Resultados da fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2020 está sendo disputada entre 3 de março e 22 de outubro.[1][2][3] O sorteio dos grupos ocorreu em Luque, no Paraguai, em 17 de dezembro de 2019.[4][5]

O campeão e o vice de cada grupo ao final de seis jogos disputados dentro dos grupos avançam à fase final, iniciando a partir das oitavas. Os terceiros colocados de cada grupo serão transferidos para a segunda fase da Copa Sul-Americana de 2020.[4]

Critérios de desempate[editar | editar código-fonte]

De acordo com o regulamento estabelecido para as últimas edições, caso duas ou mais equipes empatem em números de pontos ao final da segunda fase, os seguintes critérios serão aplicados:[6]

  1. melhor saldo de gols entre as equipes em questão;
  2. maior número de gols marcados entre as equipes em questão;
  3. maior número de gols marcados como visitante entre as equipes em questão;
  4. ranking da CONMEBOL.

Grupos[editar | editar código-fonte]

Equipes classificadas para a fase final
Equipes transferidas para a segunda fase da Copa Sul-Americana de 2020
Equipes eliminadas

Todas as partidas estão no horário local.

Grupo A[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Equador Independiente del Valle 9 3 3 0 0 11 0 +11
2 Brasil Flamengo 6 3 2 0 1 5 6 –1
3 Colômbia Junior Barranquilla 3 3 1 0 2 3 6 –3
4 Equador Barcelona de Guayaquil 0 3 0 0 3 1 8 –7
  FLA IDV JUN BAR
Flamengo 3–0
Independiente del Valle 5–0 3–0
Junior Barranquilla 1–2
Barcelona de Guayaquil 0–3 1–2
4 de março Barcelona de Guayaquil Equador 0 – 3 Equador Independiente del Valle Estádio Monumental, Guayaquil
17:15 (UTC−5)
Relatório Torres Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55'
Ortiz Gol marcado aos 87 minutos de jogo 87'
Pellerano Gol marcado aos 90+5 minutos de jogo 90+5' (pen)
Árbitro: ChileCHI Roberto Tobar
4 de março Junior Barranquilla Colômbia 1 – 2 Brasil Flamengo Estádio Metropolitano, Barranquilla
19:30 (UTC−5)
Gutiérrez Gol marcado aos 90+5 minutos de jogo 90+5' Relatório Éverton Ribeiro Gol marcado aos 6 minutos de jogo 6', Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79' Árbitro: VenezuelaVEN Alexis Herrera

11 de março Independiente del Valle Equador 3 – 0 Colômbia Junior Barranquilla Estádio Olímpico Atahualpa, Quito
19:30 (UTC−5)
Guerrero Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60'
M. Caicedo Gol marcado aos 84 minutos de jogo 84'
Faravelli Gol marcado aos 90+4 minutos de jogo 90+4'
Relatório Árbitro: PeruPER Diego Haro
11 de março Flamengo Brasil 3 – 0 Equador Barcelona de Guayaquil Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
21:30 (UTC−3)
Gustavo Henrique Gol marcado aos 39 minutos de jogo 39'
Gabriel Gol marcado aos 45 minutos de jogo 45' (pen)
Bruno Henrique Gol marcado aos 53 minutos de jogo 53'
Relatório Árbitro: ArgentinaARG Facundo Tello

17 de setembro[a] Independiente del Valle Equador 5 – 0 Brasil Flamengo Estádio Casa Blanca, Quito
19:00 (UTC−5)
M. Caicedo Gol marcado aos 40 minutos de jogo 40'
Preciado Gol marcado aos 49 minutos de jogo 49'
Torres Gol marcado aos 58 minutos de jogo 58'
Sánchez Gol marcado aos 81 minutos de jogo 81'
B. Caicedo Gol marcado aos 90+2 minutos de jogo 90+2'
Relatório Árbitro: ColômbiaCOL Wilmar Roldán
17 de setembro[a] Barcelona de Guayaquil Equador 1 – 2 Colômbia Junior Barranquilla Estádio Monumental, Guayaquil
21:00 (UTC−5)
Colmán Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28' Relatório Viera Gol marcado aos 7 minutos de jogo 7'
Borja Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70'
Árbitro: PeruPER Kevin Ortega

22 de setembro[b] Barcelona de Guayaquil Equador Brasil Flamengo Estádio Monumental, Guayaquil
17:15 (UTC−5)
Relatório Árbitro: PeruPER Diego Haro
22 de setembro[b] Junior Barranquilla Colômbia Equador Independiente del Valle Estádio Metropolitano, Barranquilla
19:30 (UTC−5)
Relatório Árbitro: VenezuelaVEN José Argote

30 de setembro[b] Junior Barranquilla Colômbia Equador Barcelona de Guayaquil Estádio Metropolitano, Barranquilla
19:30 (UTC−5)
Relatório
30 de setembro[b] Flamengo Brasil Equador Independiente del Valle Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
21:30 (UTC−3)
Relatório

21 de outubro[c] Independiente del Valle Equador Equador Barcelona de Guayaquil Estádio Olímpico Atahualpa, Quito
19:30 (UTC−5)
Relatório
21 de outubro[c] Flamengo Brasil Colômbia Junior Barranquilla Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
21:30 (UTC−3)
Relatório

Grupo B[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Brasil Palmeiras 9 3 3 0 0 7 2 +5
2 Paraguai Guaraní 6 3 2 0 1 7 4 +3
3 Bolívia Bolívar 3 3 1 0 2 3 4 –1
4 Argentina Tigre 0 3 0 0 3 1 8 –7
  PAL BOL TIG GUA
Palmeiras 3–1
Bolívar 1–2 2–0
Tigre 0–2
Guaraní 2–0 4–1
4 de março Tigre Argentina 0 – 2 Brasil Palmeiras Estádio José Dellagiovanna, Victoria
19:15 (UTC−3)
Relatório Luiz Adriano Gol marcado aos 16 minutos de jogo 16'
Willian Gol marcado aos 65 minutos de jogo 65'
Árbitro: ColômbiaCOL Wilmar Roldán
4 de março Guaraní Paraguai 2 – 0 Bolívia Bolívar Estádio General Pablo Rojas, Assunção
21:30 (UTC−3)
Báez Gol marcado aos 4 minutos de jogo 4' (pen)
Bobadilla Gol marcado aos 50 minutos de jogo 50'
Relatório Árbitro: EquadorECU Augusto Aragón

10 de março Bolívar Bolívia 2 – 0 Argentina Tigre Estádio Hernando Siles, La Paz
18:15 (UTC−4)
Flores Gol marcado aos 48 minutos de jogo 48'
Saavedra Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69'
Relatório Árbitro: VenezuelaVEN Ángel Arteaga
10 de março Palmeiras Brasil 3 – 1 Paraguai Guaraní Allianz Parque, São Paulo
21:30 (UTC−3)
Luiz Adriano Gol marcado aos 53 minutos de jogo 53', Gol marcado aos 73 minutos de jogo 73', Gol marcado aos 82 minutos de jogo 82' Relatório Bobadilla Gol marcado aos 88 minutos de jogo 88' Árbitro: ChileCHI Roberto Tobar

16 de setembro[a] Bolívar Bolívia 1 – 2 Brasil Palmeiras Estádio Hernando Siles, La Paz
20:30 (UTC−4)
Riquelme Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67' Relatório Willian Gol marcado aos 34 minutos de jogo 34' (pen)
Gabriel Menino Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60'
Árbitro: ChileCHI Piero Maza
17 de setembro[a] Guaraní Paraguai 4 – 1 Argentina Tigre Estádio Defensores del Chaco, Assunção
22:00 (UTC−4)
Merlini Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26'
Domínguez Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67' (pen)
E. Benítez Gol marcado aos 83 minutos de jogo 83'
A. Benítez Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90'
Relatório Magnín Gol marcado aos 9 minutos de jogo 9' Árbitro: UruguaiURU Gustavo Tejera

22 de setembro[b] Tigre Argentina Bolívia Bolívar Estádio José Dellagiovanna, Victoria
19:15 (UTC−3)
Relatório Árbitro: ChileCHI Roberto Tobar
23 de setembro[b] Guaraní Paraguai Brasil Palmeiras Estádio Defensores del Chaco, Assunção
20:30 (UTC−4)
Relatório Árbitro: ArgentinaARG Néstor Pitana

30 de setembro[b] Palmeiras Brasil Bolívia Bolívar Allianz Parque, São Paulo
19:15 (UTC−3)
Relatório
1 de outubro[b] Tigre Argentina Paraguai Guaraní Estádio José Dellagiovanna, Victoria
21:00 (UTC−3)
Relatório

21 de outubro[c] Bolívar Bolívia Paraguai Guaraní Estádio Hernando Siles, La Paz
20:30 (UTC−4)
Relatório
21 de outubro[c] Palmeiras Brasil Argentina Tigre Allianz Parque, São Paulo
21:30 (UTC−3)
Relatório

Grupo C[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Brasil Athletico Paranaense 6 3 2 0 1 4 3 +1
2 Chile Colo-Colo 6 3 2 0 1 3 3 0
3 Bolívia Jorge Wilstermann 3 3 1 0 2 4 4 0
4 Uruguai Peñarol 3 3 1 0 2 2 3 –1
  PEN COL ATP JWI
Peñarol 1–0
Colo-Colo 2–1 1–0
Athletico Paranaense 1–0
Jorge Wilstermann 2–0 2–3
3 de março Athletico Paranaense Brasil 1 – 0 Uruguai Peñarol Arena da Baixada, Curitiba
21:30 (UTC−3)
Bissoli Gol marcado aos 77 minutos de jogo 77' Relatório Árbitro: ParaguaiPAR Éber Aquino
4 de março Jorge Wilstermann Bolívia 2 – 0 Chile Colo-Colo Estádio Félix Capriles, Cochabamba
18:15 (UTC−4)
Pedriel Gol marcado aos 58 minutos de jogo 58'
Cortés Gol contra marcado aos 90+4 minutos de jogo 90+4' (g.c.)
Relatório Árbitro: ArgentinaARG Andrés Merlos

11 de março Colo-Colo Chile 1 – 0 Brasil Athletico Paranaense Estádio Monumental, Santiago
19:15 (UTC−3)
Mouche Gol marcado aos 11 minutos de jogo 11' Relatório Árbitro: ColômbiaCOL Nicolás Gallo
11 de março Peñarol Uruguai 1 – 0 Bolívia Jorge Wilstermann Estádio Campeón del Siglo, Montevidéu
19:15 (UTC−3)
Meleán Gol contra marcado aos 68 minutos de jogo 68' (g.c.) Relatório Árbitro: VenezuelaVEN José Argote

15 de setembro[a] Jorge Wilstermann Bolívia 2 – 3 Brasil Athletico Paranaense Estádio Félix Capriles, Cochabamba
18:15 (UTC−4)
G. Álvarez Gol marcado aos 11 minutos de jogo 11'
Serginho Gol marcado aos 56 minutos de jogo 56'
Relatório González Gol marcado aos 40 minutos de jogo 40' (pen)
Christian Gol marcado aos 74 minutos de jogo 74'
Walter Gol marcado aos 90+1 minutos de jogo 90+1'
Árbitro: ChileCHI Ángelo Hermosilla
15 de setembro[a] Colo-Colo Chile 2 – 1 Uruguai Peñarol Estádio Monumental, Santiago
19:15 (UTC−3)
Suazo Gol marcado aos 51 minutos de jogo 51'
Paredes Gol marcado aos 62 minutos de jogo 62' (pen)
Relatório Pellistri Gol marcado aos 40 minutos de jogo 40' Árbitro: ArgentinaARG Mauro Vigliano

23 de setembro[b] Athletico Paranaense Brasil Chile Colo-Colo Arena da Baixada, Curitiba
19:15 (UTC−3)
Relatório Árbitro: ArgentinaARG Fernando Rapallini
24 de setembro[b] Jorge Wilstermann Bolívia Uruguai Peñarol Estádio Félix Capriles, Cochabamba
18:00 (UTC−4)
Relatório Árbitro: ChileCHI Piero Maza

29 de setembro[b] Peñarol Uruguai Chile Colo-Colo Estádio Campeón del Siglo, Montevidéu
19:15 (UTC−3)
Relatório
29 de setembro[b] Athletico Paranaense Brasil Bolívia Jorge Wilstermann Arena da Baixada, Curitiba
21:30 (UTC−3)
Relatório

20 de outubro[c] Peñarol Uruguai Brasil Athletico Paranaense Estádio Campeón del Siglo, Montevidéu
21:30 (UTC−3)
Relatório
20 de outubro[c] Colo-Colo Chile Bolívia Jorge Wilstermann Estádio Monumental, Santiago
21:30 (UTC−3)
Relatório

Grupo D[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Equador LDU Quito 6 3 2 0 1 4 3 +1
2 Argentina River Plate 4 3 1 1 1 10 5 +5
3 Brasil São Paulo 4 3 1 1 1 6 4 +2
4 Peru Binacional 3 3 1 0 2 2 10 –8
  RIV SPA LDU BIN
River Plate 8–0
São Paulo 2–2 3–0
LDU Quito 3–0
Binacional 2–1 0–1
4 de março LDU Quito Equador 3 – 0 Argentina River Plate Estádio Casa Blanca, Quito
19:30 (UTC−5)
Guerra Gol marcado aos 15 minutos de jogo 15'
Martínez Borja Gol marcado aos 36 minutos de jogo 36'
Sornoza Gol marcado aos 76 minutos de jogo 76' (pen)
Relatório Árbitro: ColômbiaCOL Andrés Rojas
5 de março Binacional Peru 2 – 1 Brasil São Paulo Estádio Guillermo Briceño Rosamedina, Juliaca
19:00 (UTC−5)
Rodríguez Gol marcado aos 50 minutos de jogo 50'
Arango Gol marcado aos 77 minutos de jogo 77'
Relatório Pato Gol marcado aos 20 minutos de jogo 20' Árbitro: ParaguaiPAR José Méndez

11 de março River Plate Argentina 8 – 0 Peru Binacional Estádio Monumental de Núñez, Buenos Aires
19:15 (UTC−3)
Casco Gol marcado aos 38 minutos de jogo 38'
Borré Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55'
Carrascal Gol marcado aos 58 minutos de jogo 58'
Fernández Gol marcado aos 74 minutos de jogo 74', Gol marcado aos 90+2 minutos de jogo 90+2'
Rojas Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79'
Díaz Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'
Suárez Gol marcado aos 88 minutos de jogo 88'
Relatório Árbitro: VenezuelaVEN Jesús Valenzuela
11 de março São Paulo Brasil 3 – 0 Equador LDU Quito Estádio do Morumbi, São Paulo
21:30 (UTC−3)
Reinaldo Gol marcado aos 14 minutos de jogo 14' (pen)
Daniel Alves Gol marcado aos 15 minutos de jogo 15'
Igor Gomes Gol marcado aos 61 minutos de jogo 61'
Relatório Árbitro: UruguaiURU Esteban Ostojich

15 de setembro[a] Binacional Peru 0 – 1 Equador LDU Quito Estádio Nacional, Lima
19:30 (UTC−5)
Relatório Zunino Gol marcado aos 30 minutos de jogo 30' Árbitro: BolíviaBOL Ivo Méndez
17 de setembro[a] São Paulo Brasil 2 – 2 Argentina River Plate Estádio do Morumbi, São Paulo
19:00 (UTC−3)
Pérez Gol contra marcado aos 10 minutos de jogo 10' (g.c.)
Angileri Gol contra marcado aos 83 minutos de jogo 83' (g.c.)
Relatório Borré Gol marcado aos 18 minutos de jogo 18'
Álvarez Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'
Árbitro: UruguaiURU Esteban Ostojich

22 de setembro[b] LDU Quito Equador Brasil São Paulo Estádio Casa Blanca, Quito
19:30 (UTC−5)
Relatório Árbitro: ColômbiaCOL Wilmar Roldán
22 de setembro[b] Binacional Peru Argentina River Plate Estádio Nacional, Lima
19:30 (UTC−5)
Relatório Árbitro: BolíviaBOL Gery Vargas

29 de setembro[b] LDU Quito Equador Peru Binacional Estádio Casa Blanca, Quito
19:30 (UTC−5)
Relatório
30 de setembro[b] River Plate Argentina Brasil São Paulo Estádio Libertadores de América, Avellaneda
21:30 (UTC−3)
Relatório

20 de outubro[c] River Plate Argentina Equador LDU Quito Estádio Libertadores de América, Avellaneda
21:30 (UTC−3)
Relatório
20 de outubro[c] São Paulo Brasil Peru Binacional Estádio do Morumbi, São Paulo
21:30 (UTC−3)
Relatório

Grupo E[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Brasil Internacional 7 3 2 1 0 7 3 +4
2 Brasil Grêmio 4 3 1 1 1 2 2 0
3 Colômbia América de Cali 3 3 1 0 2 5 7 –2
4 Chile Universidad Católica 3 3 1 0 2 3 5 –2
  GRE UCA AMC INT
Grêmio 0–0
Universidad Católica 2–0 1–2
América de Cali 0–2
Internacional 3–0 4–3
3 de março Internacional Brasil 3 – 0 Chile Universidad Católica Estádio Beira-Rio, Porto Alegre
19:15 (UTC−3)
Guerrero Gol marcado aos 62 minutos de jogo 62', Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67'
Marcos Guilherme Gol marcado aos 71 minutos de jogo 71'
Relatório Árbitro: VenezuelaVEN Ángel Arteaga
3 de março América de Cali Colômbia 0 – 2 Brasil Grêmio Estádio Pascual Guerrero, Cáli
19:30 (UTC−5)
Relatório Victor Ferraz Gol marcado aos 15 minutos de jogo 15'
Matheus Henrique Gol marcado aos 50 minutos de jogo 50'
Árbitro: EquadorECU Guillermo Guerrero

10 de março Universidad Católica Chile 1 – 2 Colômbia América de Cali Estádio San Carlos de Apoquindo, Santiago
19:15 (UTC−3)
Núñez Gol marcado aos 45+1 minutos de jogo 45+1' Relatório Vergara Gol marcado aos 22 minutos de jogo 22'
Pisano Gol marcado aos 53 minutos de jogo 53'
Árbitro: UruguaiURU Gustavo Tejera
12 de março Grêmio Brasil 0 – 0 Brasil Internacional Arena do Grêmio, Porto Alegre
21:00 (UTC−3)
Relatório Árbitro: ArgentinaARG Fernando Rapallini

16 de setembro[a] Internacional Brasil 4 – 3 Colômbia América de Cali Estádio Beira-Rio, Porto Alegre
19:15 (UTC−3)
Hernández Gol marcado aos 1 minutos de jogo 1', Gol marcado aos 32 minutos de jogo 32'
Boschilia Gol marcado aos 19 minutos de jogo 19', Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90'
Relatório Vergara Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28'
Ramos Gol marcado aos 49 minutos de jogo 49'
Moreno Gol marcado aos 78 minutos de jogo 78'
Árbitro: ArgentinaARG Facundo Tello
16 de setembro[a] Universidad Católica Chile 2 – 0 Brasil Grêmio Estádio San Carlos de Apoquindo, Santiago
21:30 (UTC−3)
Zampedri Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44'
Pinares Gol marcado aos 45+1 minutos de jogo 45+1'
Relatório Árbitro: ArgentinaARG Darío Herrera

23 de setembro[b] América de Cali Colômbia Chile Universidad Católica Estádio Pascual Guerrero, Cáli
19:30 (UTC−5)
Relatório Árbitro: VenezuelaVEN Jesús Valenzuela
23 de setembro[b] Internacional Brasil Brasil Grêmio Estádio Beira-Rio, Porto Alegre
21:30 (UTC−3)
Relatório Árbitro: ArgentinaARG Patricio Loustau

29 de setembro[b] Grêmio Brasil Chile Universidad Católica Arena do Grêmio, Porto Alegre
19:15 (UTC−3)
Relatório
29 de setembro[b] América de Cali Colômbia Brasil Internacional Estádio Pascual Guerrero, Cáli
19:30 (UTC−5)
Relatório

22 de outubro[c] Universidad Católica Chile Brasil Internacional Estádio San Carlos de Apoquindo, Santiago
21:30 (UTC−3)
Relatório
22 de outubro[c] Grêmio Brasil Colômbia América de Cali Arena do Grêmio, Porto Alegre
21:30 (UTC−3)
Relatório

Grupo F[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Uruguai Nacional 9 3 3 0 0 3 0 +3
2 Argentina Racing 6 3 2 0 1 3 2 +1
3 Venezuela Estudiantes de Mérida 3 3 1 0 2 4 5 –1
4 Peru Alianza Lima 0 3 0 0 3 2 5 –3
  CNF RAC ALI ETM
Nacional 1–0
Racing 0–1 1–0
Alianza Lima 0–1
Estudiantes de Mérida 1–2 3–2
5 de março Estudiantes de Mérida Venezuela 1 – 2 Argentina Racing Estádio Metropolitano, Mérida
18:00 (UTC−4)
Rivas Gol marcado aos 48 minutos de jogo 48' Relatório Reniero Gol marcado aos 71 minutos de jogo 71'
Zaracho Gol marcado aos 84 minutos de jogo 84'
Árbitro: BrasilBRA Raphael Claus
5 de março Alianza Lima Peru 0 – 1 Uruguai Nacional Estádio Alejandro Villanueva, Lima
21:00 (UTC−5)
Relatório Rodríguez Gol marcado aos 1 minutos de jogo 1' Árbitro: BrasilBRA Bruno Arleu

12 de março Nacional Uruguai 1 – 0 Venezuela Estudiantes de Mérida Estádio Gran Parque Central, Montevidéu
19:00 (UTC−3)
Carballo Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69' Relatório Árbitro: BrasilBRA Wilton Sampaio
12 de março Racing Argentina 1 – 0 Peru Alianza Lima Estádio El Cilindro, Avellaneda
21:00 (UTC−3)
Reniero Gol marcado aos 56 minutos de jogo 56' Relatório Árbitro: ParaguaiPAR José Méndez

16 de setembro[a] Estudiantes de Mérida Venezuela 3 – 2 Peru Alianza Lima Estádio Metropolitano, Mérida
18:15 (UTC−4)
E. Rivas Gol marcado aos 64 minutos de jogo 64'
Mena Gol marcado aos 81 minutos de jogo 81'
J. Rivas Gol marcado aos 90+7 minutos de jogo 90+7' (pen)
Relatório Gómez Gol marcado aos 51 minutos de jogo 51' (pen)
Arroe Gol marcado aos 54 minutos de jogo 54'
Árbitro: ColômbiaCOL Nicolás Gallo
17 de setembro[a] Racing Argentina 0 – 1 Uruguai Nacional Estádio El Cilindro, Avellaneda
17:00 (UTC−3)
Relatório Bergessio Gol marcado aos 53 minutos de jogo 53' (pen) Árbitro: ChileCHI Cristian Garay

22 de setembro[b] Estudiantes de Mérida Venezuela Uruguai Nacional Estádio Metropolitano, Mérida
18:15 (UTC−4)
Relatório Árbitro: ColômbiaCOL Andrés Rojas
23 de setembro[b] Alianza Lima Peru Argentina Racing Estádio Alejandro Villanueva, Lima
19:30 (UTC−5)
Relatório Árbitro: BolíviaBOL Ivo Méndez

30 de setembro[b] Nacional Uruguai Argentina Racing Estádio Gran Parque Central, Montevidéu
19:15 (UTC−3)
Relatório
30 de setembro[b] Alianza Lima Peru Venezuela Estudiantes de Mérida Estádio Alejandro Villanueva, Lima
19:30 (UTC−5)
Relatório

21 de outubro[c] Nacional Uruguai Peru Alianza Lima Estádio Gran Parque Central, Montevidéu
19:15 (UTC−3)
Relatório
21 de outubro[c] Racing Argentina Venezuela Estudiantes de Mérida Estádio El Cilindro, Avellaneda
19:15 (UTC−3)
Relatório

Grupo G[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Brasil Santos 7 3 2 1 0 3 1 +2
2 Paraguai Olimpia 5 3 1 2 0 3 2 +1
3 Argentina Defensa y Justicia 3 3 1 0 2 5 4 +1
4 Equador Delfín 1 3 0 1 2 1 5 –4
  OLI SAN DEL DYJ
Olimpia 2–1
Santos 0–0 1–0
Delfín 1–1
Defensa y Justicia 1–2 3–0
3 de março Defensa y Justicia Argentina 1 – 2 Brasil Santos Estádio Norberto Tomaghello, Florencio Varela
19:15 (UTC−3)
Rodríguez Gol marcado aos 45+1 minutos de jogo 45+1' Relatório Jobson Gol marcado aos 72 minutos de jogo 72'
Kaio Jorge Gol marcado aos 86 minutos de jogo 86'
Árbitro: UruguaiURU Gustavo Tejera
4 de março Delfín Equador 1 – 1 Paraguai Olimpia Estádio Jocay, Manta
19:30 (UTC−5)
Alaníz Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69' Relatório Cangá Gol contra marcado aos 5 minutos de jogo 5' (g.c.) Árbitro: UruguaiURU Leodán González

10 de março Santos Brasil 1 – 0 Equador Delfín Estádio Vila Belmiro, Santos
19:15 (UTC−3)
Lucas Veríssimo Gol marcado aos 30 minutos de jogo 30' Relatório Árbitro: PeruPER Kevin Ortega
11 de março Olimpia Paraguai 2 – 1 Argentina Defensa y Justicia Estádio Manuel Ferreira, Assunção
21:30 (UTC−3)
Rolón Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60'
Montenegro Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'
Relatório Benítez Gol marcado aos 90+1 minutos de jogo 90+1' Árbitro: PeruPER Víctor Carrillo

15 de setembro[a] Santos Brasil 0 – 0 Paraguai Olimpia Estádio Vila Belmiro, Santos
21:30 (UTC−3)
Relatório Árbitro: UruguaiURU Leodán González
17 de setembro[a] Defensa y Justicia Argentina 3 – 0 Equador Delfín Estádio Norberto Tomaghello, Florencio Varela
19:00 (UTC−3)
Romero Gol marcado aos 52 minutos de jogo 52'
Hachen Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55'
Leguizamón Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79'
Relatório Árbitro: ChileCHI Roberto Tobar

23 de setembro[b] Defensa y Justicia Argentina Paraguai Olimpia Estádio Norberto Tomaghello, Florencio Varela
19:15 (UTC−3)
Relatório Árbitro: ChileCHI Cristian Garay
24 de setembro[b] Delfín Equador Brasil Santos Estádio Jocay, Manta
21:00 (UTC−5)
Relatório Árbitro: PeruPER Kevin Ortega

1 de outubro[b] Olimpia Paraguai Brasil Santos Estádio Manuel Ferreira, Assunção
18:00 (UTC−4)
Relatório
1 de outubro[b] Delfín Equador Argentina Defensa y Justicia Estádio Jocay, Manta
21:00 (UTC−5)
Relatório

20 de outubro[c] Olimpia Paraguai Equador Delfín Estádio Manuel Ferreira, Assunção
19:15 (UTC−3)
Relatório
20 de outubro[c] Santos Brasil Argentina Defensa y Justicia Estádio Vila Belmiro, Santos
19:15 (UTC−3)
Relatório

Grupo H[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Argentina Boca Juniors 7 3 2 1 0 6 1 +5
2 Paraguai Libertad 6 3 2 0 1 5 5 0
3 Venezuela Caracas 4 3 1 1 1 6 6 0
4 Colômbia Independiente Medellín 0 3 0 0 3 3 8 –5
  BOC LIB CAR DIM
Boca Juniors 3–0
Libertad 0–2 3–2
Caracas 1–1
Independiente Medellín 1–2 2–3
3 de março Independiente Medellín Colômbia 1 – 2 Paraguai Libertad Estádio Atanasio Girardot, Medellín
19:30 (UTC−5)
Murillo Gol marcado aos 59 minutos de jogo 59' Relatório Bocanegra Gol marcado aos 3 minutos de jogo 3'
Cardozo Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28'
Árbitro: PeruPER Kevin Ortega
3 de março Caracas Venezuela 1 – 1 Argentina Boca Juniors Estádio Olímpico da UCV, Caracas
20:30 (UTC−4)
Hernández Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55' Relatório Ábila Gol marcado aos 25 minutos de jogo 25' Árbitro: UruguaiURU Esteban Ostojich

10 de março Boca Juniors Argentina 3 – 0 Colômbia Independiente Medellín Estádio La Bombonera, Buenos Aires
21:30 (UTC−3)
Salvio Gol marcado aos 35 minutos de jogo 35', Gol marcado aos 57 minutos de jogo 57'
Reynoso Gol marcado aos 72 minutos de jogo 72'
Relatório Árbitro: EquadorECU Guillermo Guerrero
10 de março Libertad Paraguai 3 – 2 Venezuela Caracas Estádio General Pablo Rojas, Assunção
21:30 (UTC−3)
Ferreira Gol marcado aos 19 minutos de jogo 19', Gol marcado aos 64 minutos de jogo 64'
Franco Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'
Relatório Contreras Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26'
Blanco Gol marcado aos 43 minutos de jogo 43'
Árbitro: ChileCHI Ángelo Hermosilla

16 de setembro[a] Independiente Medellín Colômbia 2 – 3 Venezuela Caracas Estádio Atanasio Girardot, Medellín
19:30 (UTC−5)
Reina Gol marcado aos 45+3 minutos de jogo 45+3' (pen)
Castro Gol marcado aos 46 minutos de jogo 46'
Relatório Fereira Gol marcado aos 6 minutos de jogo 6'
Contreras Gol marcado aos 24 minutos de jogo 24'
Blanco Gol marcado aos 54 minutos de jogo 54'
Árbitro: EquadorECU Carlos Orbe
17 de setembro[a] Libertad Paraguai 0 – 2 Argentina Boca Juniors Estádio General Pablo Rojas, Assunção
20:00 (UTC−4)
Relatório Salvio Gol marcado aos 6 minutos de jogo 6', Gol marcado aos 84 minutos de jogo 84' Árbitro: BrasilBRA Rodolpho Toski

23 de setembro[b] Caracas Venezuela Paraguai Libertad Estádio Olímpico da UCV, Caracas
18:15 (UTC−4)
Relatório Árbitro: BrasilBRA Bráulio Machado
24 de setembro[b] Independiente Medellín Colômbia Argentina Boca Juniors Estádio Atanasio Girardot, Medellín
19:00 (UTC−5)
Relatório Árbitro: EquadorECU Augusto Aragón

29 de setembro[b] Boca Juniors Argentina Paraguai Libertad Estádio La Bombonera, Buenos Aires
21:30 (UTC−3)
Relatório
30 de setembro[b] Caracas Venezuela Colômbia Independiente Medellín Estádio Olímpico da UCV, Caracas
18:15 (UTC−4)
Relatório

22 de outubro[c] Libertad Paraguai Colômbia Independiente Medellín Estádio General Pablo Rojas, Assunção
21:30 (UTC−3)
Relatório
22 de outubro[c] Boca Juniors Argentina Venezuela Caracas Estádio La Bombonera, Buenos Aires
21:30 (UTC−3)
Relatório

Notas[editar | editar código-fonte]

  • A. ^ As partidas da terceira rodada originalmente estavam marcadas entre 17–19 de março, mas foram adiadas pela CONMEBOL devido a pandemia de COVID-19.[7]
  • B. ^ As partidas da quarta (originalmente marcadas entre 7–9 de abril) e quinta rodadas (21–23 de abril) foram igualmente adiadas pela CONMEBOL devido a pandemia de COVID-19.[8]
  • C. ^ Em 17 de abril, a CONMEBOL anunciou a suspensão da competição indefinidamente, afetando os jogos da sexta rodada originalmente marcados entre 5–7 de maio.[9]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Fixture CONMEBOL Libertadores - 20/07/2020 - Fase de Grupos - Pós-Pandemia» (PDF). CONMEBOL. 20 de julho de 2020. Consultado em 20 de julho de 2020 
  2. «Programa de partidos de la CONMEBOL Libertadores 2020» (em espanhol). CONMEBOL. 17 de dezembro de 2019. Consultado em 17 de dezembro de 2019 
  3. «Fixture actualizado de la CONMEBOL Libertadores» (em espanhol). CONMEBOL. 20 de julho de 2020. Consultado em 21 de julho de 2020 
  4. a b «Programa de partidos de la CONMEBOL Libertadores 2020» (em espanhol). CONMEBOL. 17 de dezembro de 2019. Consultado em 17 de dezembro de 2019 
  5. «CONMEBOL Libertadores 2020 - Programa de Partidos» (PDF). CONMEBOL. 18 de dezembro de 2019. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  6. «Manual de Clubes / Reglamento Libertadores» (em espanhol). CONMEBOL. 17 de dezembro de 2019. Consultado em 13 de setembro de 2020 
  7. «CONMEBOL Libertadores é suspensa temporariamente». CONMEBOL. 12 de março de 2020. Consultado em 12 de março de 2020 
  8. «La CONMEBOL Libertadores queda suspendida temporalmente hasta el 05 de mayo» (em espanhol). CONMEBOL. 18 de março de 2020. Consultado em 21 de março de 2020 
  9. «CONMEBOL reúne a miembros del Consejo para analizar situación e impacto del Covid-19 en el fútbol sudamericano» (em espanhol). CONMEBOL. 17 de abril de 2020. Consultado em 9 de maio de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]