Republicano South Park

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Republicano South Park (em inglês: South Park Republican) é um termo cunhado por Andrew Sullivan em 2001,[1] e que se refere a qualquer pessoa que detém crenças políticas de centro-direita influenciadas pela popular série de televisão estadunidense South Park. Grande parte dessas pessoas possuem opiniões geralmente conservadoras sobre a maioria dos assuntos fiscais, mas podem ser mais moderadas ou até mesmo liberais em relação a questões sociais, tais como direitos LGBT e aborto.

Trey Parker, co-criador do seriado, é um membro registrado do Partido Libertário.[2] No entanto, o companheiro de profissão de Parker e também co-criador de South Park, Matt Stone, resumir os seus pontos de vista quando comentou: "Eu odeio os conservadores, mas eu realmente odeio os liberais".[3]

Origem

Em 10 de maio de 2001, no fórum online do South Park Studios,[4] Parker e Stone responderam algumas questões de participantes:

  • P: Vocês são dois rapazes ou conservadores? Meus amigos e eu tivemos debates sobre isso.
    • Parker: Evitamos extremos, mas odiamos os liberais mais do que os conservadores e os odiamos [conservadores].
    • Stone: eu odeio os conservadores, mas eu realmente odeio os liberais.

Em 2006, Parker, Stone e Sullivan encabeçaram uma conferência em Amsterdã, organizada pela revista mensal libertária Reason. Durante uma entrevista em andamento com os editores da revista, Nick Gillespie e Jesse Walker, Stone e Parker reafirmaram seu desconforto com rótulos, reconhecendo que suas opiniões políticas poderiam ser descritas com a maior precisão de libertário e rejeitaram a direção do Partido Republicano que eles descreveram como "mais governo e mais Jesus ".[5] John Tierney documentou a declaração nas páginas do The New York Times alguns dias depois em uma coluna chamada "South Park Refugees".[6] Além disso, uma versão editada da entrevista, que foi chamada de "South Park Libertarians", apareceu na edição de dezembro de 2006 da Reason.[5][6]

Trey Parker foi questionado sobre o termo em uma entrevista para o seu filme, Team America: World Police, e o que ele pensou sobre isso:[7]

  • P: Não sei se você já ouviu falar sobre isso, mas houve ensaios sobre o conceito de "Republicano South Park".
    • Parker: Sim, nós vimos isso. O que estamos cansados — e está ficando ainda pior — é: você gosta de Michael Moore ou quer ir para o exterior e atirar em iraquianos. Não pode haver um meio termo. Basicamente, se você acha que Michael Moore está cheio de merda, então você é um direita super-cristã o que quer que seja. E nós dois somos apenas caras do meio-terreno. Encontramos tantas coisas para rasgar na esquerda como fazemos à direita. As pessoas da extrema esquerda e da extrema direita são as mesmas pessoas exatas para nós.

Publicações

  • Yachi Hiehle, Is South Park Republican? Social and Political Attitudes in South Park, Universidade do Arizona, 2010.
  • Gillespie, Nick, e Jesse Walker. "South Park Libertarians: Trey Parker and Matt Stone on liberals, conservatives, censorship, and religion." Reason.com (2006): 58.
  • Gournelos, Ted. Popular culture and the future of politics: Cultural studies and the Tao of South Park. Lexington Books, 2009.
  • Weinstock, Jeffrey Andrew, ed. Taking South Park Seriously. Suny Press, 2008.

Referências

  1. Anderson, Brian C. (outono de 2003). «We're Not Losing the Culture Wars Anymore» (em inglês). Consultado em 9 de novembro de 2007.. Cópia arquivada em 4 de agosto de 2005 
  2. Winter, Bill. «Trey Parker – Libertarian» (em inglês). Advocates for Self-Government. Consultado em 26 de abril de 2008.. Cópia arquivada em 16 de junho de 2008 
  3. Tierney, John (29 de agosto de 2006). «South Park Refugees: Republicans can't count on the votes of "Team America"» (em inglês). New York Times. Consultado em 9 de novembro de 2007.. Cópia arquivada em 23 de agosto de 2017 
  4. Leo, Alex (25 de fevereiro de 2010). «Matt Stone & Trey Parker Are Not Your Political Allies (No Matter What You Believe)» (em inglês). Huffington Post. Consultado em 3 de outubro de 2016.. Cópia arquivada em 7 de março de 2017 
  5. a b Grigoriadis, Vanessa (8 de março de 2007). «Still Sick, Still Wrong» (em inglês). Rolling Stone. Consultado em 9 de novembro de 2007.. Cópia arquivada em 29 de março de 2007 .
  6. a b Nick Gillespie; Jesse Walker (dezembro de 2006). «South Park Libertarians: Trey Parker and Matt Stone on liberals, conservatives, censorship, and religion» (em inglês). Reason. Consultado em 9 de novembro de 2007.. Cópia arquivada em 18 de janeiro de 2016 
  7. «Trey Parker and Matt Stone talk Team America: World Police» (em inglês). movieweb.com. 4 de outubro de 2004. Cópia arquivada em 8 de março de 2011