Retângulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Retângulo.

Um retângulo (AO 1945: rectângulo) é um quadrilátero que possui todos os ângulos internos congruentes. Assim percebemos que todo retângulo é também um paralelogramo, cujos ângulos internos são ângulos retos. [1]O quadrado é um caso particular de um retângulo em que todos os lados têm o mesmo comprimento.

A soma dos ângulos internos de um retângulo é 360°.

Definição[editar | editar código-fonte]

Um retângulo é um quadrilátero plano convexo, cujos ângulos são todos congruentes.[1]

Assim, têm-se que todo retângulo é um paralelogramo que possui todos seus ângulos internos medindo .

Por convenção, chama-se de base do retângulo o seu lado de maior comprimento e de altura do retângulo o comprimento de seu menor lado.

Elementos[editar | editar código-fonte]

  • Lados: por ser um tipo especial de paralelogramo, um retângulo possui quatro lados, dois a dois congruentes. Por convenção chama-se de bases do retângulo os lados de maior comprimento e de altura os lados de menor comprimento.
  • Ângulos :por definição, então, os quatro ângulos de todo retângulo medem .
  • Diagonais: todo retângulo possuem duas diagonais, que, além de serem congruentes, se interceptam nos seus respectivos pontos médios.[2]

Fórmulas[editar | editar código-fonte]

Consideremos um retângulo de base e altura . Temos:

  • Comprimento de cada diagonal:

Referências

  1. a b c Dolce, Osvaldo (2013). Fundamentos de Matemática Elementar - Vol. 9 - Geometria Plana. 9° ed. [S.l.: s.n.] 
  2. «Matematica Essencial: Geometria: Elementos». pessoal.sercomtel.com.br. Consultado em 2016-11-22.