Riccardo Morandi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Riccardo Morandi
Nascimento 1 de setembro de 1902
Roma
Morte 25 de dezembro de 1989 (87 anos)
Roma
Cidadania Itália, Reino de Itália
Ocupação engenheiro civil
Prêmios honoris causa
Empregador Universidade de Florença
Magnum opus Ponte Morandi, Ponte General Rafael Urdaneta

Riccardo Morandi (Roma, 1 de setembro de 1902 – Roma, 25 de dezembro de 1989) foi um engenheiro civil italiano, conhecido pelo seu uso interessante do concreto armado. Dentre suas obras mais conhecidas está a Ponte General Rafael Urdaneta.

Uma de suas obras, a Ponte Morandi em Gênova, colapsou em 14 de agosto de 2018, matando diversas pessoas.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ponte Wadi el Kuf, Líbia

Seguindo a graduação em 1927, Morandi obteve experiência na Calábria trabalhando com concreto armado em áreas atingidas por terremoto. Ao retornar para Roma para abrir seu próprio escritório, continuou com suas explorações técnicas do concreto armado e protendido no projeto de uma série de novos cinemas e pontes. Seus diversos trabalhos posteriores incluem o Aeroporto Internacional de Roma em 1970 e uma ponte em Barranquilla, Colômbia, em 1972.

Morandi foi apontado professor de projeto de pontes na Universidade de Florença e na Universidade de Roma "La Sapienza".

Dentre suas obras constam:

Referências

  1. Giuffrida, Angela (14 de agosto de 2018). «Genoa bridge collapse: at least 23 killed, Italian official says». The Guardian (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2018 
  2. a b Virlogeux

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Fernández Troyano, Leonardo (2003). Bridge Engineering: A Global Perspective. [S.l.]: Thomas Telford Publishing 
  • Virlogeux, Michel. «Bridges with Multiple Cable Stayed Spans». Structural Engineering International (1/2001) 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]