckaja Sacyjalistyčnaja Respublika; em russo: Социалистическая Советская Республика Белоруссия / ССРБ, Socialističeskaja Sovetskaja Respublika Belorussija / SSRB) foi uma república no território histórico da Bielorrússia, após o colapso do Império Russo, que surgiu como resultado da Revolução de Outubro.O território era consistia da Bielorrússia Oriental, dado que a Bielorrússia Ocidental passou para a Segunda República Polonesa durante a Guerra Polaco-Soviética. Sua capital era Minsk.

Primeiro estabelecimento[editar | editar código-fonte]

Foi estabelecida pela primeira vez pelos bolcheviques em 1º de janeiro de 1919, em Smolensk, quando o Exército Vermelho entrou em terras bielorrussas após o recuo do exército alemão, que ocupou o território na Primeira Guerra Mundial. A RSSB substituiu a República Popular da Bielorrússia.

O estado consistia das províncias de Smolensk, Vitebsk, Mogilev, Minsk, Grodno e Vilnius. 

Era considerado pelos bolcheviques como um Estado-tampão entre a Rússia e a Polônia. Em um mês foi dissolvido. As províncias de Smolensk, Vitebsk e Mogilev foram incluídas na República Socialista Federativa Soviética Russa (RSFSR), e o restante formou outro Estado-tampão, a República Socialista Soviética Lituano-Bielorrussa (Litbel).

Segundo estabelecimento[editar | editar código-fonte]

A república foi restabelecida sob o mesmo nome em 31 de julho de 1920. No entanto, na historiografia soviética tradicional era referida como a República Socialista Soviética da Bielorrússia (RSSB), seu nome após a incorporação à União Soviética em 1922.

Referências[editar | editar código-fonte]