Resolução 132 do Conselho de Segurança das Nações Unidas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Small Flag of the United Nations ZP.svg
Resolução 132
do Conselho de Segurança da ONU
Data: 7 de setembro de 1959
Reunião: 848
Código: S/4216 (Documento)

Votos:
Prós Contras Abstenções Ausentes
10 1 0
Assunto: Questão sobre o Laos
Resultado: Aprovada

Composição do Conselho de Segurança em 1959:
Membros permanentes:

 República da China
 França
 Reino Unido
 Estados Unidos
 União Soviética

Membros não-permanentes:
 Argentina
 Canadá
 Itália
 Japão
 Panamá
 Tunísia

Resolução 132 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, foi aprovada em 7 de setembro de 1959, decidiu nomear uma sub-comissão composta pela Argentina, Itália, Japão e Tunísia, encarregada de examinar as declarações feitas perante ao Conselho relativo ao Laos e receber mais declarações e documentos, e fazer perguntas e apresentar um relatório ao Conselho o mais rápido possível. Foi a única resolução aprovada pelo Conselho de Segurança em 1959.

Laos já havia acusado as tropas do Vietnã do Norte de cruzar sua fronteira e realizar ataques militares contra o Laos; o Presidente do Conselho de Segurança convocou uma reunião urgente.[1]

Foi aprovada com 10 votos e um contra da União Soviética.

A sub-comissão concluiu que os cruzamentos de fronteira eram de natureza guerrilheira e não poderiam ser claramente estabelecido que as tropas norte-vietnamitas eram responsáveis​​.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Wellens, Karen; T.M.C. Asser Instituut (1990). Resolutions and statements of the United Nations Security Council (1946-1989): a thematic guide. [S.l.]: BRILL. p. 258. ISBN 978-0-7923-0796-9 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]