Saltar para o conteúdo

Rhapsody in Blue (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Rhapsody in Blue
Rhapsody in Blue (filme)
Robert Alda em cena do trailer do filme
 Estados Unidos
1945 •  p&b •  135 min 
Gênero drama biográfico-musical
Direção Irving Rapper
Produção Jesse L. Lasky
Produção executiva Hal B. Wallis
Roteiro
Elenco
  • Robert Alda
  • Joan Leslie
  • Alexis Smith
Diretor de fotografia
Direção de arte Anton Grot
John Hughes
Efeitos especiais Roy Davidson
Willard Van Enger
Figurino Milo Anderson
Edição Folmar Blangsted
Companhia(s) produtora(s) Warner Bros.
Distribuição Warner Bros.
Lançamento Estados Unidos 22 de setembro de 1945
Portugal 17 de dezembro de 1946
Idioma inglês

Rhapsody in Blue é um filme norte-americano de 1945, do gênero drama biográfico-musical, dirigido por Irving Rapper e estrelado por Robert Alda e Joan Leslie.

Notas sobre a produção

[editar | editar código-fonte]
Joan Leslie no trailer do filme
Alexis Smith no trailer do filme
Charles Coburn no trailer do filme
Oscar Levant no trailer do filme

O filme é a cinebiografia do compositor norte-americano George Gershwin, criticada pela falta de fidelidade aos fatos, como o personagem de Joan Leslie, inteiramente inventado pelos roteiristas. Porém, recebe elogios pela precisão com que capta o entusiasmo do artista pela sua obra, pela presença de Oscar Levant (que faz o papel de si mesmo) e, naturalmente, pela música.[1][2][3]

A composição que dá título ao filme é apresentada praticamente na íntegra. Entre as outras canções, citam-se Summertime, An American in Paris, Embraceable You, I Got Rhythm e 'S Wonderful, várias delas com letras do irmão Ira Gershwin.

O compositor é interpretado por Robert Alda, em sua estreia no cinema; o filme permaneceu como seu trabalho mais importante nas telas.[4] O diretor Irving Ripper queria Tyrone Power para o papel, mas o ator ainda estava servindo na Marinha.[2]

Ascensão de George Gershwin, de uma editora musical em Manhattan aos píncaros da fama internacional. O excesso de trabalho cobra seu preço e Gershwin falece aos trinta e nove anos, de hemorragia cerebral, em 1937.

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar 1946 Melhor som
Melhor trilha sonora original (musicais)
Indicado[carece de fontes?]
Indicado[carece de fontes?]
Festival de Cannes Grande Prêmio Maior Originalidade ou Pesquisa Indicado[carece de fontes?]
Ator/Atriz Personagem
Robert Alda George Gershwin
Joan Leslie Julie Adams
Alexis Smith Christine Gilbert
Charles Coburn Max Dreyfus
Julie Bishop Lee Gershwin
Albert Bassermann Professor Frank
Morris Carnovsky Morris Gershwin
Rosemary DeCamp Rose Gershwin
Herbert Rudley Ira Gershwin
Eddie Marr Buddy de Sylva
Oscar Loraine Maurice Ravel
Ernest Golm Otto Kahn
Martin Noble Jascha Heifetz
Hugo Kirchhoffer Walter Damrosch
Al Jolson Al Jolson
Oscar Levant Oscar Levant
Paul Whiteman Paul Whiteman
George White George White
Hazel Scott Hazel Scott
Anne Brown Anne Brown
Tom Patricola Tom Patricola

Referências

  1. Hirschhorn, Clive (1986). The Warner Bros. Story (em inglês). Londres: Octopus Books. ISBN 9780706427578 
  2. a b Erickson, Hal. «Rhapsody in Blue» (em inglês). AllMovie. Consultado em 20 de julho de 2017 
  3. Maltin, Leonard (2010). Classic Movie Guide, segunda edição (em inglês). Nova Iorque: Plume. ISBN 9780452295773 
  4. Katz, Ephraim (2008). The Film Encyclopedia (em inglês). Nova Iorque: HarperCollins. ISBN 9780061432859 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.