Rhodolfo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rhodolfo
Rhodolfo
Rhodolfo atuando pelo Beşiktaş
Informações pessoais
Nome completo Luiz Rhodolfo Dini Gaioto
Data de nasc. 11 de agosto de 1986 (30 anos)
Local de nasc. Bandeirantes, (PR), Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1,93 m
Destro
Apelido Tropeço, Frankenstein
Informações profissionais
Clube atual Turquia Beşiktaş
Número 44
Posição Zagueiro
Clubes de juventude
2000–2000
2000–2002
2002–2006
Brasil Matsubara
Brasil União Bandeirante
Brasil Atlético Paranaense
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2006–2010
2011–2013
2013–2015
2015–
Brasil Atlético Paranaense
Brasil São Paulo
Brasil Grêmio
Turquia Beşiktaş
0157 000(15)
0137 000(11)
0106 0000(3)
0037 0000(2)
Seleção nacional
2011–2012 Brasil Brasil 0000 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 5 de novembro de 2016.

Luiz Rhodolfo Dini Gaioto, mais conhecido como Rhodolfo (Bandeirantes, 11 de agosto de 1986), é um futebolista brasileiro que atua como zagueiro. Atualmente joga no Beşiktaş.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Categorias de base

Antes de chegar ao Atlético Paranaense, Rhodolfo passou pelo Matsubara e o União Bandeirante na juventude. Sendo destaque no seu time de formação, chamou a atenção dos dirigentes do Furacão. Na base do Atlético Paranaense a partir de 2000, conquistou muitos títulos, dentre eles o Campeonato Metropolitano Juvenil de 2003, Taça Governador do Estado de Santa Catarina de 2003, Dallas Cup Sub-19 de 2005, Campeonato Paranaense Júnior de 2004 e 2005, e também a Copa Saprissa da Costa Rica de 2006. Ano após ano foi se firmando no time principal, e em 2006 conseguiu sua chance na equipe principal.

Atlético Paranaense

Logo que subiu para os profissionais já assumiu como titular da zaga rubro-negra. Em fevereiro de 2011, após 4 temporadas onde se destacou com excelentes atuações, o atleta trocou a capital paranaense, pela cidade de São Paulo.

São Paulo

Rhodolfo acertou por R$ 2,3 milhões com o São Paulo, após ser indicado pelo técnico Carpegiani, com quem trabalhara no Atlético-PR.[1] Marcou seu primeiro gol pelo Soberano logo na sua partida de estreia - a vitória por 3x2 sobre a Portuguesa, em 13 de fevereiro de 2011. A partir daí, com personalidade, passou a integrar equipe titular incondicionalmente, sendo o principal zagueiro da equipe e um dos destaques do São Paulo na temporada. Durante o meio da temporada de 2011, Rhodolfo chegou a receber um proposta da Juventus de Turim, que foi recusada pelo próprio jogador, logo após isso caiu de rendimento. No ano de 2012, sua segunda temporada pelo clube, começou marcando vários gols pelo Paulistão e ao fim do campeonato recebeu o prêmio de melhor zagueiro da competição. No dia 25 de Agosto renovou seu contrato até 2016. Em uma partida válida pelo Campeonato Brasileiro de Futebol de 2012 Rhodolfo completou 100 jogos com a camisa do São Paulo, naquele mesmo jogo a equipe paulista saiu derrotada por 1x0 pelo Bahia. Em 2013, com a chegada de Lúcio facilitariam a saída de Rhodolfo para a Europa, mais precisamente à Juventus, porém a negociação foi negada pela diretoria. Para o vice-presidente de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, "Rhodolfo é um jogador importante para o grupo, contamos com ele para a temporada."[2] Tanto que Rhodolfo começou o ano de titular, desbancado Rafael Tolói, ao lado de Lúcio.

Grêmio

Sem espaço no São Paulo, Rhodolfo foi emprestado ao Grêmio, até junho de 2014.[3] Rhodolfo chegou ao tricolor gaúcho por meio de indicação do técnico Renato Gaúcho naquela época técnico da equipe. Estreou no primeiro Grenal da Arena do Grêmio pelo primeiro turno do Brasileirão 2013 num sistema de 3 zagueiros colocado por Portaluppi, sendo Rhodolfo o líbero e tendo boa atuação ao lado de Werley e Bressan. Se firmou como um dos destaques da equipe naquele Brasileirão sendo um dos melhores zagueiros do campeonato. No início de 2014 após muita negociação, Rhodolfo foi envolvido em uma troca com o volante Souza para que o zagueiro pudesse continuar no Tricolor Gaúcho já sob o comando de Enderson Moreira, no final ficou acertado que Souza ficaria no São Paulo por empréstimo até 31 de dezembro de 2014 assim como Rhodolfo ficaria no Tricolor Gaúcho com passe fixado para os dois clubes. Além de ser um dos melhores defensores do Campeonato Gaúcho, Rhodolfo se destacou na Libertadores 2014, inclusive marcando o gol que salva o Grêmio da derrota em Rosário na Argentina para o Newell's pela primeira fase da Libertadores. No dia 12 de setembro de 2014, foi oficializado sua troca em definitivo, Rhodolfo ficará no Grêmio e Souza no São Paulo.[4]

Beşiktaş

No dia 18/07/2015, o zagueiro despediu-se da equipe do Grêmio em uma partida válida pela 14ªrodada do Campeonato Brasileiro, onde a equipe gaúcha foi derrotada pelo Flamengo pelo placar de 1 x 0 no Estádio do Maracanã. O jogador foi contratado pela equipe turca pelo valor estimado de R$ 10 milhões (3 milhões de euros).[5]

Seleção Brasileira

Foi convocado por Mano Menezes para a Seleção Brasileira nos amistosos contra a Argentina válido pelo Superclássico das Américas em 2011 e 2012, mas não atuou em nenhuma das partidas.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Atlético Paranaense
São Paulo
Besiktas
Seleção Brasileira
Títulos Individuais

Referências

  1. «Rhodolfo acerta com o São Paulo». www.globoesporte.globo.com. 27 de janeiro de 2011 
  2. «Diretoria são-paulina descarta negociar o zagueiro Rhodolfo». www.globoesporte.globo.com. 4 de janeiro de 2013 
  3. «Zagueiro Rhodolfo reforça o elenco gremista». www.gremio.net. 22 de junho de 2013 
  4. «Grêmio acerta troca em definitivo entre Rhodolfo e Souza com o São Paulo». www.wp.clicrbs.com.br. 9 de dezembro de 2014 
  5. «Grêmio oficializa venda de Rhodolfo e vê negócio "adiantado" por reposição». Consultado em 3 de agosto de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.