Resolução 246 do Conselho de Segurança das Nações Unidas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Small Flag of the United Nations ZP.svg
Resolução 246
do Conselho de Segurança da ONU
Data: 14 de março de 1968
Reunião: 1.387
Código: S/RES/245 ([1] Documento)

Votos:
Prós Contras Abstenções Ausentes
15 0 0
Assunto: A questão do sudoeste da África
Resultado: Aprovada por unanimidade

Composição do Conselho de Segurança em 1968:
Membros permanentes:

 República da China
 França
 Reino Unido
 Estados Unidos
 União Soviética

Membros não-permanentes:
 Argélia
 Brasil
 Canadá
 Dinamarca
 Etiópia
 Hungria
 Índia
 Paquistão
 Paraguai
 Senegal

A Resolução 246 do Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovada por unanimidade em 14 de março de 1968, depois de reafirmar a resolução anterior sobre o tema da independência do Sudoeste Africano e os direitos do seu povo, o Conselho censurou o governo da África do Sul e exigiu que libertassem e repatriassem os prisioneiros do Sudoeste Africano sob sua custódia. O Conselho também decidiu que, se a África do Sul não cumprisse as resoluções anteriores e atuais, o Conselho se reuniria imediatamente para determinar medidas efetivas, em conformidade com as disposições pertinentes da Carta das Nações Unidas.

Referências

  1. «Texto da Resolução 246 do Conselho de Segurança das Nações Unidas». 14 de março de 1968. Consultado em 16 de fevereiro de 2019