Rito bizantino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O rito bizantino, por vezes igualmente designado rito constantinopolitano e também chamado rito grego, é o rito da antiga Constantinopla que é usado nos dias de hoje como rito ordinário da Igreja Ortodoxa e de boa parte da Igreja Católica Oriental, além de minorias na Comunhão Anglicana e no luteranismo.[1] [2]

É um dos ritos existentes mais antigos, tendo seus precursores nas práticas da Igreja Primitiva, mas passando por diversas adições em combate a controvérsias religiosas e com a elaboração das festas. Sua liturgia mais antiga é Divina Liturgia de São Basílio, composta pelo metropolita de Cesareia epônimo no século IV, com base na Divina Liturgia de São Tiago, em costumes da Capadócia e nas Constituições Apostólicas.[3] [4] [5] [6] St. Basil himself speaks on several occasions of the changes he made in the services of Cæsarea.[7] [8] Sua forma atual é uma síntese de dois ritos destinos: o rito de catedral, como era praticado na Santa Sofia, e o typikon de Mar Saba. A este elemento monástico é devida a extrema complexidade deste rito.

Possui quatro ordinários para a celebração eucarística, conhecida como Divina Liturgia: a de São Basílio e São Tiago supracitadas; a de São João Crisóstomo, simplificação da de São Basílio hoje ordinária e a de São Gregório o Grande, utilizada para os pré-santificados. Outras liturgias podem vir a ser usadas em menor escala.

Além da Igreja Ortodoxa de forma geral, é utilizada nas seguintes igrejas católicas orientais:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Society for Eastern Rite Anglicanism (SERA) |». www.easternanglicanism.org. Consultado em 2016-03-18. 
  2. «The Divine Liturgy of Saint John Chrysostom, used by the Ukrainian Lutheran Church, and its missing elements  : OMHKSEA». www.omhksea.org. Consultado em 2016-05-03. 
  3. Gregory of Nazianzus, "euchon diataxis -- Oration XX", in Jacques Paul Migne, Patrologia Graecae, XXXV, 761, Paris: Imprimerie Catholique 
  4. Gregory of Nyssa, "Hierourgia, In laudem fr. Bas.", in Jacques Paul Migne, Patrologia Graecae, XLVI, 808, Paris: Imprimerie Catholique 
  5. Proclus of Constantinople, "De traditione divinæ Missæ", in Jacques Paul Migne, Patrologia Graecae, XLV, 849, Paris: Imprimerie Catholique 
  6. Fortescue, Adrian (1908), "The Rite of Constantinople", The Catholic Encyclopedia, IV, New York: Robert Appleton Company, http://www.newadvent.org/cathen/04312d.htm, visitado em 2007-12-15 
  7. Basil of Caesarea, "Epistle CVII", in Jacques Paul Migne, Patrologia Graecae, XXXII, 763, Paris: Imprimerie Catholique 
  8. Basil of Caesarea, "Oration XX", in Jacques Paul Migne, Patrologia Graecae, XXXV, 761, Paris: Imprimerie Catholique