Ribeira Seca (Calheta)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a freguesia. Para outros significados, veja Ribeira Seca (curso de água da Calheta) ou Ribeira Seca.
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
 Portugal Ribeira Seca  
—  Freguesia  —
Ribeira Seca, paisagem
Ribeira Seca, paisagem
Brasão de armas de Ribeira Seca
Brasão de armas
Localização no concelho de Calheta (Açores)
Localização no concelho de Calheta (Açores)
Ribeira Seca está localizado em: Açores
Ribeira Seca
Localização de Ribeira Seca nos Açores
Coordenadas 38° 36' 8" N 28° 0' 18" O
País  Portugal
Região Flag of the Azores.svg Açores
Concelho CHT.png Calheta
Administração
 - Tipo Junta de freguesia
 - Presidente Durvalino Rosa Azevedo (G.C.E.)
Área
 - Total 53,18 km²
População (2011)
 - Total 1 025
    • Densidade 19,3 hab./km²
Gentílico: ribeira-sequense
Orago São Tiago Maior

Ribeira Seca é uma freguesia açoriana do concelho da Calheta, ilha de São Jorge, com 53,18 km² de área e 1 025 habitantes (2011). A sua densidade populacional é 19,3 hab/km².

Esta freguesia é uma das maiores freguesias da ilha de São Jorge, atravessando a ilha na direcção de Sul a Norte. Tem algumas das mais exóticas fajãs de São Jorge: as Fajã dos Vimes, a Fajã dos Bodes, a Fajã de Além, a Fajã da Fragueira, a Fajã dos Cubres, a Fajã da Caldeira de Santo Cristo, a Fajã Redonda, a Fajã do Sanguinhal, além dos povoados do Portal e do Loural.

A Ribeira Seca é uma freguesia maioritariamente dedicada a agricultura. Tem na agro-pecuária e nas suas pastagens a sua maior riqueza. A indústria dos lacticínios encontra-se englobada na Cooperativa Agrícola e Lacticínios dos Lourais que produz queijos de São Jorge com denominação de origem protegida.

O nome desta localidade provém do facto de ser atravessada por uma ribeira que durante séculos foi utilizada para fazer trabalhar azenhas que transformavam em farinha o milho e o trigo usado na alimentação dos povos

No entanto e dado a irregularidade do seu caudal houve a necessidade de se proceder à construção de diversos moinhos de vento de que alguns exemplares, muitos em ruínas ainda se encontram dispersos pela paisagem.

Tem esta localidade como patrono San Tiago Maior, que se encontra numa Igreja de frontaria bastante característica, a Igreja de São Tiago Maior.

Dado a dimensão da freguesia e a ter várias dependências possui além da igreja central várias outras como é o caso da Capela de São Sebastião, a Igreja da Senhora da Boa Viagem, Ermida de Nossa Senhora do Livramento, Ermida de Nossa Senhora de Lourdes, Igreja do Senhor Santo Cristo, e a Ermida de Nossa Senhora dos Milagres, tratando-se esta de uma capela privativa anexa ao Solar dos Noronhas, onde, para além da cantaria, poderá apreciar o conjunto de dragoeiros e eira grande, bem como o cedro fino de grande porte.

Nesta freguesia e para além do Solar dos Noronhas, existem outros edifícios únicos que se destacam pelos estilos arquitectónicos que encerram. São exemplos desses estilos o Solar de Gaspar Silva que se trata do tipo colonial francês, dado que Gaspar Silva foi imigrante no Havai e ao regressar aos Açores, voltou detentor de uma apreciável fortuna na altura avaliada em mais de cem contos em prata pura. Essa fortuna permitiu-lhe construir a casa ao estilo colonial francês que sempre admirara.

A Ribeira Seca é a terra natal da família Lacerda da qual descende o maestro Francisco Inácio da Silveira de Sousa Pereira Forjaz de Lacerda, e é também a terra de outras figuras que de uma forma ou de outro muito contribuíram para a história da ilha de são Jorge, entre eles destacam-se: a família Pereira da Cunha, D. Maria Machado, António Ramiro ou Arlindo Cabral.

É também nesta localidade que se encontra a filarmónica a Sociedade União Popular de Instrução e Recreio , fundada em 1854.

Esta freguesia tem ainda uma Casa de Povo, uma escola pré-primária, uma escola primária e o centro Social de São José.

População[editar | editar código-fonte]

Evolução da População  1864 / 2011
População da freguesia da Ribeira Seca [1]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
3 269 3 223 3 087 2 835 2 499 2 360 2 328 2 595 2 627 2 425 1 861 1 150 1 174 1 105 1 025

No censo de 1864 figura com a designação de Santiago

Grupos Etários 2011
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 173 170 569 193 15,7% 15,4% 51,5% 17,5%
2011 152 98 569 206 14,8% 9,6% 55,5% 20,1%

Média do País no censo de 2001: 0/14 Anos-16,0%; 15/24 Anos-14,3%; 25/64 Anos-53,4%; 65 e mais Anos-16,4%

Média do País no censo de 2011: 0/14 Anos-14,9%; 15/24 Anos-10,9%; 25/64 Anos-55,2%; 65 e mais Anos-19,0%

Montanha do Pico vista dos Lourais
Ribeira Seca vista do ar

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]


  1. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes