Robert W. Malone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Robert Wallace Malone
Conhecido(a) por Propagar desinformação durante a Pandemia de COVID-19
Nacionalidade Americano
Alma mater Northwestern University (MSc)
Universidade da Califórnia em Davis (BSc)
Ocupação Virologista
Página oficial
rwmalonemd.com

Robert Wallace Malone é um virologista e imunologista estadunidense que desenvolveu pesquisas em tecnologias de mRNA, medicamentos e reposicionamento de fármacos. Ganhou notoriedade pública por promover desinformação durante a pandemia de COVID-19,[1] que foi difundida nas redes sociais juntamente com a falsa alegação de que Malone teria sido o inventor da vacina mRNA.[2]

Formação

Robert Malone se formou na University of California Davis e recebeu seu MD pela Northwestern University.[3]

Carreira

Na década de 1980, enquanto era pesquisador do Instituto Salk, Malone realizou estudos sobre tecnologia de mRNA, conseguindo transferir mRNA protegido por um lipossoma para células em cultura para que estas fossem capazes de produzirem certas proteínas.[4][5] No início da década de 1990, ele colaborou com Jon A. Wolff, Dennis A. Carson e outros em um estudo que sugeriu pela primeira vez a possibilidade de sintetizar mRNA em um laboratório para desencadear a produção de uma proteína desejada.[6] Um artigo da revista científica Nature atribui essas pesquisas como tendo sido um passo importante no desenvolvimento posterior das vacinas baseadas nesse tipo de tecnologia.[7] Malone afirma[8] ser o inventor da tecnologia de mRNA, porém, o crédito pela distinção é mais frequentemente dado a avanços posteriores por Katalin Karikó ou Derrick Rossi.[4][9][10]

Até 2020, Malone era diretor médico da Alchem Laboratories, uma empresa farmacêutica da Flórida.[11] Ele já foi diretor de assuntos clínicos do Avancer Group, membro do conselho consultivo científico da EpiVax, professor assistente na escola de medicina da Universidade de Maryland em Baltimore e professor associado adjunto de biotecnologia na Kennesaw State University.[12] Em 2016, como CEO da Atheric Pharmaceuticals, ele foi contratado pelo Governo dos Estados Unidos para auxiliar no desenvolvimento de um tratamento para o vírus Zika, avaliando a eficácia dos medicamentos existentes.[13][14]

Durante o período da pandemia de COVID-19, circularam nas redes sociais alegações de que Malone teria sido o inventor da vacina de mRNA. De fato, Malone publicou um artigo acadêmico em que expõe uma forma de transferir RNA entre células, em células de cultura e ratinhos de laboratório. A descoberta da transferência de RNA sem reações inflamatórias é atribuída a Katalin Karikó e a Drew Weissman e tem sido empregada pela Moderna pela BioNTech, desde a criação de dessas empresa, respetivamente em 2010 e em 2008.[15]

COVID-19

Malone foi criticado por propagar desinformação durante a pandemia de COVID-19, notavelmente tendo feito afirmações sobre a alegada toxicidade das proteínas spike geradas por algumas vacinas contra a doença. Ele disse que teve sua conta do LinkedIn suspensa devido por postagens em que questionava a eficácia de algumas vacinas COVID-19.[5][10][16][17]

No final de 2020, Malone, juntamente com outro pesquisador, propôs com sucesso aos editores do periódico Frontiers in Pharmacology publicar uma edição especial apresentando os primeiros estudos observacionais sobre o uso de medicamentos existentes no tratamento de COVID-19, para os quais eles recrutaram outros editores, colaboradores e revisores convidados. O periódico rejeitou dois dos artigos selecionados: um de coautoria de Malone sobre famotidina, e o outro sobre o antiparasítico ivermectina, submetido pelo médico Pierre Kory, da organização Front Line COVID-19 Critical Care Alliance,[18] um grupo de médicos intensivistas que tem defendido o uso de ivermectina, apesar da ausência de ensaios clínicos randomizados que comprovem sua segurança ou eficácia no tratamento de COVID-19.[19] Esta rejeição levou Malone e a maioria dos outros editores a renunciarem e o periódico cancelou a edição especial.[18]

Referências

  1. Bartlett, Tom (12 de agosto de 2021). «The Vaccine Scientist Spreading Vaccine Misinformation». The Atlantic (em inglês). Consultado em 15 de dezembro de 2021 
  2. Matsuki, Edgard (15 de dezembro de 2021). «Robert Malone é o inventor da vacina mRNA e está certo sobre vacinação de crianças #boato». Boatos.org. Consultado em 9 de janeiro de 2022 
  3. «License Number: D55466 Dr. Robert Wallace Malone». Physician Profile Portal. Maryland Board of Physicians. Consultado em 29 de julho de 2021 
  4. a b Nogueira, Mariana (20 de julho de 2021). «Robert Malone é o inventor das vacinas de mRNA?». Visão. Consultado em 29 de julho de 2021 
  5. a b Jacob, Manon (13 de julho de 2021). «Flawed study misrepresents Covid-19 vaccination fatality rate». Agence France Presse. Consultado em 29 de julho de 2021 
  6. Monroe, Linda (23 de março de 1990). «Biotech Firm Takes the Simple Route to Gene Therapy Success». Los Angeles Times. Consultado em 31 de julho de 2021 
  7. Dolgin, Elie (14 de setembro de 2021). «The tangled history of mRNA vaccines». Nature (em inglês) (7876): 318–324. doi:10.1038/d41586-021-02483-w. Consultado em 18 de dezembro de 2021 
  8. «About Us». rwmalonemd.com. Robert W. Malone. Consultado em 1º de agosto de 2021. Cópia arquivada em 2 de junho de 2021. Dr. Malone is the discoverer of in-vitro and in-vivo RNA transfection and the inventor of mRNA vaccines, while he was at the Salk Institute in 1988. 
  9. «From COVID to Malaria: The potential of mRNA vaccines». Deutsche Welle. 28 de julho de 2021. Consultado em 29 de julho de 2021 
  10. a b Kertscher, Tom (16 de junho de 2021). «The COVID-19 vaccines' "spike protein is very dangerous, it's cytotoxic."». Politifact. Consultado em 29 de julho de 2021 
  11. Lardner, Richard (23 de julho de 2020). «Pepcid as a virus remedy? Trump admin's $21M gamble fizzled». Washington Post. Associated Press. Consultado em 29 de julho de 2021 
  12. Perlman, William (8 de março de 2016). «Zika Countermeasure Options Explored». Contagion. Consultado em 29 de julho de 2021 
  13. Chang, Ailsa (12 de maio de 2016). «White House Request For Emergency Zika Funding Hits Roadblock In Congress». WBUR-FM. Consultado em 29 de julho de 2021 
  14. Szabo, Liz (5 de maio de 2016). «Researchers look to repurpose approved drugs to treat Zika virus». USA Today. Consultado em 29 de julho de 2021 
  15. Almeida Nogueira, Mariana (20 de julho de 2021). «Fact Check: Robert Malone é o inventor das vacinas de mRNA?». Visão. Consultado em 17 de janeiro de 2022 
  16. «Fact Check-COVID-19 vaccines are not 'cytotoxic'». Reuters. 18 de junho de 2021. Consultado em 31 de julho de 2021. Cópia arquivada em 25 de julho de 2021 
  17. D'Angelo, Peter (4 de julho de 2021). «Usa, uno degli scienziati dell'Rna messaggero denuncia: "Censurato da Linkedin" dopo aver espresso preoccupazione sulla trasparenza del governo rispetto ai potenziali rischi dei vaccini. La polemica con Reuters». Il Fatto Quotidiano (em italiano). Consultado em 29 de julho de 2021 
  18. a b Offord, Catherine (28 de abril de 2021). «Frontiers Pulls Special COVID-19 Issue After Content Dispute». The Scientist. Consultado em 29 de julho de 2021 
  19. Fiore, Kristina (6 de janeiro de 2021). «What's Behind the Ivermectin-for-COVID Buzz?». MedPage Today. Consultado em 31 de julho de 2021. Cópia arquivada em 25 de julho de 2021 

Ligações externas