Rio Roosevelt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura outros significados de Roosevelt, veja Roosevelt.
Rio Roosevelt
Comprimento 760 km
País(es)  Brasil

O rio Roosevelt, anteriormente conhecido como Rio da Dúvida é um rio brasileiro que nasce no estado de Rondônia. O seu nome é em homenagem ao ex-presidente dos Estados Unidos Theodore Roosevelt, que participou de uma expedição no rio, para definir se ele era ou não afluente do Amazonas.[1]

Em seu percurso, atravessa uma parte do Mato Grosso, entrando a seguir no estado do Amazonas, onde se torna um afluente do rio Aripuanã.

Inicialmente foi chamado rio da Dúvida porque nas cartas náuticas constava a existência de um curso d'água interligando as nascentes do afluente Madeira do Rio Amazonas com a Bacia do Prata. Graças a uma expedição no início do século XX, seu verdadeiro curso foi conhecido e o rio foi rebatizado como rio Roosevelt.

A visita do então ex-presidente americano Theodore Roosevelt ao Brasil, na chamada de Expedição Científica Rondon-Roosevelt, comandada pelo Marechal Cândido Rondon, foi interessante para o Brasil porque, embora não existisse a hipotética passagem fluvial para o Prata, descobriu-se que o espaço compreendido entre rios, era ainda uma região inexistente nos mapas brasileiros e, segundo os cálculos de Euclides da Cunha, correspondia a uma área equivalente ao estado do Rio Grande do Sul ou Maranhão. Da expedição surgiu o livro Through the Brazilian Wilderness (Pelas Selvas Brasileiras, Ed. Capo Paperback), escrito em 1914 por Roosevelt.

A Expedição Científica Rondon-Roosevelt também foi tema de um livro da autora norte-americana Candice Millard, intitulado "The River of Doubt" ("Rio da Dúvida") (Broadway, 2006). O rio enfrenta riscos pela ação dos homens, mediante a exploração,mineração e desmatamentos frequentes na amazônia. Um grupo americano de cientistas que o visitou pesquisou sobre os peixes ali existentes, os quais podem ir à extinção[carece de fontes?]. O documentário sobre esse episódio foi realizado para a televisão pela National Geographic.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «O "peixe mais feroz do mundo"? A injusta má fama da piranha». El País. Consultado em 2 de junho de 2017