Ribaltas e Gambiarras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ribaltas e gambiarras
Formato (31 cm)
Sede Lisboa,  Portugal
Fundação 1881
Director Henrique Zeferino de

Albuquerque

Idioma Português europeu

Ribaltas e gambiarras foi uma revista dedicada ao teatro e à literatura, publicada de janeiro a outubro de 1881. Como mentor desta revista destaca o nome de Henrique Zeferino de Albuquerque coadjuvado na redação por Guiomar Torresão. Começou por ser exclusivamente textual, passando a conter gravuras de ”homens ilustres de Portugal e Brasil” a partir do númeo 37. Na sua grelha de rubricas salienta-se a “crónica alegre”, “através do binóculo”, “rumores dos palcos”, “bibliografia”, “a carteira de Proudhon”, “carteira de um fantasista” nas quais assina um conjunto de colaboradores sonantes, a saber: Guilherme de Azevedo, António de Macedo Papança, Marcelino Mesquita, Ernesto Rebelo, Cândido de Figueiredo, Amélia Janny, Luís Gonçalves de Freitas, João de Deus, Guerra Junqueiro, Fialho de Almeida, Alexandre da Conceição, Camilo Castelo Branco, Júlio de Matos, Silva Pinto, Visconde de Benalcanfor, Júlio César Machado, Sousa Bastos, Gervásio Lobato e Gomes Leal. [1]

Referências

  1. Pedro Mesquita (26 de março de 2013). «Ficha histórica: Ribaltas e gambiarras (1881)» (PDF). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 19 de junho de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Lista de publicações disponíveis na Hemeroteca Municipal de Lisboa em formato digital

Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação ou jornalismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.