Ribeirão Vermelho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ribeirão Vermelho
  Município do Brasil  
Hino
Gentílico ribeirense
Localização
Localização de Ribeirão Vermelho em Minas Gerais
Localização de Ribeirão Vermelho em Minas Gerais
Ribeirão Vermelho está localizado em: Brasil
Ribeirão Vermelho
Localização de Ribeirão Vermelho no Brasil
Mapa de Ribeirão Vermelho
Coordenadas 21° 11' 27" S 45° 03' 43" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes Lavras, Perdões
Distância até a capital 270 km
História
Fundação 27 de dezembro de 1948 (70 anos)
Aniversário 26 de novembro
Administração
Prefeito(a) Ana Rosa Mendonça Lasmar[1] (PSD, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 40,210 km²
População total (Censo IBGE/2010[3]) 3 826 hab.
Densidade 95,15 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [4]) 0,783 alto
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 35 620,789 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 9 105,52

Ribeirão Vermelho é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Localizado na Mesorregião do Campo das Vertentes e na Microrregião de Lavras.

História[editar | editar código-fonte]

É um dos menores municípios do Estado, com apenas 39 km² de território. A sede tem boa estrutura urbana, a região é montanhosa e o Rio Grande é sua principal bacia hidrográfica. O crescimento, tanto populacional quanto econômico, está ligado à implantação da ferrovia na região, pois a Estrada de Ferro Oeste de Minas ali construiu pontes, facilitou e incrementou o comércio e propiciou oportunidades de emprego. A areia é seu principal produto mineral, e a agricultura tem por base o café e o milho. O Centro Literário apóia as iniciativas culturais. O povoado nasceu em 1886, na margem oposta à foz do ribeirão Vermelho com o rio Grande, em terras de Ana Custódia do Nascimento. Ali aportou o negociante Antônio Lúcio, que ajudou a inaugurar o povoado com a denominação de Porto Alegre. Em 1888, com a construção da estação de ferro Ribeirão Vermelho, o povoado passa a ser conhecido pelo nome atual. Em 1901, cria-se o distrito, elevado à categoria de município em 1948, desmembrando-se de Lavras. Fonte: Secretaria da Cultura em 1 de outubro de 1999

Turismo[editar | editar código-fonte]

Interior da Rotunda de Ribeirão Vermelho.jpg

O município possui um acervo ferroviário muito grande que encontra-se em restauração, talvez um dos maiores do país. É junto à estação de Ribeirão Vermelho que se encontra a maior rotunda da América Latina.

Interior da Rotunda de Ribeirão Vermelho.jpg
Ruínas estação ferroviaria.jpg

Referências

  1. «Eleições 2016». Consultado em 4 de janeiro de 2017 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
Lago de Furnas
Aguanil | Alfenas | Alpinópolis | Alterosa | Areado | Boa Esperança | Cabo Verde | Camacho | Campo Belo | Campo do Meio | Campos Gerais | Cana Verde | Candeias | Capitólio | Carmo do Rio Claro | Coqueiral | Cristais | Divisa Nova | Elói Mendes | Fama | Formiga | Guapé | Ilicínea | Itapecerica | Lavras | Nepomuceno | Paraguaçu | Perdões | Pimenta | Ribeirão Vermelho | São João Batista do Glória | São José da Barra | Três Pontas | Varginha
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.