Roberto Faissal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Roberto Faissal
Nome completo Roberto Siqueira Matoso Faissal
Nascimento 11 de março de 1929
Guarulhos, São Paulo
Nacionalidade brasileiro
Morte 25 de outubro de 1988 (59 anos)
Rio de Janeiro (RJ)
Ocupação Ator, apresentador e radialista
IMDb: (inglês)

Roberto Siqueira Matoso Faissal (Guarulhos, 11 de março de 1929Rio de Janeiro, 25 de outubro de 1988) foi um ator, apresentador e radialista brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

A vida de Roberto Faissal se confunde com a história da Rádio Nacional. Também ficou conhecido nacionalmente por compor músicas, entre elas "A Cabeleira do Zezé" e "Maria Sapatão", marchinhas de carnaval que são sucesso até hoje e que ele compôs com João Roberto Kelly.

Roberto Faissal também trabalhou por muito tempo na Atlântida Cinematográfica como ator onde conheceu outros nomes da televisão como Eliana Macedo, Adelaide Chiozzo, Anselmo Duarte, José Lewgoy, Oscarito, Grande Otelo e tantos outros.

Trabalhou apenas para uma emissora de televisão, a TV Globo, na qual estreou em 1968.

Morreu em seu apartamento no ano de 1988 no Rio de Janeiro aos 59 anos, de Acidente vascular cerebral deixando três filhos.

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • 1954 - Venenosos
  • 1955 - Todo dia é dia de Chanchada
  • 1958 - Os Grandes Amores da Minha Vida
  • 1960 a 1964 - Nova Era
  • 1965 - Ruas de São Tadeu
  • 1970 a 1975 - Em cima da Hora
  • 1978 - Movimentos no Escuro
  • 1979 a 1981 - Intimidade

Televisão[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]