Rockgol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nota: Este artigo é sobre o campeonato. Se procura pela mesa-redonda, consulte Rockgol (programa de televisão).
Rockgol Campeonato
Informação geral
Formato
Gênero Humorístico
Duração 60 minutos
País de origem  Brasil
Idioma original {{{idioma}}}
Produção
Apresentador(es) Paulo Bonfá & Marco Bianchi (1997, 1999-2008)
Felipe Xavier (1997)
Soninha Francine & Sílvio Luiz (1998)
Marcelo Adnet (2011)
Daniel Furlan (2013)
Narrador(es) Paulo Bonfá & Marco Bianchi (1997, 1999-2008)
Marcelo Adnet, Edu Elias (2011), Paulinho Serra, Daniel Furlan e Juliano Enrico (2013)
Exibição
Emissora de televisão original MTV Brasil
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 1995 - 2008; 2011; 2013
N.º de temporadas 15
Cronologia
Programas relacionados Rockgol (programa de televisão)

Rockgol (antigamente conhecido Rock & Gol, trocadilho com rock n' roll) foi um campeonato de futebol disputado por músicos, exibido pela MTV Brasil anualmente, entre 1995 e 2008, e depois em 2011 e 2013. A primeira edição, em 1995, foi realizada em uma sede particular no Morumbi.

Com exceção da primeira edição em 1995 e de duas edições realizadas no Rio de Janeiro - no Estádio da Gávea do Flamengo em 2000 e o Morro dos Prazeres em 2011 - foi realizado em dois clubes paulistanos, o Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães em 2008 e o São Paulo Athletic Club (SPAC) em 1996, 1997, 1998, 1999, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006 e 2007.

É notado pelo humor do baixo nível técnico dos músicos-jogadores e da narração, geralmente feita por comediantes. As duas primeiras edições do Rockgol não passavam os jogos na íntegra, apenas compactos e reportagens apresentadas pelos VJs da emissora. Em 1997, o trio Os Sobrinhos do Ataíde apresentou o programa, com Felipe Xavier fazendo reportagens e Paulo Bonfá e Marco Bianchi narrando os jogos. Em 1998, a então VJ Soninha Francine e o narrador Silvio Luiz ocuparam o posto de apresentadores, mas Bonfá e Bianchi retornaram em 1999 para continuarem no comando do torneio até 2008. O campeonato retornou à MTV em 2011 contando com a narração de Marcelo Adnet, com os comentários de Edu Elias, Tatá Werneck, e Paulo Tiefenthaler como repórter de campo. A última edição, realizada em 2013, contou com Paulinho Serra e Daniel Furlan na narração e comentários de Juliano Enrico. Desta vez o campeonato voltou a São Paulo realizado no Campo da Aclimação e teve como campeões o time da banda CPM 22.

História[editar | editar código-fonte]

Rockgol 1995[editar | editar código-fonte]

No primeiro ano do Rockgol participaram: Skank, Barão Vermelho, Raimundos, Maskavo Roots, Ratos de Porão, Titãs, Os Paralamas do Sucesso e Cidade Negra.[1]

Foram convidados ex jogadores para integrar as equipes: Zé Maria, Cesar Maluco, Luizinho, Edu, Afonsinho, Serginho Chulapa.

Times

  • 'Raimundos'
  • 'Cidade Negra'
  • 'Ratos de Porão'
  • 'Paralamas do Sucesso'
  • 'Barão Vermelho'
  • 'Titãs'
  • 'Skank'
  • 'Maskavo Roots'

Rockgol 1996[editar | editar código-fonte]

Em 1996 o campeonato já contava com dezesseis bandas inscritas, contando com participação de roadies e músicos.

Times

  • 'Raimundos'
  • 'Planet Hemp'
  • 'O Rappa'
  • 'Engenheiros do Hawaii'
  • 'Barão Vermelho'
  • 'Karnak'
  • 'Virna Lisi'
  • 'Chico Science'
  • 'Maskavo Roots'
  • 'Ratos de Porão'
  • 'Sr Banana "
  • 'Ultraje a Rigor '
  • 'Titãs'
  • 'Viper'
  • 'Skank'
  • 'Cidade Negra'

Rockgol 1997[editar | editar código-fonte]

Depois de dois anos em que o campeonato também tinha ex-jogadores e roadies, na edição de 97 teve um regulamento que durou até o fim do torneio, somente bandas, cantores e músicos que apareciam em videoclipes veiculados pela MTV, ou o nome constava nos créditos de discos podiam jogar[2], e também foi o primeiro a ser transmitido na íntegra na programação. E foi o primeiro campeonato que contou com combinado de várias bandas e músicos no mesmo time, e a partir dessa edição, o campeonato contava com arquibancada e torcidas, e também pódio e premiações. Para narrar o campeonato foram chamados: Paulo Bonfá e Marco Bianchi, na reportagem Felipe Xavier, que na época apresentavam o programa "Sobrinhos do Ataíde" na 89 FM.

Times

  • Raimundos: Raimundos/Little Quail and The Madbirds/P.U.S/Ronaldo e os Impedidos
  • Ultraje a Rigor e Dr. Sin
  • Planet Hemp: Planet Hemp/Suínos Tesudos
  • Paralamas do Sucesso e Nação Zumbi
  • O Rappa: O Rappa/Funk N' Lata
  • Cidade Negra: Cidade Negra/Gabriel O Pensador/Toni Platão
  • Viper
  • MTV
  • Barão Vermelho: Barão Vermelho/Blitz
  • Virna Lisi e Tantra
  • Ratos de Porão e Sepultura: Ratos De Porão/Sepultura/D.F.C/Korzus
  • Virgulostras: Virgulóides/Os Ostras
  • Karnak
  • Sr Banana e Resist Control
  • Ira! e Nenhum de Nós
  • Titãs: Titãs/Inocentes/Lagoa

Rockgol 1998[editar | editar código-fonte]

A novidade na edição de 1998 no torneio foi a narração da então VJ Soninha, com os comentários de Sílvio Luiz. O repórter de campo foi Marcelo Yuka, que na época era baterista da banda O Rappa.

Times:

  • O Rappa
  • Biquini Cavadão e Pedro Luís e A Parede
  • Skuba e Skamoondongos
  • Planet Hemp e Squaws
  • Skank: Skank/Nepal/Funk N'Lata/Baia e Rock Boys
  • Baba Côsmica e Márcio e Goró
  • Sr Banana
  • Art Popular
  • Dado e o Reino Animal: Dado e o Reino Animal/Cidade Negra/Barão Vermelho/Toni Platão/Tantra/Devótos
  • Charlie Brown Jr e Pavilhão 9
  • Raimundos: Raimundos/Natiruts/P.U.S
  • Ira! e Nenhum de Nós
  • Pato Fu e Karnak
  • Negritude Jr
  • Claudinho & Buchecha e Os Morenos
  • MTV

Rockgol 1999[editar | editar código-fonte]

A partir da edição de 1999, Paulo Bonfá e Marco Bianchi tornaram-se apresentadores fixo do torneio, até 2008.

Times

  • Raimundos e Natiruts
  • Skank e Dread Lion
  • Oz Cambora: Otto/Cláudio Zoli/Rumbora/Câmbio Negro
  • Ostheobaldo e Charlie Brown Jr.
  • Inocentes e Os Ostras
  • Pato Fu e Karnak
  • Ira! e Capital Inicial
  • Claudinho & Buchecha e Os Morenos
  • Sepultura
  • Molejo e Exaltasamba
  • Karametade
  • Art Popular
  • Barão Negro e o Reino Animal: Barão Vermelho/Dado e o Reino Animal/Cidade Negra/Toni Platão
  • Soweto
  • Jota Quest
  • MTV

Rockgol 2000[editar | editar código-fonte]

Primeira edição fora de São Paulo, realizada no Estádio da Gávea no Rio de Janeiro.

Times

  • Raimundos e Natiruts: Raimundos/Natiruts/P.U.S/Kiko Zambianchi
  • Skank e Dread Lion: Skank/Dread Lion/Baia e Rock Boys
  • Claudinho e Buchecha, Os Morenos
  • Miami Rock Allstars: Comunidade Nin Jitsu/De Falla/Funk Fuckers
  • Art Popular e MV Bill
  • Los Irados a Rigor: Los Hermanos/Ultraje a Rigor/Ira!
  • Sepultura: Sepultura/Angra/Autoramas/Ratos de Porão/Lucas Santtana
  • Mega F.C: Vinny/LS Jack/Os Anjos/Luiz Melodia
  • Capital Inicial e Maurício Manieri
  • Biquini Cavadão e Dudu Nobre
  • Pedro Luis e a Parede e Negril: Pedro Luís e a Parede/Negril/Boato
  • Dado e os Selvagens: Dado e o Reino Animal/Paralamas/Barão Vernelho/Toni Platão/Blitz/Devotos/Mãe da Rua
  • Rapazes do Congado: Cidade Negra/SPC/Nocaute
  • O Rappa e Sheik Tosado
  • Os Impossíveis: Otto/Rumbora/Simoninha/Pedro Mariano/Jair Oliveira/Max de Castro
  • S.A.S: Só No Sapatinho/Katinguelê/Negritude Jr.

Rockgol 2001[editar | editar código-fonte]

Foi o último torneio a contar com times combinados por músicos.

Times

  • Raimundos e Natiruts: Raimundos/Natiruts/P.U.S./Comunidade Nin Jitsu/Mãe da Rua
  • Skank e Dread Lion: Skank/Dread Lion/Baia e Rock Boys
  • Tihuana/O Surto
  • Pavilhão e Aliados: Pavilhão 9/Supla/Ratos de Porão/Korzus/Shaman
  • União Santista: Charlie Brown Jr/Garage Fuzz/Criminal Devótos
  • M.S.T: Cidade Negra/Nocaute/SPC/Afro Reggae/Devótos
  • Capital Inicial: Capital Inicial/Bidê Ou Balde
  • Falamanieri: Falamansa/Maurício Manieri
  • Los Irados a Rigor: Los Hermanos/Ira!/Ultraje a Rigor
  • Clube da Esgrima: Pato Fu/Sideral/Jota Quest/Tianastácia
  • Twister/Mary's Band
  • Os Viralata: Vinny/LS Jack/Tribo de Jah/Cabeçudos
  • Xis e MV Bill: Xis/MV Bill/Thaíde e Dj Hum/SNJ/Camorra/Potencial 3/Doctor MC's/Possemente Zulu
  • O Rappa e Planet Hemp: O Rappa/Planet Hemp/Farofa Carioca
  • Rumbora Reunidos: Rumbora/Simoninha/Pedro Mariano/Jair Oliveira/Max de Castro/Daniel Carlomagno
  • Art e Cia: Art Popular/Katinguelê/Negritude Jr/Exaltasamba

Rockgol 2002[editar | editar código-fonte]

Depois de todos os torneios anteriores em formato eliminatório, se introduziu o sistema de grupos, com doze times divididos em 3 grupos (grupo M, grupo T e grupo V, completando MTV) na primeira fase. Os melhores times dessa fase (os vencedores de cada grupo, mais o melhor segundo colocado) passam à fase decisiva. Os times passaram a ser escolhidos em sorteio.

Times

Grupo M:

  • Comunidade Natidanja: Natiruts / Comunidade Nin Jitsu/Jairzinho
  • Os Alquimistas: Xis / Rumbora / Pedro Luis e a Parede / Rappin Hood
  • Os Marleys: Cidade Negra / Claudinho & Buchecha / Maskavo
  • Nadavê F.C: Ratos de Porão/ Os Travessos / Lampirônicos

Grupo T:

  • Kicaca: Capital Inicial / Catedral / Kiko Zambianchi
  • Manicômio: Ira! / O Surto / DMN
  • Rockers F.C: CPM 22 / Vinny / Tihuana
  • S.U.K.O: Otto / Ultraje a Rigor / Karnak / Sideral

Grupo V:

  • Nasfuça: Pato Fu / Tianastacia
  • Os Comédia: Charlie Brown Jr/ Supla/ LS Jack/Max De Castro
  • Rancatoco F.C: Falamansa/ Sepultura/ Simoninha/Pedro Mariano
  • Zumbizoli: Nação Zumbi / Cláudio Zoli

Rockgol 2003[editar | editar código-fonte]

Primeira edição com nomes pré-escolhidos. Por coincidência as duas bandas que formavam a base do campeão anterior se reuniram, levando a um bicampeonato.

Times

Grupo M:

  • Beduínos: Tianastácia/RZO/Acusticos e Valvulados/Felipe Dylon
  • Cruz Torta: Catedral/Ultramen/Peninha(Gungala)
  • Eléctrons: DMN/André Abujamra/Ultraje a Rigor/Supla/Beto Lee
  • Gafanhotos: Ratos de Porão/Pedro Luis e a Parede/Rappin' Hood/Otto/Simoninha

Grupo T:

  • Arsênico: Detonautas/O Surto
  • Bucaneiros: Ira!/O Rappa
  • Químicos: B5/Detentos do Rap/Jair Oliveira
  • XV De Quatorze: Tihuana/Raimundos/Devotos

Grupo V:

  • Aves de Rapina: Cidade Negra/Nação Zumbi
  • Papas Fritas: Comunidade Nin Jitsu/Natiruts/Kiko Zambianchi
  • Pôneis: Dread Lion/Xis/Sideral/Max De Castro
  • Sanguessugas: CPM 22/Kid Abelha/Vinny

Rockgol 2004[editar | editar código-fonte]

Durante a programação de férias da MTV no verão de 2004, foi feita a versão Rockgol de Praia, jogado na praia de Maresias. Os times tinham nomes de cor, participaram do Rockgol de Areia: (Jair Oliveira, Max Viana, Shaaman, Houdini, Tihuana, LS Jack, Lucas Santana, Max de Castro, Ultraje a Rigor, Falamansa, Ultramen, Kiko Zambianchi, Pedro Sol, Alma D'jem, Xis, Otto, DMN, Matanza, Ratos De Porão, Comunidade Nin Jitsu e Acústicos & Valvulados.) Sendo campeões o time Azul (LS Jack, Lucas Santtana e Otto). Já a décima edição contou com equipes com nomes de animais.

Times

Grupo M:

  • Aranhas Negras: Shaman/Br'Oz/Felipe Dylon/Rappin'Hood
  • Hienas: Planta e Raiz/Marcelo D2/Falamansa
  • Víboras: Catedral/Matanza/Superfly/Lucas Santtana
  • Cães Sarnentos: CPM22/Nação Zumbi/LS Jack

Grupo T:

  • Coyotes: Alma D'Jem/André Abujamra/Tianastacia/Ultramen
  • Tamanduás: Orbitais/Dread Lion/Kiko Zambianchi/Sonic Jr.
  • Abutres: Ratos de Porão/Kid Abelha/RZO/Sepultura
  • Orcas: Devotos/Tihuana/Comunidade Nin-Jitsu/Max Viana

Grupo V:

  • Amébas: B5/Natiruts/Supla/Vinny
  • Gaivotas: Ultraje a Rigor/Simoninha/DMN/Acusticos e Valvulados/Jay Vaquer
  • Tubarões: Detonautas/Max de Castro/Pedro Luis e a Parede
  • Besouros: Ira!/Veiga e Salazar/Houdini

Rockgol 2005[editar | editar código-fonte]

As equipes tinham nomes de doenças.

Times

Grupo M:

  • Sarampo: Comunidade Nin-Jitsu/Falamansa/Alma D'Jem/Lucas Santtana
  • Diarréia: Chimarruts/Otto/PR-5/Sideral
  • Catapora: Catedral/Devotos/Pedro Luis e a Parede/Felipe Dylon
  • Enxaqueca: Tianastácia/Daniel Belleza/Planta e Raiz/Sonic Jr

Grupo T:

  • Estressados: Zona Zero/Ultraje a Rigor/B5/Acústicos e Valvulados
  • Frieiras: Dead Fish/Rappin' Hood/Cpm22
  • Cardíacos: Ira!/Bidê ou Balde/Trêmula/Ultramen
  • Diabéticos: Sepultura/Kiko Zambianchi/Dibob/Samambaia

Grupo V:

  • Resfriados: Br'oz/Helião/Korzus/Supla
  • Asmáticos: Black Alien/Cachorro Grande/Detonautas/Ratos de Porão
  • Depressívos: Matanza/DMN/Tihuana
  • Gastrite: Shaman/Aliados 13/Vinny/Simoninha

Rockgol 2006[editar | editar código-fonte]

Em 2006, foi um campeonato menor para a cobertura da Copa de 2006, tendo apenas 2 grupos com quatro times. Os times tinham nomes de países fictícios.

Times

Grupo 1:

  • Riváldia: Dead Fish/Ultramen/ Ratos de Porão/ Simoninha
  • Franboja: Devotos/ Dibob/ Catedral/ Tihuana/ Vinny
  • Xaropostok: Detonautas/ Alma D'Jem/ Plínio Profeta/ Jair Oliveira/ Acústicos & Valvulados
  • Luxemburgo (país real mas o nome é por outro motivo): CPM 22/ Forgotten Boys/ Comunidade Nin-Jitsu/ Relespública/ Xis/ Leandro Sapucahy/ Marcelo D2

Grupo 2:

  • Peperônia: Shaaman/ Planta e Raiz/ Rappin Hood & Johnny MC/ Gabriel O Pensador/ Ultraje a Rigor
  • Pirulândia: Supla/ Massacration/ Falamansa/ Sonic Jr./ Lucas Santtana
  • Nova Coloréia: Ira! / ForFun/ Matanza/ Helião e DJ Hadji/ Felipe Dylon
  • República do Merdistão: Kiko Zambianchi/ DMN/ B5/ Daniel Beleza e os Corações em Fúria/ F.U.R.T.O.

Rockgol 2007[editar | editar código-fonte]

Os nomes eram paródias de clubes.

Times

Grupo M:

  • Chelsicha: André Abujamra/ NX Zero/ Ludov/ Garotos Podres/ Mukeka di Rato
  • Yokohama Japs: Kiko Zambianchi/ O Rappa/ Sepultura/ Carbona/ Detonautas/ Barão Vermelho

Grupo T:

  • Bayern de Recife: Devotos/ Felipe Dylon/ Hateen/ Cascadura/ Ratos de Porão/ Bidê ou Balde
  • Milanesa: DMN/ Acústicos & Valvulados/ Banzé/ Dibob/ CPM 22
  • Semsunga Bluewings: Dead Fish/ Ultraje a Rigor/ Rock Rocket/ Daniel Belleza & Os Corações em Fúria/ Korzus

Grupo V:

  • Real Birigui: Mombojó/ Supla/ Catedral/ Forgotten Boys/ Johnny MC
  • Fenerbafo: Skank/ Trêmula/ Andre Matos e Banda/ Léo Maia

Rockgol 2008[editar | editar código-fonte]

Em 2008, os times tinham nomes inspirados em um artista do time.

Times

Grupo 1:

  • National Association of Sports International: Nasi / Planta e Raiz / Cueio Limão / Seu Cuca / Sideral / Sonic Jr
  • Forfun Soccer Camp: Forfun / Rock Rocket / Zefirina Bomba / Leela / Forgotten Boys / Simoninha
  • Sport Club Supla Paulista: Supla / Mombojó / Matanza / Ludov
  • Sociedade Esportiva Roger: Ultraje a Rigor / DMN / Banzé / Scracho / Mukeka di Rato / Autoramas

Grupo 2:

  • Sociedade Sepultura de Esportes: Sepultura / Ponto de Equilíbrio / Moptop / Cabaret
  • Fresno de Pelotas F. C.: Fresno / Strike / Maldita / Marvin / Devotos / Faces do Subúrbio
  • Clube de Campo Kikozam Bianchi: Kiko Zambianchi / Hateen / Jeito Moleque / Dibob / Ultramen / Jay Vaquer
  • Clube Atlético D2: Marcelo D2 / Leandro Sapucahy/ Vanguart / Dead Fish / Daniel Beleza e os Corações em Fúria

Grupo 3:

  • CPM22 de Novembro de Piracicaba: CPM22 / André Matos e Banda / Carbona / Lucas Santtana / Johnny MC
  • Clube de Regatas Detonautas: Detonautas / Chimarruts / Tihuana / Vinny / Rodrigo Santos
  • Grêmio Recreativo NX Zero: NX Zero / Korzus / Ratos de Porão / Astros/ João Estrela/ Juninho Bill
  • Nação Zumbi dos Palmares: Nação Zumbi /Falamansa /Comunidade Nin-Jitsu /Acusticos e Valvulados /Eddie

Rockgol 2011[editar | editar código-fonte]

Em 2009 e 2010, não houve edições do campeonato por decisão da emissora. Em 2011, o torneio retornou com a apresentação de Marcelo Adnet e Eduardo Elias.[3] O torneio volta para o Rio de Janeiro, na Arena dos Prazeres (Pleasure Arena ou Prazerzão), no Morro dos Prazeres.[4]

Times

Grupo 1:

  • Nasi: Nasi/Detonautas/Scracho/Macaco Bong/Simoninha
  • NX Zero: Nx Zero/ForFun/Planta e Raiz/Criolo
  • Fresno: Fresno/Mombojó/Martin e Eduardo/Devotos
  • D2: Marcelo D2/Cabeza de Panda/Pedro Luis e A Parede/Sonic Jr/Dead Fish/Max de Castro

Grupo 2:

  • Cidade Negra: Cidade Negra/Ratos de Porão/Strike/Matanza/Leandro Sapucahy/Start
  • Skank: Skank/Tihuana/Sabonetes/Toni Platão/Emicida
  • Kiko Zambianchi: Kiko Zambianchi/Móveis Coloniais de Acaju/DMN/Dado Villa Lobos/China/Rodrigo Santos/Rafael Queiroga
  • CPM22: CPM 22/Comunidade Nin-Jitsu/Davi Moraes/Dibob/Restart

Rockgol 2013[editar | editar código-fonte]

A última edição foi realizada no Estádio Jack Marin, Parque da Aclimação.

Times

  • Skank: Skank/DMN/China/Leela/Planta e Raiz/Kiko Zambianchi/Simoninha
  • Fresno: Fresno/ConeCrew/Matanza/Supla/Comunidade Nin-Jitsu
  • CPM22: CPM 22/Sabonetes/Rancore/Esteban
  • Cidade Negra: Cidade Negra/Glória/Scracho/Max de Castro/Ratos De Porão
  • NX Zero: NX Zero/Tihuana/Gabriel o Pensador/Mombojó
  • Forfun: Forfun/Natiruts/Vivendo do Ócio/Projota/Devotos

Materiais Esportivos[editar | editar código-fonte]

  • 1995 a 1999 - Vision Street Wear
  • 2000 - Sem fornecedor
  • 2001 - 2006 - Olympikus
  • 2007 e 2011 - Adidas
  • 2008 - Cavalera
  • 2013 - Sem fornecedor

Apresentação[editar | editar código-fonte]

  • Os Sobrinhos do Ataíde (narração de Paulo Bonfá e Marco Bianchi, reportagens por Felipe Xavier) - 1997
  • Soninha (Narração), Sílvio Luiz (Comentários), Marcelo Yuka (Reportagem) - 1998
  • Paulo Bonfá e Marco Bianchi - 1999-2008; os apresentadores mais associados com o programa, eram notados pelas narrações cheias de distrações como canções, apelidos aos jogadores, e em referência à banda Tubaína, dizer que os jogos eram realizados na cidade de Birigui, "a Massachussetts brasileira", no estádio que atendeu pelos nomes "MTV Sports Arena", "Monumental de Birigui", "Estádio Mané Pipoca" (primo bastardo de Mané Garrincha) e "Estádio Municipal Reynaldo Gianecchini" (o ator é biriguiense), o popular "Reynaldão". Em 2004, Paulo Bonfá e Marco Bianchi apresentavam o campeonato com uma fantasia diferente a cada dia. Em 2005, trocaram a fantasia por perucas, imitando diversos cantores e músicos. Em 2006, passaram a usar chapéus todo programa. Em 2007 passaram a entrevistar os "jogadores" em uma tenda ao lado do campo, onde ofereciam comidas e também faziam uma "homenagem" ao entrevistado.[5]
  • Marcelo Adnet (Narração), Edu Elias (Comentários), Paulo Thiefentaler (Reportagem) - 2011
  • Daniel Furlan (Narração), Juliano Enrico e Paulinho Serra (Comentários) - 2013

Recordes e Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Os maiores vencedores são Fredi Endres, vulgo "Chernobyl" da Comunidade Nin-Jitsu, tricampeão em 2002, 2003 e 2006 (Curiosamente, todos estes títulos foram vencidos em disputas de pênaltis) e a banda Skank, que conquistou os títulos de 1995, 1999 e 2011.[1]
  • Os campeões de participações são: Jão, do Ratos de Porão, e Roger do Ultraje A Rigor, presentes em quase todas as edições do torneio.[1]
  • O grande goleador do Rockgol é Japinha, do CPM 22, que em 2013 chegou aos 58 gols e ultrapassou Alexandre, da banda Natiruts, que fez 35 gols.
  • Felipe Dylon marcou o 1000º gol da história do RockGol em 2005.
  • A banda Barão Vermelho tem o recorde de vice campeonatos do Rockgol em: 1995,1997,1998 e 1999.
  • O único jogador profissional a participar do Rockgol, foi o goleiro Ronaldo (Ex-Corinthians), que integrava a banda Ronaldo e os Impedidos, e fazia parte do time dos Raimundos; caíram na primeira fase, no ano de 1997.
  • Os Maiores Artilheiros do campeonato são: Japinha (Cpm 22), Alexandre (Natiruts), Canibal (Devótos) e Charles (Os Morenos).
  • A Banda Karnak, liderada por André Abujamra, foi a banda que mais sofreu goleadas humilhantes, os gols sofridos foram de: 10x0, 14x1 e 15x0.
  • Na edição de 2003, ocorreram situações curiosas, por exemplo: As bandas Comunidade Nin-Jitsu e Natiruts caíram no times Papas Fritas, vale lembrar que no ano anterior, a parceria rendeu o título do campeonato, e repetiram o feito e foram campeões mais uma vez, a banda Catedral caiu no time Cruz Torta, junto com a banda Ultramen e o percussionista Peninha, e os grupos B5 e Detentos do Rap, formaram o Químicos, uma das combinações mais inusitadas.

Bandas Campeãs[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]