Resultados da fase final da Copa do Brasil de Futebol de 2017

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção se refere ou tem relação com um evento atual.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (Editado pela última vez em 11 de outubro de 2017.)
Sports current event.svg

A fase final da Copa do Brasil de Futebol de 2017 acontecerá entre maio e outubro de 2017 e será organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Oitavas de final[editar | editar código-fonte]

Sorteio[editar | editar código-fonte]

Para esta fase, foi realizado um novo sorteio, pela CBF, no dia 20 de abril. Pela manhã às 12h, foram sorteados os confrontos e, às 15h, os mandos de campo.[1]

No pote 1, estão os times que participaram da Copa Libertadores da América de 2017. No pote 2, estão as três classificadas antecipadamente que não disputaram a competição continental mais os cinco classificados da fase anterior. Para os jogos das oitavas, o sorteio determinou os confrontos dos times do pote 1 contra o pote 2 e quais times decidirão o confronto em casa. Os oito times classificados às quartas de final vão passar por um novo sorteio, desta vez sem alinhamento, para definir o chaveamento até a decisão da competição.[1]

Pote 1 Pote 2
Rio Grande do Sul Grêmio (1)
São Paulo Palmeiras (2)
São Paulo Santos (3)
Minas Gerais Atlético Mineiro (5)
Rio de Janeiro Flamengo (9)
Paraná Atlético Paranaense (11)
Rio de Janeiro Botafogo (12)
Santa Catarina Chapecoense (19)
Minas Gerais Cruzeiro (6)
Rio Grande do Sul Internacional (7)
Rio de Janeiro Fluminense (10)
Pernambuco Sport (17)
Pernambuco Santa Cruz (26)
Goiás Atlético Goianiense (27)
Pará Paysandu (30)
Paraná Paraná (33)

Entre parênteses, o Ranking da CBF

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto e em negrito os times classificados. [2]
Time 1   Total   Time 2   1º jogo   2º jogo
Paraná Paraná 3–4 Minas Gerais Atlético Mineiro 3–2 0–2
Botafogo Rio de Janeiro 3–2 Pernambuco Sport 2–1 1–1
Flamengo Rio de Janeiro 2–1 Goiás Atlético Goianiense 0–0 2–1
Santos São Paulo 5–1 Pará Paysandu 2–0 3–1
Grêmio Rio Grande do Sul 5–1 Rio de Janeiro Fluminense 3–1 2–0
Santa Cruz Pernambuco 0–2 Paraná Atlético Paranaense 0–0 0–2
Palmeiras São Paulo 2–2 (gf) Rio Grande do Sul Internacional 1–0 1–2
Cruzeiro Minas Gerais 1–0 Santa Catarina Chapecoense 1–0 0–0
Chave 1[editar | editar código-fonte]
Primeiro jogo
24 de maio Paraná Paraná 3 – 2 Minas Gerais Atlético Mineiro Estádio Couto Pereira, Curitiba
21:45
Guilherme Biteco Gol marcado aos 19 minutos de jogo 19', Gol marcado aos 73 minutos de jogo 73'
Felipe Alves Gol marcado aos 64 minutos de jogo 64'
Súmula
Boletim
Gol marcado aos 8 minutos de jogo 8' Elias
Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55' Robinho
Público: 17 984
Público total: 19 287
Renda: R$ 560.570,00
Árbitro: Santa CatarinaSC Rodrigo D'Alonso Ferreira
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Paraná
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-MG

Segundo jogo
31 de maio Atlético Mineiro Minas Gerais 2 – 0 Paraná Paraná Estádio Independência, Belo Horizonte
21:45
Otero Gol marcado aos 40 minutos de jogo 40'
Fred Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66'
Súmula
Boletim
Público: 16 614
Renda: R$ 418.438,00
Árbitro: GoiásGO André Luiz de Freitas Castro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-MG
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Paraná

Atlético Mineiro venceu por 4–3 no agregado e avançou às quartas-de-final.

Chave 2[editar | editar código-fonte]
Primeiro jogo
26 de abril Botafogo Rio de Janeiro 2 – 1 Pernambuco Sport Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
21:45
Guilherme Gol marcado aos 56 minutos de jogo 56', Gol marcado aos 82 minutos de jogo 82' Súmula
Boletim
Gol marcado aos 8 minutos de jogo 8' Samuel Xavier Público: 10 455
Público total: 12 271
Renda: R$ 199.730,00
Árbitro: Santa CatarinaSC Bráulio da Silva Machado
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Botafogo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Sport

Segundo jogo
31 de maio Sport Pernambuco 1 – 1 Rio de Janeiro Botafogo Estádio Ilha do Retiro, Recife
21:45
Durval Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67' Súmula
Boletim
Gol marcado aos 11 minutos de jogo 11' Roger Público: 9 306
Renda: R$ 184.265,00
Árbitro: São PauloSP Raphael Claus
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Sport
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Botafogo

Botafogo venceu por 3–2 no agregado e avançou às quartas-de-final.

Chave 3[editar | editar código-fonte]
Primeiro jogo
10 de maio Flamengo Rio de Janeiro 0 – 0 Goiás Atlético Goianiense Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
19:30
Súmula
Boletim
Público: 29 092
Público total: 33 161
Renda: R$ 816.820,00
Árbitro: Rio Grande do SulRS Jean Pierre Gonçalves Lima
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Flamengo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-GO

Segundo jogo
24 de maio Atlético Goianiense Goiás 1 – 2 Rio de Janeiro Flamengo Estádio Serra Dourada, Goiânia
21:45
Jorginho Gol marcado aos 27 minutos de jogo 27' Súmula
Boletim
Gol marcado aos 12 minutos de jogo 12' Guerrero
Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79' Matheus Sávio
Público: 13 211
Público total: 14 709
Renda: R$ 570.275,00
Árbitro: São PauloSP Flávio Rodrigues de Souza
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-GO
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Flamengo

Flamengo venceu por 2–1 no agregado e avançou às quartas-de-final.

Chave 4[editar | editar código-fonte]
Primeiro jogo
26 de abril Santos São Paulo 2 – 0 Pará Paysandu Estádio Vila Belmiro, Santos
19:30
Bruno Henrique Gol marcado aos 48 minutos de jogo 48'
Copete Gol marcado aos 89 minutos de jogo 89'
Súmula
Boletim
Público: 6 266
Renda: R$ 154.805,00
Árbitro: Minas GeraisMG Igor Junio Benevenuto
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Santos
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Paysandu

Segundo jogo
10 de maio Paysandu Pará 1 – 3 São Paulo Santos Estádio Mangueirão, Belém
21:45
Diogo Oliveira Gol marcado aos 49 minutos de jogo 49' Súmula
Boletim
Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26', Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60' Bruno Henrique
Gol marcado aos 78 minutos de jogo 78' Kayke
Público: 11 733
Público total: 13 548
Renda: R$ 251.370,00
Árbitro: GoiásGO André Luiz de Freitas Castro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Paysandu
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Santos

Santos venceu por 5–1 no agregado e avançou às quartas-de-final.

Chave 5[editar | editar código-fonte]
Primeiro jogo
17 de maio Grêmio Rio Grande do Sul 3 – 1 Rio de Janeiro Fluminense Arena do Grêmio, Porto Alegre
21:45
Arthur Gol marcado aos 17 minutos de jogo 17'
Barrios Gol marcado aos 64 minutos de jogo 64', Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70'
Súmula
Boletim
Gol marcado aos 5 minutos de jogo 5' Renato Chaves Público: 20 836
Público total: 22 788
Renda: R$ 496.703,00
Árbitro: ParáPA Dewson Fernando Freitas da Silva
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Grêmio
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Fluminense

Segundo jogo
31 de maio Fluminense Rio de Janeiro 0 – 2 Rio Grande do Sul Grêmio Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
19:30
Súmula
Boletim
Gol marcado aos 17 minutos de jogo 17' Luan
Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28' Pedro Rocha
Público: 19 445
Público total: 21 172
Renda: R$ 597.360,00
Árbitro: São PauloSP Thiago Duarte Peixoto
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Fluminense
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Grêmio

Grêmio venceu por 5–1 no agregado e avançou às quartas-de-final.

Chave 6[editar | editar código-fonte]
Primeiro jogo
10 de maio Santa Cruz Pernambuco 0 – 0 Paraná Atlético Paranaense Estádio do Arruda, Recife
21:45
Público: 1 533
Público total: 4 030
Renda: R$ 23.990,00
Árbitro: Rio de JaneiroRJ Grazianni Maciel Rocha
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Santa Cruz
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-PR

Segundo jogo
31 de maio Atlético Paranaense Paraná 2 – 0 Pernambuco Santa Cruz Arena da Baixada, Curitiba
19:30
Nikão Gol marcado aos 5 minutos de jogo 5'
González Gol marcado aos 68 minutos de jogo 68'
Súmula
Boletim
Público: 14 986
Público total: 16 673
Renda: R$ 194.330,00
Árbitro: GoiásGO Elmo Alves Resende Cunha
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-PR
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Santa Cruz

Atlético Paranaense venceu por 2–0 no agregado e avançou às quartas-de-final.

Chave 7[editar | editar código-fonte]
Primeiro jogo
17 de maio Palmeiras São Paulo 1 – 0 Rio Grande do Sul Internacional Allianz Parque, São Paulo
21:45
Léo Ortiz Gol contra marcado aos 32 minutos de jogo 32' Súmula
Boletim
Público: 31 463
Renda: R$ 1.858.499,57
Árbitro: Santa CatarinaSC Sandro Meira Ricci
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Palmeiras
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Internacional

Segundo jogo
31 de maio Internacional Rio Grande do Sul 2 – 1 São Paulo Palmeiras Estádio Beira-Rio, Porto Alegre
21:45
D'Alessandro Gol marcado aos 8 minutos de jogo 8'
Nico López Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55'
Súmula
Boletim
Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79' Thiago Santos Público: 31 871
Público total: 34 724
Renda: R$ 877.661,00
Árbitro: Minas GeraisMG Ricardo Marques Ribeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Internacional
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Palmeiras

2–2 no agregado. Palmeiras avançou às quartas-de-final pela regra do gol fora de casa.

Chave 8[editar | editar código-fonte]
Primeiro jogo
3 de maio Cruzeiro Minas Gerais 1 – 0 Santa Catarina Chapecoense Estádio Mineirão, Belo Horizonte
21:45
Raniel Gol marcado aos 2 minutos de jogo 2' Súmula
Boletim
Público: 8 516
Público total: 11 716
Renda: R$ 203.069,00
Árbitro: São PauloSP Flávio Rodrigues de Souza
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cruzeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Chapecoense

Segundo jogo
1 de junho Chapecoense Santa Catarina 0 – 0 Minas Gerais Cruzeiro Arena Condá, Chapecó
21:30
Súmula
Boletim
Público: 6 387
Renda: R$ 132.410,00
Árbitro: PernambucoPE Péricles Bassols
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Chapecoense
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cruzeiro

Cruzeiro venceu por 1–0 no agregado e avançou às quartas-de-final.

Quartas de final[editar | editar código-fonte]

Sorteio[editar | editar código-fonte]

Para esta fase, foi realizado um novo sorteio, pela CBF, no dia 5 de junho às 11h (UTC–3) no auditório da entidade.[3] Todas as oito clubes classificados estiveram em pote único. A partir desta fase, a definição dos confrontos das próximas fases acontecerão por emparelhamento. A regra do gol fora de casa não será aplicada na final.[4]

Pote único
Minas Gerais Atlético Mineiro
Paraná Atlético Paranaense
Rio de Janeiro Botafogo
Minas Gerais Cruzeiro
Rio de Janeiro Flamengo
Rio Grande do Sul Grêmio
São Paulo Palmeiras
São Paulo Santos

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto e em negrito os times classificados.
Time 1   Total   Time 2   1º jogo   2º jogo
Atlético Mineiro Minas Gerais 1–3 Rio de Janeiro Botafogo 1–0 0–3
Flamengo Rio de Janeiro 4–4 (gf) São Paulo Santos 2–0 4–2
Grêmio Rio Grande do Sul 7–2 Paraná Atlético Paranaense 4–0 3–2
Palmeiras São Paulo 4–4 (gf) Minas Gerais Cruzeiro 3–3 1–1

Chave S1[editar | editar código-fonte]

Primeiro jogo
29 de junho Atlético Mineiro Minas Gerais 1 – 0 Rio de Janeiro Botafogo Estádio Independência, Belo Horizonte
19:30
Cazares Gol marcado aos 7 minutos de jogo 7' Súmula
Boletim
Público: 19 871
Renda: R$ 533.386,00
Árbitro: ParáPA Dewson Fernando Freitas da Silva
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-MG
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Botafogo

Segundo jogo
26 de julho Botafogo Rio de Janeiro 3 – 0 Minas Gerais Atlético Mineiro Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
19:30
Carli Gol marcado aos 5 minutos de jogo 5'
Roger Gol marcado aos 41 minutos de jogo 41'
Gilson Gol marcado aos 89 minutos de jogo 89'
Súmula
Boletim
Público: 24 276
Público total: 27 266
Renda: R$ 587.790,00
Árbitro: Santa CatarinaSC Sandro Meira Ricci
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Botafogo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-MG

Botafogo venceu por 3–1 no agregado e avançou às semifinais.

Chave S2[editar | editar código-fonte]

Primeiro jogo
28 de junho Flamengo Rio de Janeiro 2 – 0 São Paulo Santos Estádio Luso Brasileiro, Rio de Janeiro
21:45
Éverton Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26'
Cuéllar Gol marcado aos 87 minutos de jogo 87'
Súmula
Boletim
Público: 14 498
Público total: 15 564
Renda: R$ 945.610,00
Árbitro: Minas GeraisMG Ricardo Marques Ribeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Flamengo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Santos

Segundo jogo
26 de julho Santos São Paulo 4 – 2 Rio de Janeiro Flamengo Estádio Vila Belmiro, Santos
21:45
Bruno Henrique Gol marcado aos 33 minutos de jogo 33'
Copete Gol marcado aos 53 minutos de jogo 53', Gol marcado aos 90+3 minutos de jogo 90+3'
Victor Ferraz Gol marcado aos 54 minutos de jogo 54'
Súmula
Boletim
Gol marcado aos 9 minutos de jogo 9' Berrío
Gol marcado aos 46 minutos de jogo 46' Guerrero
Público: 12 507
Renda: R$ 525.080,00
Árbitro: Rio Grande do SulRS Leandro Pedro Vuaden
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Santos
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Flamengo

4–4 no agregado. Flamengo avançou às semifinais pela regra do gol fora de casa.

Chave S3[editar | editar código-fonte]

Primeiro jogo
28 de junho Grêmio Rio Grande do Sul 4 – 0 Paraná Atlético Paranaense Arena do Grêmio, Porto Alegre
19:30
Barrios Gol marcado aos 22 minutos de jogo 22', Gol marcado aos 29 minutos de jogo 29'
Kannemann Gol marcado aos 32 minutos de jogo 32'
Everton Gol marcado aos 86 minutos de jogo 86'
Súmula
Boletim
Público: 25 738
Público total: 28 138
Renda: R$ 706.175,00
Árbitro: São PauloSP Flávio Rodrigues de Souza
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Grêmio
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-PR

Segundo jogo
27 de julho Atlético Paranaense Paraná 2 – 3 Rio Grande do Sul Grêmio Arena da Baixada, Curitiba
21:45
Pablo Gol marcado aos 15 minutos de jogo 15'
Felipe Gedoz Gol marcado aos 90+1 minutos de jogo 90+1'
Súmula
Boletim
Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26', Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79' Pedro Rocha
Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69' Everton
Público: 11 999
Público total: 14 046
Renda: R$ 370.850,00
Árbitro: São PauloSP Raphael Claus
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-PR
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Grêmio

Grêmio venceu por 7–2 no agregado e avançou às semifinais.

Chave S4[editar | editar código-fonte]

Primeiro jogo
28 de junho Palmeiras São Paulo 3 – 3 Minas Gerais Cruzeiro Allianz Parque, São Paulo
21:45
Dudu Gol marcado aos 51 minutos de jogo 51', Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60'
Willian Gol marcado aos 65 minutos de jogo 65'
Súmula
Boletim
Gol marcado aos 6 minutos de jogo 6' Thiago Neves
Gol marcado aos 19 minutos de jogo 19' Robinho
Gol marcado aos 30 minutos de jogo 30' Alisson
Público: 32 067
Renda: R$ 1.996.242,72
Árbitro: BahiaBA Jaílson Macedo Freitas
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Palmeiras
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cruzeiro

Segundo jogo
26 de julho Cruzeiro Minas Gerais 1 – 1 São Paulo Palmeiras Estádio Mineirão, Belo Horizonte
21:45
Diogo Barbosa Gol marcado aos 84 minutos de jogo 84' Súmula
Boletim
Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70' Keno Público: 41 660
Público total: 44 842
Renda: R$ 1.277.729,00
Árbitro: GoiásGO Wilton Pereira Sampaio
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cruzeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Palmeiras

4–4 no agregado. Cruzeiro avançou às semifinais pela regra do gol fora de casa.

Semifinais[editar | editar código-fonte]

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto e em negrito os times classificados.
Time 1   Total   Time 2   1º jogo   2º jogo
Botafogo Rio de Janeiro 0–1 Rio de Janeiro Flamengo 0–0 0–1
Grêmio Rio Grande do Sul 1–1 (2–3 p) Minas Gerais Cruzeiro 1–0 0–1

Chave F1[editar | editar código-fonte]

Primeiro jogo
16 de agosto Botafogo Rio de Janeiro 0 – 0 Rio de Janeiro Flamengo Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
21:45
Súmula
Boletim
Público: 30 885
Público total: 33 067
Renda: R$ 834.025,00
Árbitro: Rio Grande do SulRS Anderson Daronco
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Botafogo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Flamengo

Segundo jogo
23 de agosto Flamengo Rio de Janeiro 1 – 0 Rio de Janeiro Botafogo Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
21:45
Diego Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69' Público: 47 573
Público total: 53 148
Renda: R$ 2.955.550,00
Árbitro: GoiásGO Wilton Pereira Sampaio
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Flamengo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Botafogo

Chave F2[editar | editar código-fonte]

Primeiro jogo
16 de agosto Grêmio Rio Grande do Sul 1 – 0 Minas Gerais Cruzeiro Arena do Grêmio, Porto Alegre
21:45
Barrios Gol marcado aos 45 minutos de jogo 45' Súmula
Boletim
Público: 41 711
Público total: 45 102
Renda: R$ 1.758.042,00
Árbitro: São PauloSP Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Grêmio
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cruzeiro

Segundo jogo
23 de agosto Cruzeiro Minas Gerais 1 – 0 Rio Grande do Sul Grêmio Estádio Mineirão, Belo Horizonte
21:45
Hudson Gol marcado aos 51 minutos de jogo 51' Público: 50 243
Público total: 55 227
Renda: R$ 1.730.781,00
Árbitro: Rio de JaneiroRJ Wagner do Nascimento Magalhães
    Penalidades  
Rafael Sóbis Convertido
Robinho Erro (defesa)
Murilo Erro (defesa)
Raniel Convertido
Thiago Neves Convertido
3 – 2 Convertido Fernandinho
Erro (trave) Edílson
Erro (trave) Everton
Convertido Arthur
Erro (defesa) Luan
 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cruzeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Grêmio

Final[editar | editar código-fonte]

7 de setembro Flamengo Rio de Janeiro 1 – 1 Minas Gerais Cruzeiro Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
21:45
Lucas Paquetá Gol marcado aos 76 minutos de jogo 76' Gol marcado aos 83 minutos de jogo 83' Arrascaeta Público: 56 135
Público total: 66 165
Renda: R$ 7.039.230,00
Árbitro: São PauloSP Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Flamengo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cruzeiro

27 de setembro Cruzeiro Minas Gerais 0 – 0 Rio de Janeiro Flamengo Estádio Mineirão, Belo Horizonte
21:45
Público: 56 467
Público total: 61 017
Renda: R$ 7.897.058,00
Árbitro: São PauloSP Luiz Flávio de Oliveira
    Penalidades  
Henrique Convertido
Léo Convertido
Hudson Convertido
Diogo Barbosa Convertido
Thiago Neves Convertido
5 – 3 Convertido Guerrero
Convertido Juan
Erro (defesa) Diego
Convertido Miguel Trauco
 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cruzeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Flamengo

Referências

  1. a b «Oitavas de final da Copa do Brasil estão definidas». CBF. 20 de abril de 2017. Consultado em 20 de abril de 2017 
  2. «Copa do Brasil: confira a ordem das oitavas». CBF. 20 de abril de 2017. Consultado em 20 de abril de 2017 
  3. «Sorteio das quartas de final da Copa do Brasil será nesta segunda-feira». Zero Hora. 31 de maio de 2017. Consultado em 5 de junho de 2017 
  4. «Quartas de final da Copa do Brasil ficam sem clássicos estaduais em sorteio». GloboEsporte.com. 5 de junho de 2017. Consultado em 5 de junho de 2017