Richard Morris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Richard G. Morris)
Ir para: navegação, pesquisa
Richard Morris
Neurociência
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Nascimento 27 de junho de 1948 (68 anos)
Atividade
Campo(s) Neurociência
Prêmio(s) Prêmio Neuroplasticidade (2013), Prêmio Brain (2016)

Richard Graham Michael Morris (27 de junho de 1948) é um neurocientista britânico.

É conhecido por desenvolver o "Labirinto de Morris" (em inglês: Morris water navigation task),[1] um dos testes mais utilizados atualmente sobre a aprendizagem dos roedores, e por seu trabalho sobre a função do hipocampo.[2] É atualmente o diretor do Centro de Sistemas Cognitivos e Neurais (Edimburgo)[3] e Professor Wolfson de Neurociência da Universidade de Edimburgo.[4] Desde 1997, ele tem sido um Fellow da Royal Society.[5]

Recebeu o Prêmio Brain de 2016, juntamente com Timothy Bliss e Graham Collingridge.[6]

Referências

  1. Morris, R.G.M. (1981). «Spatial localization does not require the presence of local cues». Learning and Motivation [S.l.: s.n.] 2 (2): 239–260. doi:10.1016/0023-9690(81)90020-5. Consultado em 2012-11-09. 
  2. Morris, R (2007). Andersen, J; Morris, R; Amaral, D; Bliss, T; O'Keefe, : . The Hippocampus Book (Oxford, United Kingdom: Oxford University Press). pp. xx+832. ISBN 978-0-19-510027-3. OCLC 64444087.  |editor1-first= e |editor-first= redundantes (Ajuda); |editor1-link= e |editor-link= redundantes (Ajuda)
  3. «People/Administration». Centre for Cognitive and Neural Systems. Consultado em 2012-11-09. 
  4. «People/Academic Staff - Prof. Richard Morris, CBE, FRS». Centre for Cognitive and Neural Systems. Consultado em 2012-11-09. 
  5. «Fellows of the Royal Society». Royal Society. Consultado em 2012-11-09. 
  6. «The Brain Prize Winners 2016» (em inglês). 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]