Rodil de Araújo Jr

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde julho de 2017).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ferrugem
8 Ouros no X Games, 2 Títulos Mundial Street Skate Profissional 2002 2004, 15 Títulos Barsileiro de Street Skate Profissional
Skate
Nome completo Rodil de Araújo Junior
Apelido Ferrugem
Modalidade Street
Categoria Profissional
Especialidade Skate street
Representante Brasil
Nascimento 12 de abril de 1978 (40 anos)
Maternidade Santa Brigida - Curitiba - Paraná - Brasil
Nacionalidade brasileiro
Compleição Peso: 72 Kg Altura: 1,69
Nível Profissional

Rodil de Araújo Jr, também conhecido como Ferrugem (Curitiba, 12 de abril de 1978) é um skatista brasileiro. Ele é considerado como um dos maiores skatistas de street de todos os tempos.

Sua característica sempre foi de ser um skatista muito técnico e focado nas competições.

Biografia:

Bicampeão mundial e 15 vezes campeão brasileiro concilia a vida de atleta, pai e empresário para manter a carreira no auge.

Vitória é o que mantém o skatista curitibano Rodil Júnior – mundialmente conhecido como Ferrugem – firme em suas ma­­nobras após 28 anos de carreira.

Todo esse ânimo não se trata apenas da ganância por conquistas: nascida há seis anos, Victoria, a filha do atleta, deu novo ru­­mo à consagrada carreira do atleta de 40 anos. Os contagiantes olhos azuis da menina parecem ter revigorado o astro.

“O casamento e depois o nascimento da minha filha mexeram muito comigo. Tudo isso me deu novas motivações. Se antes eu já dava o melhor de mim pelas minhas conquistas, agora brigo ainda mais, tenho ob­­jetivos maiores. Tenho uma filha. Não dá para brincar”, abre.

Com dezenas de títulos acumulados (possui 2 títulos Mundiais e também 2 Vice-campeonatos Mundiais, além de 7 X-Games, Olimpíada americana de esportes radicais, e 15 bra­­sileiros), o foco de Fer­­rugem é manter-se sempre no topo. Um esforço que parece incompatível com uma vida atribulada.

Para isso, ele concilia a rotina de treinos com os compromissos de empresário à frente da Ferru­­gem Skateboard. “Pela ma­­nhã me dedico à administração da minha marca; passo as tardes treinando e durante a noite o tempo é da minha família”, relata.

“Quando descobri que seria pai, percebi que minhas responsabilidades seriam maiores: o dinheiro do salário dos patrocinadores e as premiações não se­­riam só para mim; tive de pensar na minha vida pós-skate e no fa­­to de ter uma família para cuidar”, segue.

Para quem apostava que 2014 seria o ano da aposentadoria das pistas e das ruas, Ferrugem avisa que ainda segue em cima do board por mais tempo. “O skate não é como o futebol: não existe isso de estar velho para competir. Vou andar profissionalmente por muitos anos, pois não sinto dificuldades para praticar. "Quero dar meu máximo, pois sempre fui um rapaz que cuidou da saúde e por este motivo continuo obtendo ótimos resultados" Complementa Ferrugem.

Para alcançar as metas, ele treina em pistas públicas de Matinhos, na clássica Praça do Gaúcho, na Curitiba Skatepark, en­­tre outras da capital. “Não enjoo de andar de skate. Esse é o meu trabalho, mas não vejo como uma obrigação: passar horas treinando manobras é uma di­­versão, uma distração. Três vezes por semana faço um treino físico em uma academia, mas o importante é estar em cima do skate e gastar muitas horas ali, porque só assim vou conseguir ser campeão”.

Quando a aposentadoria chegar, o skatista promete que não vai abandonar as manobras na rua, mesmo que de forma amadora, mas quer arranjar tempo para reviver as boas lembranças de seu passado no motocross.

Histórico de conquista:

• 8 x Ouro nos X Games.

• 4 x Prata nos X Games

• 15 x Campeão Brasileiro Profissional Street

• 2 x Campeão Americano de Street Skate Profissional - 2002/2004

• 2 x Campeão Mundial de Street Skate Profissional - 2002/2004

Videografia no skate:

• Vídeo parte no vídeo da Drop Dead - Rico Bonito e Famosos

• Documentário especial "Champion 2004" sobre a trajetória até a conquista do bi mundial

• Barulho - Vídeo especial sobre o evento "Qix Contest Pro 2004"

• Documentário "Give my passport please" lançado em 2004

Referências

Portal A Wikipédia possui o
Portal de Skate.


Pictograms-nps-land-skateboarding.svg Este artigo sobre um(a) skatista, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.