Robert Bennett Bean

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Robert Bennett Bean
Nascimento 22 de março de 1874
Gala, Botetourt, Estados Unidos
Morte 1944 (70 anos)
Nacionalidade estadunidense
Ocupação professor, antropólogo, etnólogo
Magnum opus The Races of Man (1932)

Robert Bennett Bean (Gala, Botetourt, 22 de março de 1874 - 1944) foi um professor, anatomista, etnólogo e antropólogo físico estadunidense.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Robert Bennet Bean nasceu em 22 de março de 1874 em Gala, no Botetourt, descendendo através de sua mãe do colono e fazendeiro William Randolph. Estudou medicina e anatomia, obtendo bacharelado naquela e doutorado nesta em 1904. Serviu como professor de anatomia em diversas universidades, incluindo a Universidade de Michigan (1905-1907), a Escola Filipina de Medicina em Manila (1908), a Universidade Tulane da Louisiana (1910-1916) e foi professor associado na Universidade da Virgína até aposentar-se. Em 1908, nasceu sua filha Mary Archer Bean Eppes, com sua esposa Adalaide Leiper Martin Bean. Tornou-se conselheiro da Associação Antropológica Americana em 1919 e foi também presidente regional da Associação Americana para o Avanço da Ciência em 1926. Morreu em 1944, e está enterrado no cemitério da Universidade de Virgínia.[1][2]

É especialmente lembrado por seu livro etnológico e antropológico físico The Races of Man, de 1932.[2]

Referências

  1. «Dr Robert Bennett Bean». Find a Grave 
  2. a b Terry, R. J. (1946). «"Robert Bennett Bean", 1874-1944». American Anthropologist. 48 (1). pp. 70–74