Roda Viva (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Roda Viva"
Canção de Chico Buarque
do álbum Chico Buarque de Hollanda - Volume 3
Lado B Tema Para "Morte e Vida Severina"
Lançamento 1967 (1967)
Formato(s) LP
Gravação 1967
Gênero(s) MPB
Duração 03:43
Gravadora(s) RGE
Letra Chico Buarque de Holanda
Composição Chico Buarque
Produção Roberto Colossi
Faixas de Chico Buarque de Hollanda - Volume 3
Carolina
(5)
O Velho
(2)

"Roda Viva" é uma canção do cantor e compositor brasileiro Chico Buarque de Holanda. Foi classificada em terceiro lugar no III Festival de Música Popular Brasileira, setembro e outubro do ano de 1967, ano em que foi lançada em seu álbum Chico Buarque de Hollanda - Volume 3.[1] A revista Rolling Stone Brasil nomeou "Roda Vida" a vígesima sexta maior música brasileira de todos os tempos.[2]

História[editar | editar código-fonte]

A música "Roda Viva" foi escrita para a peça de teatro de mesmo nome, também de autoria de Chico Buarque. A peça não tinha a ver com política, mas com a trajetória de um cantor massificado pelo esquema da televisão. Em julho de 1968 a peça foi montada em São Paulo quando o CCC invadiu o teatro, depredou o cenário e espancou os atores.[1] Chico Buarque suspeitou, na ocasião, que o CCC pretendia invadir a apresentação do espetáculo dirigido por Augusto Boal, Feira Paulista de Opinião que acontecia em outra sala do mesmo teatro.

Programa Roda Viva[editar | editar código-fonte]

O programa de televisão Roda Viva a utilizou como inspiração para o tema de abertura. O acordo de cessão foi verbal com a produção do programa. Entretanto, em 14 de novembro de 2016, o cantor orientou seu advogado a acertar o rompimento do acordo. A TV Cultura divulgou que iria reformular o programa alterando também a abertura em comemoração aos trinta anos.[3]

Trocadilho[editar | editar código-fonte]

Roda Viva também pode ser entendido como um trocadilho com o nome do então Presidente da Ditadura Militar Costa e Silva.

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Homem, Wagner "Histórias de Canções: Chico Buarque", pg. 56-58. Editora Leya. São Paulo (2009)
  2. Cavalcanti, Paulo. «AS 100 MAIORES MÚSICAS BRASILEIRAS». Rolling Stone Brasil. Consultado em 9 de março de 2017. 
  3. «Chico Buarque desautoriza TV Cultura a usar sua música no programa 'Roda Viva'». O Dia. 23 de novembro de 2016. Consultado em 23 de novembro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]