Rio do Ouro (bairro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Rio do Ouro é um bairro bimunicipal que se localiza entre os municípios de Niterói e São Gonçalo, sendo situado na RJ-106, que serve de passagem para a Região dos Lagos.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Localização do bairro do Rio do Ouro no município de Niterói.

O surgimento de bairros ao longo das margens de vias e ferrovias que cortam a cidade é uma marca do processo de ocupação do solo gonçalense, e Rio do Ouro é um exemplo disso. Seu desenvolvimento começou à margem esquerda da estrada, onde funcionava a cerâmica Rio do Ouro, produtora de manilhas. Com a transferência da área distrital de Itaipu para Niterói o bairro passou fazer parte tanto do município de Niterói quanto de São Gonçalo.

Uma lenda bem famosa entre os moradores de Rio do Ouro, é a lenda do trem que tombou as margens do antigo rio, (que hoje é um valão), que estava carregado com barras de ouro e se perdeu entre as águas cristalinas do próprio na época. Nos anos 50 as fazendas começaram a ser desmembradas sem nenhum padrão estabelecido, que gerou lotes e sítios de tamanhos variados sendo vendido de acordo com a exigência do comprador. A fazenda mais famosa na época era a "Fazenda Sta. Terezinha", na qual o dono era o Sr. Waldomiro Brandão, antes de falecer, loteou sua fazenda em "pequenos" terrenos.

A ligação entre o Rio do Ouro e o trevo de Maria Paula, na década de 60, inicia a expansão comerciais, dava-se pela estrada Velha de Maricá, onde existia um trecho, no limite com Muriqui (oeste), que, pelo seu relevo e vegetação era de difícil passagem, exigindo "paciência" dos usuários, segundo os moradores, vem o nome do local: Paciência.[2]

Dados demográficos[editar | editar código-fonte]

  • Área: 8,27 km2 
  • População: 3.085 habitantes, sendo a população composta de 49.79% de mulheres e 50.21% de homens (IBGE 2000).[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Mapas e Bairros - São Gonçalo». Prefeitura Municipal de São Gonçalo. Consultado em 24 de agosto de 2009 
  2. Cultura Niterói (28 de março de 2013). «Rio do Ouro». Consultado em 26 de janeiro de 2016 
  3. População Rio de Ouro - Niterói populacao.net.br.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]