Rio Rauí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Rio Ravi)
Ir para: navegação, pesquisa
Rauí
Ponte de barcas no Rauí, em 1895
Comprimento 720 km
Foz Rio Indo
País(es)  Índia
Paquistão
País(es) da
bacia hidrográfica
 Índia
Paquistão

Rauí[1] (punjabi: ਰਾਵੀ????, urdu: راوی???) é um rio localizado na Índia e Paquistão, afluente do rio Indo. É um dos cinco rios que dão o seu nome à região do Panjabe. Era conhecido como Paruxani ou Iravati pelos antigos indianos e Hidraotes pelos antigos gregos.

Tem origem no Himalaia, no distrito de Chamba, estado de Himachal Pradexe, e toma o curso noroeste. Gira para sudoeste, perto de Dalhousie, e corta um desfiladeiro no Daula Dar para entrar na planície do Panjabe perto de Madopur. Aí flui ao longo da fronteira indo-paquistanesa para antes de entrar no Paquistão.

O comprimento total do rio é de aproximadamente 720 km. As águas do Rauí são atribuídas à Índia de acordo com o Indus Waters Treaty, tratado assinado entre Índia e Paquistão. Também é chamado rio de Laore pois esta cidade paquistanesa está localizada nas suas margens.

Chamba, a uma altitude de 996 m, é a antiga capital dos reis de Paari. No vale do Rauí, o rio circula entre os maciços do Pir Panjal, a norte, e do Daula Dar, a sul. A beleza romântica das paisagens do vale do Rauí é fonte de inspiração para a tradição poética do Panjabe.

No Veda[editar | editar código-fonte]

No antigo Veda descreve-se que parte da batalha dos dez reis foi travada sobre o rio Paruxani, que segundo Yaska (nirukta 9.26) se refere ao rio Iravati (rio Rauí) no Panjabe. Macdonell e Keith escrevem que "o nome [Parusni] é seguramente o do rio que mais tarde se chamou Rauí (Iravati)".[2]

Referências

  1. Machado, verbete "Panjabe".
  2. Macdonell and Keith, Vedic Index, 1912