Rita Ora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rita Ora
Rita Ora em 2015.
Informação geral
Nome completo Rita Sahatçiu Ora
Nascimento 26 de novembro de 1990 (26 anos)
Local de nascimento Pristina
Iugoslávia
(atual Kosovo)
Gênero(s) R&B, pop e soul
Ocupação(ões) Cantora, atriz, compositora e dançarina
Instrumento(s) Vocal
Extensão vocal Mezzo-soprano dramático[1]
Período em atividade 2007-presente
Gravadora(s) Roc Nation (2009-2015)

Atlantic Records (2016-presente)

Afiliação(ões) Charli XCX, Iggy Azalea, Tinie Tempah, Jay-Z, Craig David, Will.I.Am, Chris Brown e Hyuna
Influência(s) Gwen Stefani, Beyoncé, Lady Gaga, Rihanna e Prince
Página oficial Site oficial

Rita Sahatçiu Ora (Pristina, 26 de novembro de 1990) é uma cantora, compositora e atriz britânica de etnia albanesa nascida no Kosovo.[2]

O álbum de estreia da cantora, intitulado Ora, foi lançado em 24 de agosto de 2012 no Reino Unido, onde estreou no número um da UK Albums Chart, e contém dois singles de divulgação, "R.I.P." e "How We Do (Party)".[3] Depois de conseguir chegar a posição pico com "Hot Right Now", Ora se tornou a artista com o maior número de singles n˚1 na UK Singles Chart em 2012.[4] Ora tem um alcance vocal mezzo-soprano. Foi indicada a três prêmios no Brit Awards 2013, incluindo o Brit Award de 'Melhor Artista Revelação Britânico'.[5]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Rita Ora nasceu no dia 26 de novembro de 1990 na cidade de Pristina, na ex-Iugoslávia, hoje Kosovo, e se mudou para o Reino Unido quando tinha um ano. Rita cresceu nos arredores de Portobello Road, no Oeste de Londres[6] e foi para a escola primária St Cuthbert with St Matthias em Earls Court, em seguida se formou na Escola de Teatro Sylvia Young.[7] Hoje ela mora em Kensington, Londres,[8] Ela começou a cantar ainda bem jovem.[9]

Ora tem uma irmã mais velha, Elena, e um irmão mais novo, Don. A inspiração para o seu nome veio da estrela do filme favorito do seu avô, Besim Sahatçiu, Rita Hayworth. Quando ela tinha 15 anos, a sua mãe foi diagnosticada com câncer de mama e ela parou de estudar. “Minha mãe sempre foi uma daquelas mulheres com espírito livre e ela ter ficado doente foi muito confuso para mim. Eu não conseguia entender o porquê minha mãe não era uma super-heroína, porquê ela não era, você sabe, invencível. Eu ficava sentada pela casa nessa época. Eu estava muito triste”. Eventualmente a sua irmã convenceu Ora a voltar para a escola, e a sua mãe se recuperou completamente. “A experiência fez com que eu valorizasse a minha família e a vida,” Ora disse.[10]

Carreira[editar | editar código-fonte]

2007-2010: início da carreira[editar | editar código-fonte]

Ora começou a cantar bem jovem, se apresentando no Pub de seu pai. Em 2007, Ora teve seu primeiro lançamento musical através da participação na faixa "Awkward" do cantor Craig David e, em 2008, eles lançaram outra canção juntos chamada "Where's Your Love?", a qual foi lançada como single, incluindo um clipe musical com a participação de Rita. Ela participou de duas músicas do álbum de James Morrison, "Songs for You, Truths for Me" como backing vocal. Ora começou a se apresentar em bares de Londres.[11]

Ela fez uma audição para o Eurovision: Your Country Needs You na BBC One para ser a participante britânica do Eurovision Song Contest de 2009 [12] mas desistiu da competição depois de alguns episódios por não se sentir pronta.[13] A sua empresária, Sarah Stennett, mais tarde disse ao HitQuarters que Ora entrou na competição porque, na época, ela achava que era a sua única chance de encontrar o sucesso. A sua desistência foi seguida pela sua primeira reunião com a sua empresária, que estava certa que ela tinha potencial genuíno de se tornar uma pop star e que participar do Eurovision iria dificultar ao invés de potencializar as suas chances. Stennett entrou em contato com Jay Brown da Roc Nation e falou sobre Ora para ele. Brown pediu que Ora voasse para Nova York, onde ela se encontrou com Jay-Z.[14] Ora assinou um contrato com a Roc Nation em dezembro de 2009, apenas 48 horas depois de chegar aos Estados Unidos.[15] No mesmo ano, ela participou do videoclipe “Young Forever” de Jay-Z.[16] Em 2010, ela participou do videoclipe de “Over”, de Drake.[17]

2011–2012: Ora e o avanço comercial[editar | editar código-fonte]

Durante 2011, Ora disponibilizou vídeos dela no Youtube trabalhando no seu álbum de estreia. Em um deles, atendendo pedido de seus fãs, ela cantou uma versão acústica da música de Outkast, “Hey Ya!”.[18] O vídeo chamou a atenção de DJ Fresh, que na época estava procurando por uma voz para a sua canção, “Hot Right Now”. Ora participou de uma audição para a música e eventualmente participou da mesma. O videoclipe para “Hot Right Now” foi lançado no YouTube em 14 de dezembro de 2011 e o single foi lançado em 12 de fevereiro de 2012, chegando ao primeiro lugar na UK Singles Chart, parada musica britânica.[19]

Em 24 de fevereiro de 2012, Ora visitou a estação de rádio Z100 em Nova York junto com o seu chefe da Roc Nation, Jay-Z, para lançar “How We Do (Party)”, o seu primeiro single para a América do Norte e Oceania, do seu primeiro álbum de estúdio.[20] Will.I.Am, Ester Dean, Drake, The-Dream e Stargate trabalharam com Ora no seu álbum de estreia. [2][21] Comentando sobre o som do álbum e o seu conceito, Ora disse que “definitivamente há pop nele, mas você pode ouvir influências do jazz, influência de Monica e Aaliyah, e você pode ouvir um pouco de Gwen Stefani.[22] Ela também disse que o álbum seria influenciado pela coleção de discos do seu pai, a qual, em adição ao reggae, também incluía artistas como Eric Clapton e B.B. King.[23]

O primeiro single no Reino Unido de Ora, "R.I.P." com a participação de Tinie Tempah, foi lançado em 6 de maio de 2012.[24] O videoclipe foi dirigido por Emil Nava e gravado em Hackney, no Leste de Londres, e lançado em 4 de abril de 2012.[25] Produzida por Chase & Status, a música debutou no topo da UK Singles Chart, se tornando o seu primeiro n˚ 1 no Reino Unido.[26]

Em 12 de agosto de 2012, "How We Do (Party)" foi lançada no Reino Unido e chegou ao primeiro lugar na UK Singles Chart. Era o segundo n˚1 de Ora como artista solo.[27] Após participar da turnê Mylo Xyloto da Coldplay, ela mais tarde anunciou que o nome do seu álbum seria ORA.[28] Ele foi lançado em 27 de agosto de 2012 no Reino Unido e debutou no topo da UK Albums Chart. [29][30] Ora foi indicada como Best UK/Ireland Act, Best New Artist, e Push Artist no MTV Europe Music Awards 2012.[31] Em setembro de 2012 foi anunciado que Rita seria o ato de abertura dos shows no Reino Unido da turnê Euphoria de Usher, que começaria em janeiro de 2013. Eventualmente, a turnê foi adiada devido a “compromissos profissionais e pessoais” de Usher.[32]

De 23 de outubro a 30 de outubro de 2012, Ora embarcou na sua primeira turnê solo, The Ora Tour, uma turnê americana de 5 datas, apoiada pela MTV. Ela se apresentou em Santa Ana, San Francisco, Chicago e Filadélfia. O último show da turnê, que aconteceria em Nova York no dia 30 de outubro, teve que ser remarcado para 17 de dezembro por conta do Furacão Sandy.[33][34] Iggy Azalea e Havana Brown eram os atos de abertura.[35]

Em 4 de novembro de 2012, Ora lançou o seu terceiro single de ORA, "Shine Ya Light".[36] A música chegou ao n˚ 10 da UK Singles Charts, sendo o quarto single Top 10 de Rita em 2012.[37] O videoclipe foi dirigido por Emil Nava e mostra a cantora em sua cidade natal, Pristina em Kosovo, andando de moto e em meio de uma multidão animada.[38] Em 15 de novembro de 2012, Ora se apresentou no VIP Room Theatre, em Paris. Ela cantou "How We Do (Party)", "Radioactive", "Uneasy" e uma remix de "R.I.P." (junto com o rapper Black M).[39] Em 28 de novembro de 2012, Rita Ora se apresentou como convidada especial em um show em Tirana, Albânia para o aniversário de 100 anos da independência da Albânia.[40]

2013-presente: segundo álbum de estúdio[editar | editar código-fonte]

Ora embarcou na sua turnê de doze datas pelo Reino Unido, a Radioactive Tour, de 28 de janeiro a 13 de fevereiro. Durante a sua turnê, Ora performou uma música chamada “Fair”, a qual ela anunciou que estará no seu próximo álbum. Em 14 de janeiro de 2013, Ora revelou que o seu segundo álbum será mais claro e terá mais direção do que o primeiro: “Eu definitivamente sei o mais que eu quero e é muito mais simples de expressar isso com o segundo álbum.”[41] Em 26 de fevereiro de 2013, ela revelou ao "Digital Spy" que ela tinha começado a trabalhar com Dev Hynes para o seu segundo álbum e ele mostraria um ângulo diferente da “garota festeira”.[42] Em 14 de julho de 2013, Ora falou novamente sobre o seu segundo álbum, dizendo: “Eu realmente criei mais confiança nesses últimos três anos. Eu mal posso esperar para ser mais honesta com este álbum em relação a minha vida amorosa, e as coisas que eu gosto e as pessoas que eu quero trabalhar.”[43]

Em 11 de fevereiro de 2013, Ora lançou Radioactive, o quarto single de Ora.[44] Em 26 de fevereiro de 2013 Ora foi convidada para performar no Etam Live Lingerie Show em Paris, onde ela cantou "How We Do (Party)".[45]

Ora apareceu como artista participante em “Lay Down Your Weapons” de K Koke. A música foi lançada em 8 de março de 2013 e é o segundo single do seu álbum de estreia, I Ain’t Perfect. Ela também apareceu no videoclipe da música, dirigido por Courtney Phillips.[46]

Em 23 de março de 2013, Ora se apresentou no Le Bal de la Rose du Rocher, um evento organizado por Karl Lagerfeld em Monte Carlo, em prol da Princess Grace Foundation. Ela cantou “R.I.P.” e “How We Do (Party)”, e também fez um dueto com o rapper Theophilus London para a sua faixa “Rio”.[47]

Em 10 de abril de 2013, Ora subiu ao palco do 4th Annual Women in Music da Elle , em Nova York. Ela cantou “How We Do (Party)”, “R.I.P.”, “Shine Ya Light” e “Radioactive”.[48] Ora estava na capa de março da edição “Women in Music” da Elle.[49] Em 25 de abril de 2013, Ora fez uma apresentação privada na abertura da exposição da Chanel “Little Black Jacket”, em Dubai.[50] Em 30 de abril de 2013, a Hunger TV lançou o vídeo para “Facemelt”, o single final de Ora, o qual foi dirigido pelo fotógrafo britânico, Rankin.[51] Em 14 de maio de 2013, a Hunger TV lançou uma segunda versão do vídeo (também dirigido por Rankin), que teve a participação especial da modelo Cara Delevingne.[52]

Ora participou do single de Snoop Dogg, “Torn Apart”, do seu álbum Reincarnated. Eles apresentaram a música ao vivo pela primeira vez no Yahoo! Wireless Festival.[53] O videoclipe para a faixa foi filmada em janeiro na Tailândia.[54]

Em 29 de setembro de 2013, Ora se apresentou na O2 Arena, em Londres, no Unity - A Concert For Stephen Lawrence. Ela cantou um cover de “Diamonds and Pearls” de Prince e “R.I.P.”.[55]

Em 17 de outubro de 2013, Ora se apresentou no iHeartRadio Theatre em Nova York para o UK Rocks, uma campanha organizada pelo Clear Channel e a Bloomingdale’s.[56] Em uma entrevista, ela falou sobre o seu segundo álbum, dizendo: “Eu realmente queria me dedicar muito a este álbum… Eu cresci e ouvi as músicas que as pessoas lançaram recentemente. Eu voltei para o básico do meu amor por Prince e Chaka Khan. É apenas eu tentando encontrar esse equilíbrio.”[57]

Em 3 de novembro de 2013, Ora apresentou o BBC Radio 1 Teen Awards 2013 ao lado de Nick Grimshaw.[58]

Em junho de 2016, foi Divulgado que Rita tinha Assinado um novo contrato com a Atlantic Records, subsidiária da Warner Music Group.[59]

Outros empreendimentos[editar | editar código-fonte]

Em 2004, Ora apareceu no filme britânico Spivs. [60] Em 2013, Ora apareceu com convidada em 90210 e também participou do filme Velozes e Furiosos 6 [61]. Ela será a irmã de Christian Grey, Mia, na adaptação cinematográfica do best-seller Cinquenta Tons de Cinza. As gravações começaram em dezembro de 2013, com um lançamento esperado para fevereiro de 2015.[62][63]

Em 2010, Ora participou de um comercial da “Roc Nation + Skullcandy Aviator Headphones” e um para a “CK One Lifestyle Brand”.[64] Em 14 de dezembro de 2012, a Electronic Arts lançou um comunicado de imprensa anunciando que Ora seria uma personagem no jogo The Sims 3: Seasons.[65]

Modelagem[editar | editar código-fonte]

Ora foi escolhida como um dos novos rostos da campanha de primavera/verão 2013 da Superga.[66] No verão de 2013, Ora foi escolhida como o novo rosto da Material Girl, uma linha de roupas vendida na Macy’s e desenhada por Madonna e sua filha Lola.[67]

Ora participou do “Made in America” de Jay-Z, um documentário dirigido por Ron Howard sobre o Budweiser Made in America Festival,[68] que foi lançado no dia 7 de setembro no Toronto International Film Festival de 2013.

Em 8 de setembro de 2013, Ora encerrou o desfile da DKNY no New York Fashion Week[69] e também se apresentou no 25˚ aniversário da DKNY, um dia depois.[70]

Ora é o novo rosto da coleção Resort 2014 da DKNY.[71] Em setembro de 2013, a Rimmel anunciou no seu Twitter oficial que eles irão colaborar com Ora em uma coleção de maquiagem que será focada em batons e esmaltes.[72] Em 10 de outubro de 2013, Ora se apresentou no 180˚ aniversário da Rimmel.[73]

Em 2017 torna-se nova apresentadora do programa America’s Next Top Model, substituindo Tyra Banks na 23ª temporada[74].

Influências[editar | editar código-fonte]

Ora credita Gwen Stefani e Beyoncé Knowles como seus ídolos e maiores influências, dizendo em uma entrevista, “Você sabe o quanto eu amo essa mulher? Eu amo tudo sobre ela,” se referindo a Stefani. Ora se tornou amiga de Beyoncé, chamando Knowles de sua mentora, em adição a falar sobre a sua admiração e poder ter os comentários de Knowles sobre seu álbum de estreia.[75] Suas outras influências musicais incluem Rihanna,[76] Aaliyah, India.Arie, Christina Aguilera, Brandy, Monica, Madonna, Tina Turner, Aretha Franklin, Ella Fitzgerald, Etta James, Celine Dion, Bruce Springsteen, David Bowie, Vybz Kartel e Sade. Ora mencionou a sua admiração por Rita Hayworth como uma inspiração para perseguir a sua carreira como atriz.[77] Para inspirações de moda, Ora também cita Gwen Stefani[78] como o seu ícone de estilo mais influente. Em adição a Stefani, Ora também cita Marilyn Monroe e Daphne Guinness como ícones de estilo e segue a linha de roupas vintage e retro.[79][80]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Ora é de etnia kosovar-albanesa e fala um pouco de albanês. Seu alcance vocal é mezzo-soprano.[81]

Questionada sobre a sua religião, Ora disse: “Eu acredito em Deus e eu cresci com a cultura muçulmana, mas os meus pais nunca me forçaram. Acima de tudo, eles me criaram com a ideia de que eu poderia fazer minhas próprias escolhas e ter minhas próprias crenças.”[82]

Anteriormente ligada a Bruno Mars[83] e ao namoro conturbado com Rob Kardashian. Ora começou namorar em maio de 2013 o DJ Calvin Harris. Os dois terminaram em junho de 2014.[84] E desde agosto de 2014, Ora e Ricky Hilfiger (filho do bilionário Tommy Hilfiger) estão namorando,[85] mesmo com o silêncio dos dois acerca do assunto.

Ora tem uma afinidade com o molho Tabasco.[86] “Eu sou esquisita assim. Eu só realmente amo molho picante.” Ela tem um frasco de Tabasco personalizado com o seu nome, enviado pela empresa, como agradecimento por ela falar tanto sobre o seu produto.[87]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2009 Eurovision: Your Country Needs You Concorrente [88] Concorrente para a honra de representar o Reino Unido no Eurovision Song Contest 2009
2015 The X Factor Ela Mesma Confirmada na 12° temporada
2017 America´s Next Top Model Apresentadora Estreia na 23ª temporada

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Titulo Papel Notas
2004 The Brief Jaclyn Livermore[89] Temporada 1, Episódio 3 - "Children"
Spivs Rosanna[90] Primeiro papel de Rita nas telonas do cinema.
2012 The X Factor Jurada[91] 9º Temporada (Julgando as audições de Londres)
2013 90210 Ela mesma[92] Ela apareceu como atriz convidada no episódio chamado de "Misery Loves Company"
Velozes e Furiosos 6 Comandante de corrida[93] Fez uma ponta no filme
2015 Cinquenta Tons de Cinza Mia Grey[94] Pequena participação
Empire Ela mesma 1º temporada - Episódio "Who I Am"
Southpaw Não declarado Filme em pós produção
2017 Fifty Shades Darker Mia Grey Confirmada

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Organização Prêmio Trabalho Resultado
2012 MOBO Awards[95] Melhor estreia Ela mesma Venceu
Urban Music Awards[96] Artista do ano Venceu
Mp3 Music Awards Melhor estreia "Hot Right Now" Venceu
2013 Glamour Women of the Year Awards[97] Melhor artista solo inglês Ela mesma Venceu
Harper's Bazaar Women of the Year Awards Musicista do ano Venceu
Brit Award for British Breakthrough Act Cantora britânica iniciante Indicado
2015 Glamour Awards Personalidade da mídia Venceu
Silver Clef Awards[98] Melhor Cantora Venceu
Bambi Awards[99] Música Internacional Venceu
  • Honraria

2015 – Medalha de Honra do Embaixador de Kosovo[100]

Referências

  1. «Jay-Z Introduces Protége Rita Ora's First Album Single (Video, Audio)» (em inglês). Hollywood Reporter 
  2. a b Rita Ora Visita Rádio com Jay-Z Billboard. 11 de Abril 2012
  3. «iTunes libera prévia de "ORA", disco de estreia de Rita Ora» (em português). Portal POPLine 
  4. «Unstoppable: Rita Ora scores debut Official Number 1 album». The Official UK Charts. 2 de setembro de 2012. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  5. «Brit Awards: Emeli Sande leads nominations». BBC News (em inglês). 10 de janeiro de 2013 
  6. «Rita Ora's My London». Evening Standard (em inglês). 31 de agosto de 2012 
  7. «Rita Ora's My London». Evening Standard (em inglês). 31 de agosto de 2012 
  8. «Rita Ora's My London». Evening Standard (em inglês). 31 de agosto de 2012 
  9. «Skullcandy Roc Nation Aviators Presents: Rita Ora» (em inglês). SOUL Culture 
  10. «Rita Ora: 'You have to make yourself… unforgettable'». Evening Standard (em inglês). 1 de fevereiro de 2013 
  11. «Rita Ora: 'You have to make yourself… unforgettable'». Evening Standard (em inglês). 1 de fevereiro de 2013 
  12. «Rita Ora Says Walking Off Eurovision Song Contest Saved Her Career - Video». Capital FM 
  13. «Rita Ora Says Walking Off Eurovision Song Contest Saved Her Career - Video». Capital FM 
  14. «A&R, Record Label / Company, Music Publishing, Artist Manager and Music Industry Directory». www.hitquarters.com. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  15. «A&R, Record Label / Company, Music Publishing, Artist Manager and Music Industry Directory». www.hitquarters.com. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  16. «Hova's hottie». New York Post. 8 de julho de 2012. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  17. «Drake's new 'Over' video: Watch it here | EW.com». Consultado em 4 de novembro de 2016 
  18. «Rita Ora Covers OutKast's 'Hey Ya!' [Video]». Rap-Up. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  19. Editorial, Reuters. «Rita Ora tops pop chart, Keane rival Beatles album hits». Reuters UK (em inglês) 
  20. Editorial, Reuters. «Rita Ora tops pop chart, Keane rival Beatles album hits». Reuters UK (em inglês) 
  21. «New Music: Rita Ora – "How We Do (Party)"». rap-up.com. Consultado em 24 February 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  22. «Rap-Up TV: Rita Ora Dishes on Debut, Working with Drake and Kanye West». Rap-Up. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  23. «Rita Ora: Incredible Ora». www.bluesandsoul.com. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  24. «New Music: Rita Ora f/ Tinie Tempah – 'R.I.P.'». Rap-Up. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  25. «Watch: Rita Ora Talks 'RIP' Video, Drake & Ex- Girlfriends». ..::That Grape Juice.net::.. - Thirsty?. 14 de março de 2012 
  26. «Rita Ora Tops UK Singles Chart | MTV UK» 
  27. «Rita Ora scores third Official Number 1 single». The Official UK Charts (em inglês). 19 de agosto de 2012. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  28. «Rita Ora New Album Details: Will She Find Success Despite Being A Style Icon?». The Inquisitr News. 17 de agosto de 2016. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  29. «Connecting to the iTunes Store.». itunes.apple.com. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  30. Kreisler, Lauren (2 de setembro de 2012). «Unstoppable: Rita Ora scores debut Official Number 1 album» (em inglês). Official Charts Company. Cópia arquivada em 10 de setembro de 2012 
  31. «MTV Europe Music Awards: Rihanna leads nominations». Telegraph.co.uk 
  32. «Usher Postpones European 'Euphoria' Tour Dates | MTV UK». MTV UK. 26 de setembro de 2012. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  33. «Rita Ora Apologises To Fans After Hurricane Sandy Forces New York Gig Cancellation». Capital FM. 31 de outubro de 2012 
  34. «Rita Ora Performs 'R.I.P.' on 'Letterman'». Rap-Up. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  35. «Rita Ora's Hitting The Road On The 'MTV Presents: The ORA Tour'». MTV News. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  36. «Rita Ora: 'Shine Ya Light' video». Digital Spy. 30 de outubro de 2012 
  37. «Rita Ora | full Official Chart History | Official Charts Company». www.officialcharts.com. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  38. «The Box Plus Network». www.4music.com. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  39. «Vidéo : Rita Ora en showcase au Vip Room (Paris)». www.urban-fusions.com. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  40. «Trading auch für Einsteiger». www.m-magazine.org. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  41. «Rita Ora: 'Second album much clearer'». Digital Spy. 14 de janeiro de 2013 
  42. «Rita Ora recording new album "in secret"». Digital Spy. 26 de fevereiro de 2013 
  43. «Rita Ora Ready To Be More Honest On New Album». Yahoo News. 14 de julho de 2013. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  44. «Rita Ora reveals new single artwork». Digital Spy. 9 de janeiro de 2013 
  45. «M.I.A. and Rita Ora Bring Music to the Runway at Etam Lingerie Show». Rap-Up. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  46. «K Koke ft Rita Ora 'Lay Down Your Weapons' by Courtney Phillips on Promo News». Promo News 
  47. «Rita Ora Dons Custom Karl Lagerfeld Gown For Monaco Performance». MTV News. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  48. «Celebrity Pictures: Rita Ora, Jessie J». Digital Spy. 11 de abril de 2013 
  49. «Rita Ora Goes Glam for Elle's Women in Music Issue». Billboard 
  50. «The Event | Chanel's Little Black Jacket Opening, Dubai». The Event. 28 de abril de 2013. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  51. «Rita Ora Facemelt». HUNGER TV (em inglês) 
  52. «rita ora cara delevingne». HUNGER TV (em inglês). 25 de dezembro de 2013 
  53. «Snoop Dogg: "I Love Rita Ora, She's A Special Lady" | MTV UK» 
  54. «Rita Ora, Snoop get stranded on island». Digital Spy. 7 de fevereiro de 2013 
  55. «Rita Ora added to line up for Unity gig». Metro. 25 de julho de 2013. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  56. «Clear Channel Taps Emeli Sande, Jake Bugg, Rita Ora For Bloomingdale's U.K. Style Campaign, NYC Concerts». Billboard. 30 de agosto de 2013. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  57. «Rita Ora talks Prince-inspired new album». Digital Spy. 22 de outubro de 2013 
  58. «Jessie J, Tempah for Radio 1 Teen Awards». Digital Spy. 30 de setembro de 2013 
  59. «Rita Ora Signs Worldwide Deal With Atlantic Records UK». Billboard. 20/06/2016  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  60. Rita Ora IMDb page. IMDB.com. 30 de julho, 2011.
  61. «Rita Ora reveals 'Fast & Furious 6' role». Digital Spy. 27 de fevereiro de 2013 
  62. Kroll, Justin (2 de dezembro de 2013). «Rita Ora to Play Christian Grey's Sister in 'Fifty Shades of Grey'». Variety (em inglês) 
  63. «'Fifty Shades of Grey' Begins Filming». The Hollywood Reporter 
  64. «Video: Roc Nation's Rita Ora Stars in ck one Campaign». Rap-Up. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  65. «EA UK Press Release: Rita Ora Becomes a Sim». SimsVIP. 14 de dezembro de 2012. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  66. «Superga». Superga. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  67. «Rita Ora Fronts Madonna's Material Girl Campaign». Billboard 
  68. «Page not found». Rap-Up. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  69. «Rita Ora Closes DKNY Spring 2014 NYFW Show Full Of Logos And Throwbacks». MTV News. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  70. «Rita Ora, Iggy Azalea, A$AP Rocky And More Perform For DKNY's 25th Birthday Party». MTV News. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  71. «Rita Ora Strikes A Pose For Sizzling DKNY Shoot». Marie Claire (em inglês). 31 de julho de 2013 
  72. «News - Entertainment, Music, Movies, Celebrity». MTV News. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  73. «Rita, Kate & Georgia celebrate Rimmel's 180th birthday in style». Glamour Magazine. 11 de outubro de 2013. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  74. Coelho, Ana Sofia (21 de outubro de 2016). «Rita Ora substitui Tyra Banks na apresentação de America's Next Top Model». MoveNotícias 
  75. «Rap-Up TV: Rita Ora Talks Roots, Roc Nation, & Rolling with Jay-Z and Beyoncé». Rap-Up. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  76. «Rita Ora 'admires Rihanna's work ethic'». Digital Spy. 25 de julho de 2012 
  77. «Rita Ora Horoscope Sagittarius and Zodiac Horse - DailyHoroscopes1.com». www.dailyhoroscopes1.com. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  78. «Rita Ora Channels Gwen Stefani's Style». E! Online (em inglês) 
  79. «Hairstyles for round faces: Rita Ora». SheKnows 
  80. «Rita Ora Inspired by Gwen Stefani + Kanye West». PopCrush. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  81. «Jay-Z Introduces Protége Rita Ora's First Album Single (Video, Audio)». The Hollywood Reporter 
  82. «Why Rita Ora Was Chosen To Sing For Pope Francis At The Vatican». The Inquisitr News 
  83. «'It was love at first sight': Rita Ora reveals that she had a 'wonderful' romance with Bruno Mars before they were famous». Mail Online. 17 de agosto de 2012 
  84. «Rita Ora: 'I Am A Huge Calvin Fan' | MTV UK». MTV UK. 20 de junho de 2013. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  85. «Rita Ora Dating Tommy Hilfiger's Son Ricky Hil?». E! Online (em inglês) 
  86. «Rita Ora Spices Up 'Big Boy's Neighborhood'». Rap-Up. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  87. Emily Genco (10 de agosto de 2012). «On the verge: Rita Ora». USATODAY.COM. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  88. «Rita Ora Says Walking Off Eurovision Song Contest Saved Her Career - Video». Capital FM 
  89. «Rita Ora». IMDb. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  90. «Rita Ora». IMDb. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  91. «'I can't breathe!' Guest judge Rita Ora hides nerves behind sunglasses and all white outfit... while Tulisa rocks cut-away dress at X Factor auditions». Mail Online 
  92. «Rita Ora». IMDb. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  93. «Rita Ora fala sobre sua participação no filme "Velozes e Furiosos 6"». Portal POPline. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  94. Kroll, Justin (2 de dezembro de 2013). «Rita Ora to Play Christian Grey's Sister in 'Fifty Shades of Grey'». Variety (em inglês) 
  95. «MOBO Awards 2012 - nominees shortlist revealed | MOBO Awards». mobo.com. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  96. «Urban Music Awards – UMA- The World's No.1 awards show for HipHop, R&B, Soul, Jazz, Grime and Dance music». urbanmusicawards.net. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  97. «GLAMOUR AWARDS 2015: Full Winners List». Glamour Magazine. 3 de junho de 2016. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  98. «Rita Ora flaunts cleavage and torso in racy top at Silver Clef Awards». Mail Online 
  99. «Rita Ora looks phenomenal at Bambi Awards in Berlin». Mail Online 
  100. «X Factor judge Rita Ora named honorary ambassador of the Republic of». Evening Standard (em inglês). 10 de julho de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons