Rio de Janeiro Patriotas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Almirantes
PatriotasFA.png
Nome Vasco Almirantes
Fundação 18 de agosto de 2010 (9 anos)
Estádio Estádio Rua Bariri, Rio de Janeiro
Presidente Marcel Dantas
Treinador Bruno Barandas
Material (d)esportivo Traktor
Competição Brasil Futebol Americano
Campeonato Carioca de Futebol Americano
editar

O Vasco Almirantes, cuja razão social é Rio de Janeiro Patriotas, é um clube brasileiro de futebol americano do Rio de Janeiro. Utiliza o nome fantasia devido a uma parceria com o Club de Regatas Vasco da Gama. É uma das equipes de mais tradição do futebol americano brasileiro. A equipe foi campeã brasileira em 2014 e disputava até 2015 o Torneio Touchdown. Em 2016 estreou na Superliga Nacional, competição nacional unificada, atual Brasil Futebol Americano (BFA).[1]

História[editar | editar código-fonte]

Fundação e o Torneio Touchdown[editar | editar código-fonte]

O Rio de Janeiro Patriotas foi fundado em 2010, a partir de uma dissidência do Blaze FA. Seus fundadores agregaram atletas das equipes do futebol americano de praia do Carioca Bowl. Em 18 de agosto de 2010, às vésperas da estreia do Torneio Touchdown, o clube anunciou a parceria com a tradicional equipe do futebol brasileiro Vasco da Gama.[2]

Com uma boa campanha, os Patriotas chegaram à final do Torneio Touchdown 2010, perdendo o título para o Vila Velha Tritões por 7 a 0 no Estádio Vila Belmiro, em Santos.[3]

No Torneio Touchdown 2011, Vasco Patriotas conseguiria a terceira colocação, após uma derrota por 26 a 7 na final da Conferência George Halas para o Corinthians Steamrollers.

No Torneio Touchdown 2012, o time derrota o Vila Velha Tritões em jogo apertado por 14 a 7 no Estádio Luso-Brasileiro no Rio de Janeiro na semifinal.[4]

Na segunda final consecutiva, é derrotado pelo Corinthians Steamrollers por 31 a 12 no Estádio Santa Cruz em Ribeirão Preto, São Paulo.[5]

Em 20 de outubro de 2013, acontece o primeiro Clássico dos Milhões, o Flamengo FA derrota a equipe cruzmaltina por 14 a 12 no Estádio Luso-Brasileiro. O jogo era válido pela primeira fase do Torneio Touchdown.[6] Na semifinal do torneio, o time é derrotado pelo Jaraguá Breakers por 15 a 0 no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul, Santa Catarina. Assim, o time figuraria novamente entre os três primeiros pelo quarto ano consecutivo.[7]

No Torneio Touchdown 2014, a equipe do Vasco Patriotas chegaria a sua quinta semifinal e, ao mesmo tempo, jogaria sua terceira final, estabelecendo um recorde na competição. Nessa final o Vasco Patriotas se consagraria campeão pela sua primeira vez, ao derrotar o Timbó Rex no Estádio do Ibirapuera em São Paulo em 13 de dezembro. O placar foi de 24 a 22 de virada com um field goal do kicker Ryan Silva no último lance do jogo.[8]

Em 2015 o Vasco Patriotas derrota o Flamengo FA pela primeira vez na história depois de perder nas outras duas partidas anteriores, em 2013 e 2014. O jogo terminou 28 a 26 e era válida pela primeira fase do Torneio Touchdown.[9] Na semifinal do torneio, o Vasco Patriotas vence o Vila Velha Tritões no Estádio Salvador Costa em Vitória por 28 a 14.[10] Na final os Patriotas perdem o jogo para o Timbó Rex por 28 a 9 no Estádio Doutor Hercílio Luz, em Itajaí, Santa Catarina e ficam com o vice-campeonato. Pela sexta temporada consecutiva terminam nas três primeiras colocações.[11]

Campeonato Brasileiro unificado[editar | editar código-fonte]

Em 2016, Vasco Patriotas estreia no Campeonato Brasileiro unificado após o fim do Torneio Touchdown, a Superliga Nacional.[1] Foi integrante do Grupo 2 da Conferência Leste, junto com o Botafogo Reptiles, Flamengo FA e Santos Tsunami.[12] Na estreia da Superliga Nacional, o Patriotas vence o Cabritos FA no estádio da Vila Olímpica, em Duque de Caxias por 62 a 0.[13] Na última rodada da temporada regular, o time vence o Santos Tsunami por 39 a 0, classificando-se para os Playoffs com uma campanha de quatro vitórias e duas derrotas.[14] Patriotas vence o Vila Velha Tritões na semifinal dos Playoffs da Conferência Leste no Estádio Gil Bernardes da Silveira em Vila Velha, Espírito Santo. A vitória de virada por 43 a 40 veio com um touchdown de corrida do quarterback Daniel Gazelle a 16 segundos do fim do jogo.[15] Na final da Conferência Leste é derrotado pelo Flamengo por 43 a 3 no Estádio Ronaldo Nazário em São Cristovão e é eliminado da Superliga Nacional.[16]

Desligamento com o Vasco da Gama[editar | editar código-fonte]

No dia 10 de junho de 2017, após sete anos de parceria, o Patriotas anunciou em suas redes sociais o desligamento com Club de Regatas Vasco da Gama devido ao desentendimento entre os jogadores da equipe e o então presidente vascaíno, Eurico Miranda, durante o jogo Vasco e Corinthians pelo Campeonato Brasileiro de Futebol de 2017.[17][18][19]

Na estreia do Brasil Futebol Americano de 2017, divisão de elite do futebol americano nacional em substituição à Superliga Nacional, agora organizado pela liga homônima dos clubes, o Patriotas vence o Vila Velha Tritões por 24 a 18 no Estádio Kleber Andrade em Cariacica, Espírito Santo.[20] No último jogo da temporada regular, o Patriotas é derrotado pelo Sada Cruzeiro por 48 a 0 em Belo Horizonte, mas garante classificação aos Playoffs com quatro vitórias e apenas essa derrota.[21] Nos Playoffs, o Patriotas é eliminado da competição pelo rival Vila Velha Tritões de virada por 21 a 7 no Estádio Kleber Andrade.[22]

Retorno da parceria com o Vasco[editar | editar código-fonte]

Em 22 de janeiro de 2018, após a posse do novo presidente do Vasco, Alexandre Campello, o Patriotas anunciou o retorno da parceria com o clube cruzmaltino.[23][24]

No Campeonato Carioca de Futebol Americano de 2018, a primeira participação do Vasco Patriotas na competição estadual, o time aplica um blowout no Blaze FA. A vitória por 73 a 7 foi também a estreia do head coach Bruno Barandas que substituiu Gabriel Mendes.[25] Na segunda rodada, o Patriotas vence o Dark Owls FA e classifica-se à final.[26] Na final é derrotado pelo rival Flamengo Imperadores por 9 a 6 e termina com o vice-campeonato.[27]

No Brasil Futebol Americano de 2018, o Patriotas vence os três primeiros jogos da temporada regular, porém perde os três últimos jogos e fica fora dos Playoffs.[28]

Incorporação do Reptiles[editar | editar código-fonte]

Em 16 de janeiro de 2019 foi anunciada uma fusão com o Botafogo Reptiles.[29][30] No entanto, o próprio clube esclareceu que na verdade tratava-se de uma incorporação, Vasco Almirantes seria apenas o novo nome fantasia do Patriotas com a integração dos rosters e comissão técnica dos times.[31][32]

Na estreia da nova parceria, o Vasco Almirantes aplica blowout de 61 a 2 no America Big Riders no Estádio Rua Bariri pelo Campeonato Carioca de 2019.[33] Na última rodada da competição, o time derrota o Flamengo Imperadores no confronto direto pelo placar de 18 a 17 e conquista o título inédito.[34]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Cscr-featured.png Título Invicto

Nacionais
Competição Títulos Temporadas
Brasil Campeonato Brasileiro 1 2014[a]
Conferências
Competição Títulos Temporadas
Brasil Conferência Sudeste 1 2010[a]
Brasil Conferência Bill Walsh 1 2012Cscr-featured.png[a]
Brasil Conferência Walter Camp 1 2013[a]
Brasil Conferência Norte 1 2014[a]
Estaduais
Competição Títulos Temporadas
Rio de Janeiro Campeonato Carioca 1 2019Cscr-featured.png[b]

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Número aposentado[editar | editar código-fonte]

O clube aposentou a camisa número 62 do jogador Vinicius Soares Rodrigues, conhecido como Turco, um dos melhores jogadores de linha ofensiva de futebol americano do país. Ele faleceu em 11 de março de 2016 vítima de uma embolia pulmonar, agravada por pneumonia e infecção generalizada. Ele foi um dos destaques do clube na conquista do Torneio Touchdown 2014.[35]

O time dedicou a vitória por 62 a 0 na estreia da Superliga Nacional de 2016 contra o Cabritos FA do Espírito Santo ao jogador Vinicius Turco. Os pontos marcados pela equipe no jogo corresponde ao número da camisa usada por Turco.[36]

Personalidades ilustres[editar | editar código-fonte]

  • Brasil Gabriel Mendes (head coach)
  • Brasil Felipe Fernandes
  • Brasil Filipe Sodré
  • Estados Unidos Joshua Canup
  • Estados Unidos Lucas Shaw
  • Brasil Pablo Chalfun
  • Brasil Rudá Andrade
  • Brasil Ryan Silva
  • Brasil Rômulo Ramos
  • Brasil Vinicius Turco

Cedidos à Seleção em Copa do Mundo IFAF[editar | editar código-fonte]

  • Brasil Gabriel Mendes (treinador de times especiais) (2015)
  • Brasil Felipe Fernandes (2015)
  • Brasil Filipe Sodré (2015)
  • Brasil Pablo Chalfun (2015)
  • Brasil Rômulo Ramos (2015)

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

MVP de Defesa do Torneio Touchdown
  • Brasil Pablo Chalfun (2014)

Notas

  • a^ Com a parceria entre o Patriotas FA e o Vasco da Gama sob o nome Vasco Patriotas.
  • b^ Com o nome Vasco Almirantes após incorporação com o Botafogo Reptiles.

Referências

  1. a b «Superliga Nacional é lançada com 31 equipes e grupo com clubes de peso». globoesporte.com. 14 de maio de 2016. Consultado em 16 de maio de 2016 
  2. «História do Vasco da Gama Patriotas». vasco.com.br. Consultado em 27 de outubro de 2015 
  3. «Vila Velha bate Vasco e leva título do Brasileiro de futebol americano». globoesporte.com. 11 de dezembro de 2010. Consultado em 3 de maio de 2016 
  4. «Vasco Patriotas na final do Torneio Touchdown». vasco.com.br. 3 de dezembro de 2012. Consultado em 18 de outubro de 2016 
  5. «Corinthians Steamrollers bate Vasco Patriotas e conquista Touchdown». globoesporte.com. 15 de dezembro de 2012. Consultado em 11 de julho de 2016 
  6. «Vasco Patriotas perde o primeiro Clássico dos Milhões». vasco.com.br. 21 de outubro de 2013. Consultado em 18 de outubro de 2016 
  7. «Vasco Patriotas perde para o Jaraguá e volta a ficar no quase no Touchdown». globoesporte.com. 30 de novembro de 2013. Consultado em 11 de julho de 2016 
  8. «Em jogo dramático, Vasco bate T-Rex e é campeão do Torneio Touchdown». foxsports.com. 13 de dezembro de 2014. Consultado em 9 de julho de 2016 
  9. «Vasco Patriotas vence Flamengo FA pela primeira vez: veja lances e entrevistas». globoesporte.com. 31 de agosto de 2015. Consultado em 11 de julho de 2016 
  10. «Vasco Patriotas bate Vila Velha Tritões e vai lutar pelo bi do Touchdown». globoesporte.com. 6 de dezembro de 2015. Consultado em 9 de julho de 2016 
  11. «Vasco perde para o Timbó Rex». vasco.com.br. 19 de dezembro de 2015. Consultado em 19 de dezembro de 2015 
  12. «Superliga de Futebol Americano vai começar em 9 de julho com 30 times». globoesporte.com. 28 de junho de 2016. Consultado em 7 de julho de 2016 
  13. «Vasco arrasa Cabritos na estreia do Brasileiro de futebol americano». globoesporte.com. 9 de julho de 2016. Consultado em 10 de julho de 2016 
  14. «Superliga FA: Vasco e Bulls ficam com as últimas vagas para o mata-mata». globoesporte.com. 10 de outubro de 2016. Consultado em 10 de outubro de 2016 
  15. «Vasco Patriotas vence o VV Tritões e avança na Superliga Nacional 2016». globoesporte.com. 23 de outubro de 2016. Consultado em 24 de outubro de 2016 
  16. «Flamengo FA arrasa Vasco Patriotas e está na semifinal da Superliga Nacional». globoesporte.com. 13 de novembro de 2016. Consultado em 16 de novembro de 2016 
  17. «Campeão brasileiro em 2014, Patriotas anuncia o desligamento do Vasco». GloboEsporte.com. 10 de junho de 2017. Consultado em 16 de junho de 2017 
  18. «Vasco e Patriotas rompem em meio a polêmicas e acusações». Lance!. 11 de junho de 2017. Consultado em 16 de junho de 2017 
  19. Braz, Bruno (16 de junho de 2017). «Pressão política aumenta e Eurico reage a críticos com #block e expulsões...». UOL Esportes. Consultado em 16 de junho de 2017 
  20. «Após fim de parceria com o Vasco, Patriotas vence o Tritões na estreia da BFA». GloboEsporte.com. 8 de julho de 2017. Consultado em 9 de julho de 2017 
  21. «Cruzeiro atropela Patriotas e garante seed 1 do Sudeste». salaooval.com.br. 23 setembro de 2017. Consultado em 16 de outubro de 2017 
  22. «Vila Velha Tritões elimina Rio de Janeiro Patriotas e avança à final da Conferência Sudeste do BFA». futebolamericanobrasil.com. 15 de outubro de 2017. Consultado em 16 de outubro de 2017 
  23. «Patriotas FA anuncia o retorno da parceria com o Vasco: "Jogaremos por vocês"». GloboEsporte.com. 22 de janeiro de 2018. Consultado em 23 de janeiro de 2018 
  24. «Rio de Janeiro Patriotas celebra retorno da parceria com o Vasco da Gama». futebolamericanobrasil.com. 22 de janeiro de 2018. Consultado em 23 de janeiro de 2018 
  25. «Vasco da Gama Patriotas arranca com blowout contra Rio de Janeiro Blaze na abertura do campeonato carioca». futebolamericanobrasil.com. 23 de abril de 2018. Consultado em 24 de abril de 2018 
  26. «Vasco da Gama Patriotas aplica shutout contra o Dark Owls Futebol Americano e vai aos playoffs». futebolamericanobrasil.com. 3 de maio de 2018. Consultado em 8 de junho de 2018 
  27. «Flamengo Imperadores fatura título carioca no derby contra o Vasco da Gama Patriotas». futebolamericanobrasil.com. 12 de maio de 2018. Consultado em 13 de junho de 2018 
  28. «Galo derrota Vasco e define playoffs do Sudeste». salaooval.com.br. 20 outubro de 2018. Consultado em 21 de outubro de 2018 
  29. Francisco, Victor Romualdo (16 de janeiro de 2019). «Patriotas e Reptiles unem forças em novo time: Vasco Almirantes». Salão Oval. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  30. «Vasco da Gama Patriotas e Botafogo Reptiles unem forças para formar o Vasco Almirantes». futebolamericanobrasil.com. 17 janeiro de 2019. Consultado em 21 de janeiro de 2019 
  31. Bruno Braz. «O Vasco Patriotas se fundiu com o Reptiles e agora a equipe de futebol americano passa a se chamar Vasco Almirantes. Veja mais detalhes:». Consultado em 21 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 21 de janeiro de 2019 
  32. «Entenda o processo de integração entre Rio de Janeiro Reptiles e Vasco da Gama Patriotas para formação do Vasco Almirantes». futebolamericanobrasil.com. 7 fevereiro de 2019. Consultado em 12 de fevereiro de 2019 
  33. «Vasco Almirantes aplica blowout no América Big Riders e disputa o título contra o Flamengo Imperadores». futebolamericanobrasil.com. 29 de abril de 2019. Consultado em 2 de maio de 2019 
  34. «Vasco vira, derrota Flamengo e é campeão». salaooval.com.br. 19 de maio de 2019. Consultado em 20 de maio de 2019 
  35. «Vasco aposenta camisa 62 de atleta do futebol americano morto no sábado». globoesporte.com. 14 de março de 2016. Consultado em 19 de março de 2016 
  36. «Vasco Patriotas dedica vitória ao companheiro Vinícius Turco, falecido no início do ano». vasco.com.br. 10 de julho de 2016. Consultado em 10 de julho de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]