Ricardo Kotscho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ricardo Kotscho
Ricardo Kotscho, 2004.
Nascimento 16 de março de 1948 (70 anos)
São Paulo,  Brasil
Prémios Prêmio Esso de Jornalismo
Género literário Jornalismo

Ricardo Kotscho (São Paulo, 16 de março de 1948) é um jornalista brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

É casado e pai de duas filhas, sendo uma delas, Mariana Kotscho, também jornalista.

Iniciou a carreira no jornalismo aos 16 anos no jornal Folha Santamarense. Depois, passou pelas redações dos jornais O Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo, Jornal do Brasil, das revistas Isto É, Época e, na televisão, pela TV Globo, CNT, SBT e Rede Bandeirantes. Foi comentarista do Jornal da Record News e hoje é repórter especial da Revista Brasileiros.

Durante o governo Figueiredo, no início da década de 1980, quando era correspondente do Jornal do Brasil na Alemanha Ocidental, foi condenado pelo II Tribunal de Alçada do Rio de Janeiro a um ano e quatro meses de prisão, com sursis, por ter publicado uma entrevista na qual um juiz era apontado como o amigo influente do pai de um traficante de drogas. Kotscho comprovou que a citação era baseada em declaração original do entrevistado ao jornal suíço Neue Zürcher Zeitung. Ainda assim foi condenado, em ação proposta por aquele magistrado.[1]

Ameaçado e pressionado, Kotscho viu-se impelido a virar correspondente na Alemanha, entre 1977 e 1978. De 2003 a 2004, durante o governo Lula, foi Secretário de Imprensa e Divulgação da Presidência da República.[2]

Recebeu por quatro vezes o Prêmio Esso de Jornalismo — o mais importante da categoria, no Brasil — e é autor de vários livros.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • O Massacre dos Posseiros (Brasiliense)
  • A prática da reportagem (Ática);
  • Serra Pelada: uma ferida aberta na selva (Brasiliense)
  • Explode um novo Brasil — Diário da campanha das Diretas (Brasiliense);
  • Do golpe ao Planalto: uma vida de repórter (Companhia das Letras).

Referências

  1. Bahia, Juarez. Mauad X, ed. Jornal, História e Técnica: História da Imprensa Brasileira. 2009 5ª ed. Rio de Janeiro: [s.n.] p. 363. ISBN 978-85-7478-304-8 
  2. Saiba mais sobre Ricardo Kotscho, secretário de imprensa de Lula. Folha de S.Paulo, 30 de dezembro de 2002.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.