Rita de Cássia Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Rita de Cássia
Rita Cassia.jpg
Informação geral
Nome completo Rita de Cássia Oliveira
Nascimento 26 de fevereiro de 1965 (56 anos)
Origem Itapira, SP
País  Brasil
Gênero(s) Jazz Pop Acústico MPB [1]
Página oficial Myspace

Rita de Cássia Oliveira, mais conhecida como Rita de Cássia (Itapira, 26 de fevereiro de 1965) é uma cantora, brasileira. Filha de José Carlos de Oliveira e Jandira Pinheiro de Oliveira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Aos quatro anos de idade, a cantora surpreendeu a pequena cidade paulista de Itapira, onde nasceu, ao entrar para o coro da igreja local. Com apenas dezesseis anos, mudou-se para Campinas, onde desenvolveu sua voz de soprano com a professora Niza Thank e começou a cantar profissionalmente em casas noturnas. Em 86, mudou-se para o Rio de Janeiro e destacou-se na noite carioca em casas como Chiko’s Bar, Le Streghe, Maxim’s, Teatro Piano Bar e Cálice Bar. Neste período, gravou muitos jingles e participou de inúmeros festivais em diversas cidades brasileiras, interpretando a música Leilão, de Carlota Marques e Paulo César Feital, vencendo sempre como melhor música e melhor intérprete.

Em 92 conhece o pianista Luís Carlos Vinhas, um dos precursores da bossa nova. Fazem vários shows por todo o Brasil, principalmente em casas no Rio de Janeiro e São Paulo. Em 93, com o nome de Rita de Cássia, a cantora assina com a Polygram e lança no ano seguinte o disco Ouça, recriando a obra de Maysa, tendo recebido críticas elogiosas em vários jornais e revistas.

Rita gravou também várias faixas para novelas da Rede Globo como Dom de Iludir, de Caetano Veloso, para O Mapa da Mina, Melhores Dias, de Dudu Falcão, para Sonho Meu e a única inédita de seu disco, Seja lá como for, de Ary Carvalho e Reginaldo Bessa, para A Viagem e Cama Vazia de Celso Fonseca para a novela Passione. Gravou ainda a canção Sem Pecado, de Edu Lobo e Aldir Blanc, em dueto com Edu no disco Corrupião, trabalho do compositor que foi incensado por Quincy Jones.

Em 94 faz a sua primeira temporada no Skylab Bar, no Rio de Janeiro. Rita de Oliveira foi elogiada por nomes como Nana Caymmi, Ivan Lins, Cauby Peixoto e Gal Costa.

Em 98/99 inaugura um novo espaço musical no Rio, nos salões do Iate Clube do Rio de Janeiro.

De volta ao Rio de Janeiro após cinco anos, realiza em 2009, o elogiado show Rita de Cássia canta Maysa interpretando grandes sucessos da cantora.

Em janeiro 2010, dublada pela atriz Adriana Esteves, Rita de Cássia faz a voz de Dalva de Oliveira na microssérie "Dalva e Herivelto - Uma canção de amor" da Rede Globo. Entra para a trilha sonora da novela Passione, da Rede Globo, com a música de Cama vazia do compositor e cantor Celso Fonseca.

Atualmente vem garimpando músicas para seu novo CD.

Discografia[editar | editar código-fonte]

1993 - Ouça - Polygram - LP-CD-K7

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço relacionado ao Projeto Música. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.