Reza a Lenda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Reza a Lenda
 Brasil
2016 •  cor •  87 min 
Direção Homero Olivetto
Produção Kiki Lavigne
Bianca Villar
Fernando Fraiha
Karen Castanho
Homero Olivetto
Coprodução Imagem Filmes
Globo Filmes
Paramount Pictures
Malagueta Filmes
Roteiro Newton Cannito
Homero Olivetto
Patricia Andrade
Elenco Sophie Charlotte
Cauã Reymond
Luisa Arraes
Humberto Martins
Jesuíta Barbosa
ver mais
Gênero Ação
Romance
Distribuição Imagem Filmes
Lançamento 21 de Janeiro de 2016
Idioma Português
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Reza a Lenda é um filme brasileiro dirigido pelo cineasta Homero Olivetto, com a co-produção da Imagem Filmes, da Globo Filmes e da hollywoodiana Paramount Pictures. Foi filmado em 2014 nas cidades de Petrolina, Juazeiro e Sobradinho e também contou com atores locais não apenas como figurantes mas também em papéis de destaque. Tem o preparador de elenco Francisco Accioly. Com previsão de estréia em janeiro de 2016, o longa contou com Sophie Charlotte, Cauã Reymond e Luisa Arraes como protagonistas e Júlio Andrade e Humberto Martins como os antagonistas principais.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em pleno Sertão brasileiro, numa terra sem lei, a sorte favorece apenas os mais fortes e corajosos. Ara (Cauã Reymond), um determinado homem de ação e poucas palavras, é o líder de um bando de motoqueiros armados que acreditam em uma antiga lenda capaz de devolver justiça e liberdade ao povo da região. Quando realizam um ousado roubo, acabam despertando a fúria do cruel e poderoso Tenório (Humberto Martins). Agora, Tenório vai concentrar todas as suas forças em uma perseguição para destruir o bando de Ara e recuperar aquilo que acredita ser seu por direito. Durante a perseguição, o bando resgata a jovem Laura (Luisa Arraes) de um acidente de carro e ela tem que seguir o bando contra a sua vontade, despertando ciúmes em Severina (Sophie Charlotte), companheira de Ara.[2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

[3]

Elenco Original
Ator Papel
Sophie Charlotte Severina[4]
Cauã Reymond Ara
Luisa Arraes Laura
Humberto Martins Coronel Tenório
Silvia Buarque Tereza
Jesuíta Barbosa Pica-Pau[5]
Júlio Andrade Galego Lorde
Jonathan Azevedo Zorro da Zorra
Herbert Vital Cancão
Aluan Smuk Tristão
Nanego Lira Pai Nosso
Zezita de Matos Dona Deinha
Nataly Rocha Cyra
Sophie Charlotte interpretou a protagonista Severina
Cauã Reymond interpretou o protagonista Ara
Luisa Arraes interpretou a protagonista Laura
Jesuíta Barbosa interpretou Pica-pau

Críticas[editar | editar código-fonte]

A primeira crítica do longa foi positiva. O trailer chamou a atenção assim como os filmes norte americanos, com uma fotografia perfeita e cenas que seguram o público. A Imagem Filmes divulgou o cartaz e trailer de Reza a Lenda, que lembra muito o visual de Mad Max: Estrada da Fúria (Mad Max: Fury Road). O filme estreia em 21 de janeiro de 2016 e espera uma ótima bilheteria.[6]O crítico Francisco Russo do site AdoroCinema deu nota 1,5/5 para o filme, ele disse: '' Nos últimos anos até têm surgido algumas iniciativas no cinema de gênero, especialmente suspense e ação, mas quase sempre esbarrando em fórmulas prontas vindas do cinema hollywoodiano, sem a necessária pitada tupiniquim que permita que o espectador não apenas acredite, mas se reconheça na telona. Reza a Lenda, longa-metragem de estreia de Homero Olivetto, é mais um a tentar este caminho - e, também, mais um a fracassar.''[7]

Principais prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Categoria Resultado
2017 Brasil Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Melhor Ator para Cauã Reymond Pendente
Melhor Atriz para Sophie Charlotte Pendente
Melhor Figurino Pendente
Melhor Melhor Direção de Fotografia Pendente
Melhor Maquiagem Pendente
Melhor Efeito Visual Pendente
Melhor Som Pendente

Referências

  1. «Filme Língua Seca leva motociclismo para o cinema». Revista Mundo Novo. 13 de maio de 2013. Consultado em 9 de junho de 2013 
  2. «Ficha técnica de Língua Seca». Adoro Cinema. Consultado em 9 de junho de 2013 
  3. «Filme Língua Seca leva motociclismo para o cinema». Revista Mundo Novo. 13 de maio de 2013. Consultado em 9 de junho de 2013 
  4. «"Reza a Lenda" - Filme». 17 de maio de 2014 
  5. Vírgula Uol. 10 de março de 2013 http://www.purepeople.com.br/noticia/jesuita-barbosa-fica-loiro-para-atuar-no-filme-lingua-seca-com-caua-reymond_a25797/1#lt_source=external,manual. Consultado em 24 de setembro de 2014  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  6. «Reza a Lenda espera uma grande estreia». CinePop. 9 de setembro de 2015  |coautores= requer |autor= (ajuda)
  7. «Reza a Lenda». Adoro Cinema. Consultado em 10 de janeiro de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.