Ribeira (São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Fevereiro de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Município de Ribeira
"Capital da Amizade"
Véu de noiva, Cachoeira do Parque Petar

Véu de noiva, Cachoeira do Parque Petar
Bandeira indisponível
Brasão de Ribeira
Bandeira indisponível Brasão
Hino
Aniversário 20 de outubro
Fundação 20 de outubro de 1910 (107 anos)
Gentílico ribeirense
Prefeito(a) Jonas Dias Batista (PSDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Ribeira
Localização de Ribeira em São Paulo
Ribeira está localizado em: Brasil
Ribeira
Localização de Ribeira no Brasil
24° 39' 25" S 49° 00' 32" O24° 39' 25" S 49° 00' 32" O
Unidade federativa São Paulo
Região
intermediária

Sorocaba IBGE/2017 [1]

Região
imediata

Itapeva IBGE/2017

Municípios limítrofes Itapirapuã Paulista, Adrianópolis (PR), Barra do Chapéu, Apiaí, Itaóca
Distância até a capital 354 km
Características geográficas
Área 335,029 km² [2]
População 3 358 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 10,02 hab./km²
Altitude 167 m
Clima Subtropical Úmido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,678 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 19 786,859 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 5 583,20 IBGE/2008[5]

Ribeira é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se na região do Vale do Ribeira a uma latitude 24º39'25" sul e a uma longitude 49º00'32" oeste, estando a uma altitude de 167 metros. Sua população estimada em 2010 era de 3.358[3] habitantes. Possui uma área de 335,77 km².

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2000

População total: 3.507

  • Urbana: 1.006
  • Rural: 2.501
  • Homens: 1.840
  • Mulheres: 1.667

Densidade demográfica (hab./km²): 10,47

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 28,96

Expectativa de vida (anos): 65,41

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 3,53

Taxa de alfabetização: 80,51%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,678

  • IDH-M Renda: 0,581
  • IDH-M Longevidade: 0,673
  • IDH-M Educação: 0,780

(Fonte: IPEADATA)

Programa Acessa São Paulo[editar | editar código-fonte]

Telecomunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade era atendida pela Companhia de Telecomunicações do Estado de São Paulo (COTESP), que construiu em 1974 a central telefônica que é utilizada até os dias atuais. Em 1975 passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP), até que em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica. Em 2012 a empresa adotou a marca Vivo para suas operações de telefonia fixa[6][7][8][9].

Turismo[editar | editar código-fonte]

A cidade possui atrativos locais, como:

  • Ribeira de Iguape
  • Cachoeira do Tororão.
  • Cachoeira dos Ricardos
  • Cachoeira da Usina ORSA.
  • Ilha da Saudade
  • Caverna do queijo suíço
  • Toca de Barro
  • Serra de Paranapiacaba

Referências

  1. «O recorte das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias de 2017» (PDF). Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2017. p. 20–34. Consultado em 10 de agosto de 2017. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  3. a b «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 
  6. «Telesp vai servir mais 86 cidades do estado». Acervo Folha de São Paulo 
  7. «Patrimônio da COTESP incorporado pela TELESP» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo 
  8. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  9. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]