Rio Rioni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rio Rioni
Rio Rioni em Sachkhere

Rioni (em georgiano: რიონი) é o maior rio da parte ocidental da Geórgia. Origina-se na Cordilheira do Cáucaso, na região de Racha e segue para o oeste em direção ao Mar Negro. Deságua nesse mar ao norte da cidade de Poti. A cidade de Cutaisi, na região da antiga Cólquida, localiza-se às suas margens.

Conhecido pelos gregos antigos como rio Fásis (em grego clássico: Φάσις; transl.: Phásis), foi mencionado pela primeira vez por Hesíodo em sua Teogonia (l.340). Posteriormente, escritores como Apolônio de Rodes (Argonáutica 2.12.61), Virgílio (Geórgica 4.367) e Élio Aristides (Ad Romam 82) consideraram-no como o máximo limite no sentido leste dos mares navegáveis. Sócrates, em Fedão referiu-se à porção do mundo que ele conhecia como estando situado entre as Colunas de Hércules e o rio Fásis.

O faisão tem seu nome derivado desse rio, pois foi nessa região que os antigos primeiro encontraram essas aves.[1]

Referências

  1. «Pheasant». Dictionary.reference.com 
  • Concise Dictionary of English Etymology, Oxford University Press, T. F. Hoad, 1996.
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.