Rio Preto (Bahia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura outros significados de rio Preto, veja rio Preto (desambiguação).
Rio Preto
Rio Preto, Santa Rita de Cássia.jpg

Vista parcial do rio Preto

Localização
País
Coordenadas
Dimensões
Comprimento
450 km
Hidrografia
Tipo
Bacia hidrográfica
Área da bacia
22.630 km²
Afluente
principal
Foz

O rio Preto é um curso de água do estado da Bahia, Brasil. É o maior afluente do rio Grande, localiza-se no oeste do estado e faz parte da bacia hidrográfica do rio São Francisco. O rio recebe esse nome devido à suas águas cristalinas e profundas, que fazem a coloração de sua superfície ficar escura, quando observado de longe.

O rio Preto nasce nas fraldas do Espigão Mestre, e corre na direção oeste-leste, totalizando um percurso de 450 quilômetros. É navegável em 364 km de curso, tem profundidade média de 30 metros e largura máxima de 80 metros. Desagua no rio Grande, próximo à serra do Boqueirão, no município de Mansidão.

A bacia de drenagem do rio Preto tem uma área de 22.630 km², correspondente a 4,33% da superfície total da Bahia, ocupando assim quase toda a parte setentrional da bacia do rio Grande.

O curso do rio Preto é alimentado pelos deflúvios das cabeceiras ocidentais úmidas, recebendo como afluentes os rios Sapão, do Ouro e Pajeú, além dos riachos Timbó e Cana Brava.

O rio Preto atravessa os municípios baianos de Formosa do Rio Preto, Santa Rita de Cássia e Mansidão, além dos povoados de São Marcelo, Peixe, Formigueiro e Pontal.

Típica lagoa temporária formada pelo acúmulo de água das chuvas em regiões de terreno rebaixado da área rural de Santa Rita de Cássia.

Ao longo de toda a bacia do rio Preto, é comum o surgimento de lagoas temporárias durante a estação das chuvas em regiões de terreno rebaixado.

Trinta e oito ilhas pontilham o rio Preto, todas com vegetação composta de ingazeiros, pés-de-murici e principalmente cajueiros.

Quanto às quedas d'água, existem a do Rio Preto, com altura de aproximadamente 5 metros; a do Rio do Ouro, no lugar Queda D'água, município de Formosa do Rio Preto, com 2 m de altura; e a Cachoeira do Rio Riachão, com altura de aproximadamente 2 m, situada também no município de Formosa do Rio Preto. Nenhuma delas, porém, é aproveitada para a produção de energia elétrica.