Roberto I da Normandia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Roberto I de Normandia
Duque da Normandia
Estátua de Roberto em Falaise.
Governo
Reinado Duque da Normandia
Dinastia Normanda
Vida
Nascimento 1010
Morte 22 de julho de 1035 (25 anos)
Niceia, Anatólia
Sepultamento Basílica de Niceia
Reenterro (1187): Apúlia, Itália
Pai Ricardo II da Normandia
Mãe Judite da Bretanha

Roberto I de Normandia, também conhecido como Roberto, o Liberal, Roberto, o Diabo, e Roberto, o Magnífico (1010 - 22 de julho de 1035), foi duque de Normandia de agosto de 1027 até sua morte.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Apesar de ter sido o segundo filho de Ricardo II da Normandia, chegou ao senhorio do ducado ao suceder o ser irmão, Ricardo III da Normandia, que morreu prematuramente de uma forma tida como misteriosa, tendo Roberto I sido acusado várias vezes da morte do irmão. Foi um apoiante feudal do rei Henrique I de França,[1] contra os irmãos do rei que se haviam revoltado contra a coroa, tendo recebido pelo serviço prestado o território de Vexin.

Estandarte da Normandia

Foi interveniente nos assuntos da Flandres e apoiou o seu primo Eduardo, o Confessor auxiliando na corte ducal a eventual submissão da Inglaterra ao rei dinamarquês Sueno I da Dinamarca. Chegou mesmo a pensar a intervir militarmente em Inglaterra. No campo da religião comandou a reforma monástica do Ducado Normando.

Durante 1034, durante uma grande fome por quase todo o Ocidente, decidiu partir em peregrinação a Jerusalém deixando nomeado como sucessor o seu único filho varão, o considerado ilegitimo Guilherme, o Bastardo,[2] sob tutela de Alano III da Bretanha. Partiu em fevereiro de 1035 tendo morrido no caminho de regresso em Niceia, no dia 3 de julho de 1035. A sua morte precoce lançou o ducado numa onda de problemas e numa anarquia em larga escala levada pela disputa da herança do ducado. Estes problemas só foram resolvidos anos mais tarde com a Batalha de Val-ès-Dunes.

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi o segundo filho de Ricardo II da Normandia, Duque da Normandia (970 - 28 de Agosto de 1027[3] e de Judite da Bretanha (950 - ?). Casou com Arlete de Falaise (1011 - 1062)[4] , filha de Fulberto de Falaise e de Doue ou Doda, de quem teve:

  1. Adelaide da Normandia (1029 -?) casou com Enguerrand II de Ponthieu (c. 1029 - 1053).
  2. Guilherme I de Inglaterra (1028 - 9 de setembro de 1087) , Duque da Normandia de 1035 a 1087 e Rei de Inglaterra de 1066 a 1087. Foi casado com Matilde de Flandres (1030 - 2 de novembro de 1083), filha de Balduíno V da Flandres (1012 - 1 de setembro de 1067)[5] , conde de Flandres, e de Adelaide de França (1009 - 1079), condessa de Corbie, filha do rei Roberto II de França,[6] e neta de Hugo Capeto, isto apesar da oposição do Papa Leão IX devido ao grau de parentesco que havia entre eles.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • The Lives of the Kings and Queens of England, Antonia Fraser, Book Club Associates, 1ª Edição, London, 1975. Pág. 24.

Referências

  1. Henri sur le site Foundation for Medieval Genealogy
  2. Bates, David (2001). William the Conqueror (Stroud, RU: Tempus). p. 33. ISBN 0-7524-1980-3. 
  3. Burke, John Bernard (1852). The Royal Families of England, Scotland, and Wales, with Their Descendants, Sovereigns and Subjects BiblioBazaar (2009) [S.l.] p. ii–iii, Section V. ISBN 1115404474. 
  4. David C. Douglas, William the Conqueror, University of California Press, 1964, p. 380-383.
  5. Condes da Flrandes
  6. Genealogia de Roberto II no site FMG (em francês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Roberto I da Normandia