Robert A. Heinlein

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde novembro de 2016). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Junho de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Robert A. Heinlein
Heinlein autografando no Worldcon 1976
Nascimento Robert Anson Heinlein
7 de julho de 1907
Butler, Missouri
Morte 8 de maio de 1988 (80 anos)
Carmel, Califórnia
Nacionalidade Estados Unidos americano
Magnum opus Stranger in a Strange Land
Assinatura
Robert A Heinlein signature.svg

Robert Anson Heinlein (Butler, 7 de julho de 1907Carmel, 8 de maio de 1988) foi um escritor de ficção científica norte-americano. Produziu 56 contos e 30 romances, ainda hoje seus livros vendem mais de 100.000 cópias por ano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Heinlein no anuário de 1929 da Academia Naval dos Estados Unidos.

Robert Heinlein nasceu em 7 de julho de 1907, filho de Rex Ivar Heinlein (um contador) e Bam Lyle Heinlein, em Butler, Missouri. Morou na infância em Kansas City, no mesmo estado.[1] A sua observação das coisas e valores de seu tempo e lugar (segundo ele, "O Cinturão Bíblico") teve uma influência significativa no seu trabalho como escritor. Foi criado batista, porém, abandonou a religião ao ler A Origem das Espécies, obra do naturalista britânico Charles Darwin, aos 13 anos [2].

A sua experiência na Marinha Americana foi a segunda grande influência em sua obra. Heinlein graduou-se na Academia Naval dos Estados Unidos em 1929, e trabalhou como oficial.[3] No mesmo ano, casou-se com Eleanor Curry, separando-se um ano depois.[4] Casou-se em seguida com Leslyn Macdonald, e foram separados pela morte. Foi um ateu durante toda a sua carreira literária.

Possuiu diversas mudanças sobre sua visão política durante toda a vida, apesar de ter sido sempre patriótico e apoiador das Forças Armadas Americanas. Foi defensor liberal e libertário.

Foi consultor do filme Destination Moon (1950). Ele morreu dormindo de enfisema e insuficiência cardíaca em 8 de maio de 1988.

Literatura[editar | editar código-fonte]

Seus livros venderam mais de 30 milhões de cópias nos Estados Unidos e mais de 100 milhões através do mundo. É o único autor que ganhou quatro prêmios Hugo de melhor romance de ficção científica, por Estrela oculta (1956), Tropas estelares (1959), Um estranho numa terra estranha (1961) e Revolta na Lua (1966). Foi o primeiro autor de ficção científica a figurar na lista de best-sellers do New York Times (com Um estranho numa terra estranha), isso se repetiu com seus últimos cinco livros.[5]

Obras (Parcial)[editar | editar código-fonte]

Apenas as traduzidas para o português. O ano se refere à data de publicação original.

  • A companhia dos mágicos (Magic, Inc., 1940)
  • O dia depois de amanhã (título no Brasil) ou A sexta coluna (título em Portugal) (Sixth Column ou The Day After Tomorrow, 1941)
  • Waldo (1942)
  • Nave Galileu (Rocket Ship Galileo, 1947)
  • O planeta vermelho (Red Planet, 1949)
  • Entre planetas (Between Planets, 1951)
  • Os manipuladores (The Puppet Masters, 1951)
  • Um negócio de família (The Rolling Stones ou Tramp Space Ship, 1952)
  • O monstro do espaço (The Star Beast ou Star Lummox, 1954)
  • Estrela oculta (Double Star, 1955)
  • Um túnel no céu (Tunnel in the Sky, 1955)
  • O tempo das estrelas (Time for the Stars, 1956)
  • Escala no Tempo (título no Brasil) ou A porta para o verão (título em Portugal) (The Door Into Summer, 1957)
  • Cidadão da Galáxia (Citizen of the Galaxy, 1957)
  • Viajantes do espaço (título no Brasil) ou Equipagem espacial (título em Portugal) (Have Spacesuit - Will Travel, 1958)
  • A ameaça da Terra (The Menace from Earth, 1959)
  • Tropas estelares (Starship Troopers ou Starship Soldier, 1959)
  • Um estranho numa terra estranha (Stranger in a Strange Land, 1961)
  • A rapariga de Marte (Podkayne of Mars, 1962)
  • O mundo que nos espera (Farnham's Freehold, 1964)
  • Estrada da glória (Glory Road, 1964 – Prémio Hugo)
  • Revolta na Lua (The Moon is a Harsh Mistress, 1967 – Prémio Hugo)
  • Não temerei nenhum mal (I Will Fear No Evil, 1970)
  • O número do monstro (The Number of the Beast, 1979)
  • Friday (1982)
  • O gato que atravessa paredes (The Cat Who Walks Through Walls: A Comedy of Manners, 1985)

Série História do Futuro[editar | editar código-fonte]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Robert A. Heinlein

Em inglês[editar | editar código-fonte]

Em português[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este(a) artigo sobre um(a) escritor(a) de ficção científica e fantasia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.