Ri Chun-hee

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Ri Chun-hee (nascida em 8 de julho de 1943)  foi âncora para radiodifusão norte-coreana Agência Central de Notícias da Coreia (ACNA) , até se aposentar. Ela é conhecida por sua característica emocional . Ri fez o anúncio oficial da morte de Kim Il-sung, em 1994 e da morte de Kim Jong-il, em 2011.[1] Em um relatório de notícia em 24 de janeiro de 2012, Ri anunciou sua aposentadoria como âncora da ACNA. Apesar disso, ela continuava a anunciar na TV estatal norte-coreana, sempre com um tom de voz triunfal, as realizações do regime de Pyongyang, em especial os testes nucleares.[2]

Em 2018 foi definitivamente afastada de suas funções, como parte do processo de modernização da televisão estatal norte-coreana.[3]

Início de vida[editar | editar código-fonte]

Ri nasceu em 1943 em uma família pobre em Tongchon, Gangwon, Coreia.

Referências