Rio Sutle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Janeiro de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sutle
Sutlej • Satluj • Suṭudri
Sutlej Valley from Rampur ca. 1857.jpg

Vista do vale do Sutle, de Rampur, 1857

Localização
Continente
País
Localização
Coordenadas
Dimensões
Comprimento
1 500 kmVisualizar e editar dados no Wikidata
Hidrografia
Tipo
Bacia hidrográfica
Área da bacia
395 000 km2Visualizar e editar dados no Wikidata
Nascente
Afluentes
principais
Baspa River (en), Spiti Valley (en), Rio Beás, Q20830163Visualizar e editar dados no Wikidata
Foz

O rio Sutle,[1] também conhecido como rio Sutlej e rio Satluj (em hindi: सतलुज; em sânscrito: शतद्रु ou सुटुद्रि,; transl.: IAST: Suṭudri; em panjabi: ਸਤਲੁਜ; em urdu: ستلج) é o mais longo dos cinco rios que fluem pela região do Panjabe, no norte da Índia e Paquistão, a sul do Indocuche, Himalaia. Nasce no Tibete perto do monte Kailash, e deságua perto de Carachi no rio Chenab, afluente do rio Indo. É também conhecido como rio Vermelho (Red River) na Índia.

As águas do Sutle pertencem à Índia graças a um tratado sobre águas subscrito entre Índia e Paquistão e são desviadas na maioria para canais de rega na Índia.[2] O governo indiano construiu no Sutle a barragem de Bhakra-Nangal, uma enorme barragem multiusos, e há vários projetos hidroelétricos importantes adicionais para o rio.

Referências

  1. Machado, verbete "Panjabe".
  2. Ver: [1] Arquivado em 31 de agosto de 2005, no Wayback Machine.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rio Sutle
Ícone de esboço Este artigo sobre hidrografia em geral é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.