Represa de Ribeirão das Lajes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Agosto de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Represa de Ribeirão das Lajes é formada pelos Ribeirões Pires, da Prata e Machado, pelos Rio Piraí e Paraíba do Sul, e abrange terras dos municípios de Rio Claro e Piraí, no estado do Rio de Janeiro, Brasil.

Possui uma área total de 204km² e ocupa grande parte das terras onde outrora existia o município de São João Marcos, que foi inundado em 1943.

Nos dias atuais foi transformada em reserva ecológica e pode ser percorrida por diversas trilhas. Na área de Rio Claro ela se estende por, aproximadamente, cerca de 25% de seu território. Suas águas seguem para a Usina de Fontes para a produção de energia elétrica pela empresa Light, de onde partem para se juntarem as águas do reservatório de Sant'Ana. Formam, assim, o reservatório de Ponte Coberta e, posteriormente, desaguar no Rio Guandu. Estas águas abastecem de água potável a Região Metropolitana do Rio de Janeiro através de duas tubulações onde são recolhidas as águas limpas da barragem (estas águas são apenas cloradas) e da Estação de Tratamento de Guandu, pertencente à CEDAE, onde são tratadas tratadas e distribuídas no município do Rio de Janeiro.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.