Robolab

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tela do software Robolab, versão 2.5.4.

O ROBOLAB é um programa de computador para automação e controle de dispositivos robóticos LEGO.

Foi desenvolvido pela Tufts University com base no LabVIEW, da National Instruments, para controlar o tijolo programável Robotic Command Explorer (RCX) da linha LEGO Mindstorms.

Desenvolvido como um software educacional, especialmente para professores e adultos trabalhando com grupos de crianças, o programa é baseado em ícones, permitindo aos educandos visualisar as instruções que estão seguindo conjuntamente na construção de seus robôs. O programa prevê níveis de programação básico, intermediário e avançado, incluindo geração de relatórios de dados. A plataforma permite a esses educandos o primeiro contato com técnicas reais de programação de modo amigável e divertido, desenvolvendo o próprio programa em um microcomputador e transferindo-o para o tijolo LEGO RCX.

Os três níveis de ambiente de programação são denominados:

  • PILOTO - o ambiente básico, onde os programas são construídos através de um clique e de um interface escolhido, em quatro níveis crescentes de dificuldade.
  • INVENTOR - um ambiente de programação mais avançado e flexível, também apresentado em quatro níveis crescentes de dificuldade. Utilizando ícones semelhantes aos do ambiente PILOTO, disponibiliza ícones de comando adicionais à medida que o usuário progride através dos níveis. Os ícones podem ser selecionados a partir de uma paleta e colocados na janela do programa.
  • INVESTIGADOR - amplia o ambiente para a utilização do RCX e do ROBOLAB de forma a permitir experiências que usem programação, geração de relatórios de dados, ferramentas de computação e documentação. Os ícones são os mesmos que nos ambientes anteriores, acrescidos de ícones de comando adicionais para geração de relatórios. Neste ponto, o usuário programa o RCX para coletar dados. Após rodar o programa, ele transfere os dados através da torre de raios infravermelhos para o ambiente INVESTIGADOR para posterior análise e comparação. Complementarmente ao programa, a ferramenta de relatório pode ser utilizada para
    • Gravar hipóteses;
    • Gravar dados processados;
    • Adicionar gráficos e dados em apoio a conclusões;
    • Editar resultados para apresentações na tela.

Requisitos de sistema[editar | editar código-fonte]

  • Ambiente Microsoft Windows: Windows 98 ou mais alto (para transmissão USB), processador 133 Mhz, 32 Mb de RAM, disco rígido com 180 Mb de espaço livre, uma porta serial livre.
  • Ambiente Macintosh: Sistema Operacional 9.0 ou superior, processador PowerMac™ de 166 MHz, 64 Mb RAM, disco rígido com 180 Mb de espaço livre, uma porta serial livre.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.