Resolução de Lahore

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Líderes muçulmanos de toda a Índia britânica na sessão da Liga Muçulmana em Lahore

Resolução de Lahore (em urdu: قرارداد لاہور, Qarardad-e-Lahore; bengali: লাহোর প্রস্তাব, Lahor Prostab), também conhecida como Resolução do Paquistão (em urdu: قرارداد پاکستان, Qarardad-e-Pakistan),[1] foi uma declaração política formal adotada pela Liga Muçulmana por ocasião da sua sessão geral de três dias em Lahore em 22-24 de março de 1940. Reivindicava à criação de 'estados independentes' para os muçulmanos no noroeste e leste da Índia britânica. As unidades constituintes destes Estados deveriam ser autônomas e soberanas. [2][3] A resolução foi apresentada por A. K. Fazlul Huq, o primeiro-ministro de Bengala. Mais tarde, foi interpretada como uma demanda por um Estado muçulmano independente e único chamado Paquistão. [4]

Embora o nome "Paquistão" havia sido proposto por Choudhary Rahmat Ali em sua Pakistan Declaration [5] em 1933, Muhammad Ali Jinnah e outros líderes mantiveram firme sua crença na unidade hindu-muçulmana. [6] No entanto, o clima político volátil deu a ideia um maior apoio. [7]

Referências

  1. Francis Robinson (1997), The Muslims and Partition, History Today, Vol. 47, September
  2. Analyzing the text: The Lahore (Pakistan) Resolution – by Zubair Sheikh - "North Western and Eastern Zones of (British) India should be grouped to constitute ‘independent states’ in which the constituent units should be autonomous and sovereign"- Lahore Resolution.
  3. «Do we know anything about Lahore Resolution?». Alarabiya.net. 24 de março de 2009 
  4. Christoph Jaffrelot (Ed.) (2005), A History of Pakistan and Its Origins, Anthem Press, ISBN 978-1-84331-149-2
  5. Choudhary Rahmat Ali, (1933), Now or Never; Are We to Live or Perish Forever?, pamphlet, published January 28. (Rehmat Ali at the time was an undergraduate at the University of Cambridge)
  6. Ian Talbot (1999), Pakistan: a modern history, St. Martin's Press, ISBN 0-312-21606-8
  7. Reginald Coupland (1943), Indian Politics (1936–1942), Oxford university press, London