Rio Rauí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Rio Ravi)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2016). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rauí
Ravi • ਰਾਵੀراوی‎रावीइरावती, परुष्णि • Paruxani • Iravati • Eeraveti • Hidraotes
Ponte de barcas no Rauí, em 1895
Mapa com os principais afluentes do rio Indo
Mapa com os principais afluentes do rio Indo
Comprimento 725 km
Nascente distrito de Chamba, Himachal Pradexe
Altitude da nascente 4 300 m
Caudal médio 267,5 m³/s
Foz rio Chenab, c. 35 km a oeste de Abdul Hakim
Altitude da foz 124 m
Países  Índia
Paquistão
Foz do Rauí está localizado em: Índia
Foz do Rauí
Localização da foz do Rauí no subcontinente indiano
Coordenadas 30° 37' 20" N 71° 49' 38" E

O rio Rauí[1] (em panjabi: ਰਾਵੀ; em urdu: راوی‎; em hindi: रावी; em sânscrito: इरावती, परुष्णि), também chamado ou grafado Ravi, é um rio localizado na Índia e Paquistão, afluente do Chenab, que por sua vez é afluente do Indo. É um dos cinco rios que dão o seu nome à região do Panjabe. Era conhecido como Paruxani, Iravati ou Eeraveti pelos antigos indianos e Hidraotes pelos antigos gregos. Também é chamado rio de Laore pois esta cidade paquistanesa está localizada nas suas margens.

Tem origem no Himalaia, no distrito de Chamba, estado de Himachal Pradexe, de onde flui para noroeste. Vira para sudoeste, perto de Dalhousie e corta um desfiladeiro no Daula Dar para entrar na planície do Panjabe perto de Madopur. Aí flui ao longo da fronteira indo-paquistanesa antes de entrar definitivamente no Paquistão.

O comprimento total do rio é de aproximadamente 725 km. As águas do Rauí são atribuídas à Índia de acordo com o Tratado das águas do Indo, assinado entre Índia e Paquistão.

Chamba, a uma altitude de 996 metros, é a antiga capital dos reis de Paari. No vale do Rauí, o rio corre entre os maciços do Pir Panjal, a norte, e do Daula Dar, a sul. A beleza romântica das paisagens do vale do Rauí é fonte de inspiração para a tradição poética do Panjabe.

Nos Vedas[editar | editar código-fonte]

No Vedas descreve-se que parte da batalha dos dez reis foi travada no rio Paruxani, que segundo Iaská (nirukta 9.26) se refere ao rio Iravati (rio Rauí) no Panjabe. Macdonell e Keith escrevem que "o nome [Parusni] é seguramente o do rio que mais tarde se chamou Rauí (Iravati)".[2]

Referências

  1. Machado, verbete "Panjabe".
  2. Macdonell and Keith, Vedic Index, 1912
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rio Rauí
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Índia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.