Robert Horvitz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Robert Horvitz
Nascimento 8 de maio de 1947 (70 anos)
Chicago
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Alma mater Instituto de Tecnologia de Massachusetts
Prêmios Prêmio NAS de Biologia Molecular (1988), Prêmio Alfred P. Sloan Jr. (1998), Prêmio Charles-Leopold Mayer (2000), Prêmio Wiley de Ciências Biomédicas (2002), Prêmio Gruber de Genética (2002), Nobel prize medal.svg Nobel de Fisiologia ou Medicina (2002)
Instituições Instituto de Tecnologia de Massachusetts
Campo(s) Biologia

Howard Robert Horvitz (Chicago, 8 de maio de 1947) é um biologista estadunidense.

Foi agraciado, juntamente com o sul-africano Sydney Brenner e o britânico John Sulston, com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 2002, por pesquisas pioneiras para o desenvolvimento de trabalhos de biologia do desenvolvimento e da morte celular programada, a apoptose, também conhecido como suicídio celular.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Leland Hartwell, Richard Timothy Hunt e Paul Nurse
Nobel de Fisiologia ou Medicina
2002
com Sydney Brenner e John Sulston
Sucedido por
Paul Lauterbur e Peter Mansfield


Ícone de esboço Este artigo sobre um médico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.