Rocky II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rocky
Rocky II (PT)
Rocky II - A Revanche (BR)
Rocky II.jpg
 Estados Unidos
Inadequado para menores de 12 anos i DEJUS (Brasil)

1979 •  cor •  119 min 
Direção Sylvester Stallone
Roteiro Sylvester Stallone
Elenco Sylvester Stallone
Talia Shire
Burt Young
Carl Weathers
Burgess Meredith
Tony Burton
Género Drama / Ação / Esporte
Lançamento Estados Unidos 15 de Junho de 1979
Portugal 20 de Dezembro de 1979
Brasil 22 de Dezembro de 1979
Idioma Inglês
Orçamento US$ 7.000.000[1]
Receita US$ $200.182.160[2]
Cronologia
Rocky (1976)
Rocky III (1982)
Página no IMDb (em inglês)
Estátua de Rocky Balboa nas proximidades do Museu de Artes a Filadélfia

Rocky II ou Rocky II - A revanche (como ficou conhecido no Brasil) é um filme estadunidense de 1979, com direção, roteiro e atuação de Sylvester Stallone. É o segundo filme da série Rocky.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Após a luta com Apollo Creed, os fãs de boxe pedem uma revanche. Porém, Rocky sofreu graves ferimentos no último combate, e anuncia o seu afastamento dos ringues. Concentra-se no seu relacionamento com Adrian, acabando por se casar e manter uma rotina familiar estável. Porém, o chamamento do ringue assombra-o de tal modo que ele não se consegue manter afastado por muito tempo. Adrian fica grávida, e os dias de gravidez assim como os empregos fracassados de Rocky vão se passando. Rocky então é novamente desafiado por Apollo Creed quando finalmente consegue um emprego mais estável como auxiliar técnico de Mickey, e ambos se sentem obrigados a aceitar, mas Adrian não permite e acaba passando mal, tendo o filho e entrando em coma.

Após alguns dias e orações de Rocky e também de Mickey ela acorda, e diz para Rocky: "Quero que faça algo por mim!". Rocky se aproxima e ela diz: "Vença, vença!". Assim, Rocky tem que se preparar para o combate do século contra Apollo Creed. Mais uma vez a luta é tensa, mas desta vez ambos estão melhores, incluindo nas cores de suas vestes.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagem Atores e Atrizes Estados Unidos Dublagem Brasil Redublagem (TV Paga/Blu-Ray/Netflix)
Rocky Balboa Sylvester Stallone André Filho Luiz Feier Motta
Adrian Talia Shire Carmen Sheila Miriam Ficher
Paulie Burt Young Orlando Prado Júlio Chaves
Mickey Burgess Meredith Dário Lourenço Jomeri Pozzoli
Apollo Creed Carl Weathers Ayrton Cardoso Márcio Simões
Tony Gazzo Joe Spinell Antônio Patiño Marco Antônio Costa
Tony, Treinador de Apollo Tony Burton Júlio César Jorge Lucas
Padre Carmine Paul Micale Dário de Castro Pietro Mário
Mary Anne Creed Sylvia Meals Marlene Costa Izabel Lira
Narrador da Luta Stu Nahan José Santanna Luiz Carlos Persy
Comentarista da Luta Bill Baldwin Newton Apollo Maurício Berger
Locutor no Ringue Jeff Temkin Júlio Chaves Informação não disponível
Locutor Ricardo Mariano Gilberto Lisieux

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

People's Choice Awards 1980 (EUA)

  • Venceu na categoria de Filme Favorito.

American Movie Awards 1980 (EUA)

  • Venceu na categoria de Melhor Filme.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Há um erro grosseiro na dublagem brasileira original deste filme: após o término do décimo round, o treinador de Apollo, Duke, diz a seguinte frase: "Eu pensei que ele tivesse apanhado há dez meses atrás, mas hoje ele é muito pior. Mais um round para o campeão Apollo Doutrinador!". Porém, a versão deste filme para DVD mostra, por meio das legendas em inglês, que esta frase deveria ser dita pelo narrador Bill Baldwin, pois segundos depois a frase é dita, em inglês, pelo citado narrador.
  • Sylvester Stallone conseguiu criar um filme aclamado como "um impressionante esforço a todos os níveis" (Archer Winston, New York Post).
  • Stallone começa a trabalhar de forma interessante as cores dos uniformes dos lutadores. Enquanto no primeiro ele usa um apagado calção branca com detalhe vermelho, neste ele usa um destacado e elegante calção preto com detalhe dourado. Apollo que por sua vez usava uma alusão a bandeira Americana, agora usa um vermelho de como quem "não veio para brincadeiras desta vez". Nas demais sequencias as cores voltam a mudar com o seu devido motivo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.imdb.com/title/tt0079817/business
  2. «Rocky II, Box Office Information». The Numbers. Consultado em 27 de janeiro de 2012