Richard Thorpe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Richard Thorpe
Nome completo Rollo Smolt Thorpe
Outros nomes Frank L. Inghram
Frank Inghram
Nascimento 24 de fevereiro de 1896
Hutchinson, Kansas, EUA
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Morte 1 de maio de 1991
Palm Springs, Califórnia, EUA
Cônjuge Belva McKay (? - ?)[1]
Outros prêmios
Estrela na Calçada da Fama [2]
IMDb: (inglês)

Richard Thorpe (24 de fevereiro de 18961 de maio de 1991) foi um cineasta e roteirista estadunidense mais conhecido pela sua longa carreira na Metro-Goldwyn-Mayer.[3] Iniciou seu trabalho na era do cinema mudo, fazendo adequadamente a transição para a era sonora.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido Rollo Smolt Thorpe em Hutchinson, Kansas, iniciou sua carreira trabalhando no vaudeville e no palco.[1] Em 1921 iniciou no meio cinematográfico como ator, no filme Burn 'Em Up Barnes[4] passando depois à direção, dirigindo seu primeiro filme em 1923. Foi um diretor bastante versátil, e dirigiu por volta de 180 filmes, sendo mais de 70 deles westerns da era muda.

Um diretor com grande ligação com a MGM, o primeiro filme que dirigiu para a MGM foi Last of the Pagans, em 1935, estrelando Ray Mala.[5] Seus dois filmes favoritos na direção eram Night Must Fall (1937) e Two Girls and a Sailor (1944).[6] Foi também roteirista de 27 filmes, entre 1925 e 1931, na maioria deles creditado como Frank L. Inghram.[1]

Após dirigir The Last Challenge, em 1967, aposentou-se da indústria cinematográfica. Morreu em Palm Springs, Califórnia em 1 de maio de 1991.[7] Foi cremado e suas cinzas foram espargidas sobre o Oceano Pacífico.

Família[editar | editar código-fonte]

É pai do também cineasta Jerry Thorpe[8]

Wizard of Oz[editar | editar código-fonte]

Thorpe também se tornou conhecido por ter sido o diretor original de The Wizard of Oz. Ele foi demitido depois de duas semanas de filmagem, porque foi considerado que suas cenas não tinham o ar de fantasia necessária ao filme. Thorpe notoriamente deu à Judy Garland uma peruca loira e maquiagem de boneca, o que a fez parecer uma garota no fim da adolescência ao invés de uma inocente menina de treze anos de uma fazenda do Kansas. Tanto a maquiagem quanto a peruca foram descartados por sugestão de George Cukor, que foi trazido para dirigir o filme temporariamente.

Homenagem[editar | editar código-fonte]

Por sua contribuição para a indústria cinematográfica, Thorpe tem uma mestrela na Calçada da Fama, no 6101 Hollywood Blvd. Em 2003 um Golden Palm Star da Palm Springs Walk of Stars, em Palm Springs, Califórnia foi dedicado a ele e seu filho, Jerry Thorpe.[9]

Filmografia parcial[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]