Respiração em líquido

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Respiração em líquido , algumas vezes citada como respiração líquida, é uma forma proposta de respiração em que um organismo que normalmente respiraria um líquido rico em oxigênio (como um perfluorocarbono), em vez de respirar ar. Em teoria, a respiração líquida pode ajudar no tratamento de pacientes com traumas pulmonares ou cardíacos graves, especialmente em casos pediátricos. Respiração líquida também foi proposto para utilização em mergulho de águas profundas[1][2] e viagens espaciais.[3] Apesar de alguns avanços recentes na respiração em líquido, um modo padrão de aplicação não foi ainda estabelecido.

Respiração em líquido é às vezes chamado respiração em fluido, no entanto, este termo pode ser confuso, pois ambos líquidos e gases são substâncias fluidas.

Citações na ficção[editar | editar código-fonte]

  • No filme Event Horizon de Paul W. S. Anderson a tripulação da nave de resgate Lewis e Clark submergem-se em reservatórios de líquidos conectados a um aparelho de respiração durante o seu vôo de alta velocidade para Netuno. O médico da nave explica que a razão para isso é "Sem um tanque, a força G iria liquefazer o seu esqueleto." referindo-se às imensa forças G as quais a tripulação experimentariam.
  • No filme Oblivion de Joseph Kosinski uma personagem humana sobrevivente da nave que chega à terra expele fluido respirável ao acordar.
  • O filme The Abyss, de James Cameron apresenta um personagem usando a respiração em líquido para mergulhar milhares de metros sem compressão prévia. The Abyss também apresenta uma cena com um rato submerso em líquidos e respirando fluorcarbono, filmado na vida real.[4]
  • No livro O Símbolo Perdido de Dan Brown, o personagem principal, Robert Langdon, é preso em um tanque de líquido respirável, sendo que ele pensa que irá se afogar. Mas na realidade, ele fora submetido a uma infame forma de interrogatório, chamada water boarding, onde o indivíduo acredita estar se afogando, mas está mergulhado em líquido respirável. Então, sente-se obrigado a dizer uma informação à Mal'akh, o vilão da trama, sendo que esta é vital para o desfecho da própria ficção.
  • Na série de animação janonesa Neon Genesis Evangelion as crianças escolhidas como piloto dos Evas são mergulhadas em um líquido rico em oxigênio chamado de LCL, como forma de criar uma sicronia com o Evangelion.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Kylstra JA (1977). The Feasibility of Liquid Breathing in Man. Report to the US Office of Naval Research (Durham, NC: Duke University). Consultado em 2008-05-05. 
  2. «menfish». Consultado em 2008-05-17. 
  3. «Liquid Breathing - Medical uses». Consultado em 2008-05-17. 
  4. ALJEAN HARMETZ; FILM; 'The Abyss': A Foray Into Deep Waters - The New York Times