Roberto Ayala

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Roberto Ayala
Roberto Ayala y Javier Zanetti - 07FEB2007 - Francia - presidencia-govar.jpg
Informações pessoais
Nome completo Roberto Fabián Ayala
Data de nasc. 14 de abril de 1973 (46 anos)
Local de nasc. Paraná,  Argentina
Altura 1,77 m
Apelido El Ratón
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Zagueiro, Lateral-direito
Clubes de juventude
Argentina Ferro Carril Oeste
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
19911994
19941995
19951998
19982000
20002007
2007
20072009
2010
Argentina Ferro Carril Oeste
Argentina River Plate
Itália Napoli
Itália Milan
Espanha Valencia
Espanha Villarreal
Espanha Real Zaragoza
Argentina Racing
00072 0000(1)
00040 0000(0)
00089 0000(1)
00035 0000(0)
00246 0000(12)
00000 0000(0)
00081 0000(4)
00016 0000(0)
Seleção nacional
19942007 Flag of Argentina.svg Argentina 00115 0000(7)
Medalhas
Jogos Olímpicos
Prata Atlanta 1996 Futebol
Ouro Atenas 2004 Futebol

Roberto Fabián Ayala (Paraná, 14 de Abril de 1973) é um ex-futebolista profissional argentino, campeão olímpico.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Revelado em 1991 pelo Club Ferro, fez história na Seleção Argentina, e foi por muitas vezes o capitão do time. Jogou também no River Plate, Napoli, Milan, e em 2000 se transferiu para o Valencia, onde jogou por sete anos.

Em 2007 foi contratado pelo Villarreal, mas não jogou sequer uma partida por lá, e foi então contratado pelo Real Zaragoza. Depois de rescindir contrato com o clube espanhol no final de 2009, Ayala acertou com o Racing, da Argentina.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Ele foi a três copas pela Seleção Argentina, em 1998, 2002 e 2006. Participou também de duas Olimpíadas, em 1996 e 2004, onde foi campeão. Também participou de quatro edições da Copa América. Anunciou no dia 17 de Julho de 2007, que seu ciclo na seleção chegava ao fim, após a derrota na partida contra o Brasil, válida pela final da Copa America de 2007. Na partida, Ayala marcou um gol-contra, após cruzamento de Daniel Alves.

No início de 2011, aos 37 anos e com um currículo que inclui 115 partidas pela seleção argentina, Roberto Ayala decidiu não renovar seu contrato com o Racing e anunciou sua despedida dos gramados.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Seleção Argentina
River Plate
Milan
Valencia

Referências

  1. «Perfil na Sports Reference». Consultado em 17 de junho de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]