Rodney King

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rodney King
Rodney King em 2012.
Nascimento 2 de abril de 1965
Sacramento,  Califórnia
Morte 17 de junho de 2012 (47 anos)
Rialto,  Califórnia
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Ocupação Taxista

Rodney Glen King (Sacramento, Califórnia, 2 de abril de 1965Rialto, Califórnia, 17 de junho de 2012) foi um taxista afro-americano que foi violentamente espancado pela polícia de Los Angeles que o haviam detido sob a acusação de dirigir em alta velocidade na noite de 3 de março de 1991. O julgamento e absolvição dos agentes policiais envolvidos provocou os violentos tumultos de Los Angeles de 1992. A cena, registrada em vídeo por uma testemunha, correu o mundo. A absolvição dos policiais, em 29 de abril de 1992, por um juri formado por dez brancos, um negro e um asiático, provocou uma das maiores ondas de violência da história da Califórnia. Foram três dias de confrontos, incêndios, saques, depredações e uma onda de crimes que causaram 58 mortes, deixaram mais de 2800 feridos, destruíram 3.100 estabelecimentos comerciais e causaram prejuízos estimados em mais de 1 bilhão de dólares.

Mais tarde, após os distúrbios, em 17 de abril de 1993 por volta das 7 horas da manhã, num novo julgamento, foi tomada a decisão de condenação de dois agentes dos distúrbios de Los Angeles, e a absolvição de outros dois.[1]

Em seguida, Rodney receberia uma indenização judicial de 3,8 milhões de dólares pelos danos sofridos.

Mais tarde, a banda norte americana Sublime usaria a história para compor a canção "April, 29th, 1992 (Miami)".

Em 17 de junho de 2012, foi encontrado morto na sua piscina por sua noiva.[2] A autópsia feita pela polícia indicou que a causa da morte foi afogamento acidental, embora tenha sido encontrado no corpo de Rodney álcool, cocaína, marijuana e PCP, que contribuíram para o afogamento.[3]

Referências

  1. «Rodney King: "I'm grieving for Trayvon Martin"». Los Angeles Times [S.l.: s.n.] 12 de abril de 2012. 
  2. «Rodney King dead at 47». CNN [S.l.: s.n.] 17 de junho de 2012. 
  3. http://edition.cnn.com/2012/08/23/us/rodney-king-autopsy/index.html Página acessada em 31 de dezembro de 2015.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]